Surpreendido por uma casada

Vamos lá então, algo que já faz um tempo…

Onde trabalho, entram e saem muitas pessoas, principalmente mulheres.
Uma das pessoas que entraram, foi a Jana. Ela era baixinha, usava óculos e era casada.
No começo era tudo normal, trabalhávamos juntos, tinha minha sala e ela a dela.
Como sempre rola umas putarias no whats,, as vezes ficava de pau bem duro, o que no meu caso, fica bem perceptível na calça, kkkk
Justamente em uma dessas vezes, Jana foi até minha sala perguntando se podia ajudá-la, “claro já vou lá”
Jana disse que precisava ser agora, levantei meio que tentando disfarçar, mas ela viu, e notou o volume, não disse nada no momento, mas com certeza seu olhar a denunciou… Continue lendo Surpreendido por uma casada…

O dia em que a cunhada perdeu o recato e deixou de ser santinha!

Na família sempre fui bem discreto, lido de boa com tudo, entretanto as vezes as coisas mudam…!!
Para falar a verdade eu e minha cunhada sempre nos demos bem, entretanto virou meu desejo depois de um tempo,, bem na verdade foi mais ou menos assim..Por causa de  nossa amizade ser familiar, não fui muito de olhar com outras intenções para minha cunhada, mesmo sendo ela muito gostosa(um rabo delicioso, e seios médios, Cabelão) mas era irmã da minha esposa, jamais sonhei alguma coisa…isso lógico antes de se tornar safado.. kkkkkMas depois de minha últimas experiências com mulheres casadas, acabei ficando com instinto mais forte pra mulheres comprometidas, quer seja, noiva, namorada, esposa,… Acabei querendo testar até onde dava pra ir… E se seria possível seduzir uma mulher

Continue lendo O dia em que a cunhada perdeu o recato e deixou de ser santinha!…

Transei com a mulher de um amigo

Olá, já li vários contos, então resolvi postar esse. Me chamo Pedro(fictício) tenho uma belíssima amiga a Marta(fictício), somos amigos a muitos anos. Ela é casada, tem um lindo filho, Marta é uma mulher espetacular, sensual e muito linda, antes de ela casar já havia trocado algumas conversas picantes com ela, mais nada que fosse para frente, logo depois Marta casou, e foi morar junto com seu esposo, passamos muito tempo sem nos falar por mensagens, mais sempre tive o desejo por Marta, até que consegui seu número novamente, então começamos a conversar.

Uma conversa normal, seu marido estava viajando, como sou muito questionador, perguntei como tava o casamento o que Marta deixou escapar que tava um pouco monótono devido a distância, e do nada começamos a esquentar o tom da conversa, Marta é um tesão de mulher, imaginava como seria Marta na cama, o furacão e tesão que seria, comecei a mandar algumas fotos mais ousadas a ela, que para surpresa retribuiu, perguntava que roupa estava usando, qual a cor da calcinha, e isso sempre cheio de tesão, as conversas sempre muito excitantes, precisando de uma oportunidade para chegar ao ápice, Marta chegou a gozar algumas vezes por mensagens, isso me deixava louco de tesão. Continue lendo Transei com a mulher de um amigo…

Na lua de mel, motorista de uber iniciou recém casada

No último ano devido a pandemia fui forçado a trabalhar de Uber. Nem imaginava o que estaria por vir descobri desejos e fantasias que nem imagina, principalmente de outros!
Sempre fui bem tranquilo com relação a fantasias, mas o que aconteceu logo no 2 Mês de trabalho despertou um tesão incontrolável dentro de mim…!
Moro em uma região que vem muitos turistas e logo que foi flexibilizado as regras, pessoal voltou a viajar e isso fez com que pegasse mais corridas de turistas do que dos locais, até porque era mais interessante por causa das distâncias, geralmente queriam conhecer as praias de balneário ou beto carrero.

Continue lendo Na lua de mel, motorista de uber iniciou recém casada…

Noite de apagão com a madrasta

Olá leitores, venho com mais um conto real que se iniciou faz alguns anos.
De início de 2016 em quanto decidi me mudar para casa de meu pai, a pedido dele, pois suas duas lojas precisavam de mais cuidados e de alguem mais próximo tomando de conta aqui mesmo em Curitiba, a pedido dele, sai do Rio e voltei pra casa, pedi transferência do trabalho pra cá.
Chegando em um domingo, tudo certo meu pai estava em casa, sua mulher com quem casou em 2011, não estava em casa, a vi poucas vezes, duas vezes que ele apresentou aos filhos, no casamento e em uma virada de ano em familia, nunca tinha posto os olhos.

Continue lendo Noite de apagão com a madrasta…

Quando fui o presente de niver da amiga da amante da academia

Olá!! Meus amigos e amigas de contos estou de volta para contar mais uma história minha, eu escrevi aqui no site o conto da colega da academia, então resolvi voltar para contar mais uma historia com essa mulher (Fábia).
O que foi incrível para mim, no conto anterior eu falei como nos conhecemos, foi ficando amigos e nos envolvemos e tivemos uma tarde de tórrida de sexo.

Nosso caso continuou e transamos quase todos os lugares que desejamos, menos na minha casa que ela perturbou para eu comer transar com ela na minha cama onde durmo com minha mulher (sou casado) e também uma que a gente sempre quis, mas nunca tivemos a oportunidade de fazer no banheiro de nossa academia, eu queria muito isso, mas não deu. Mas transamos em motel, na rua dentro do carro, na rua fora do carro, na casa dela (ela mora sozinha com uma amiga). Bom chegou ao ponto da história que quero relatar, ela me disse que falava e mostrava a minha foto (na verdade de meu pau) para sua amiga (Bell) e essa ficava louca e dizia que dava água na boca. Eu falava que ela era doida, que tinha que tomar cuidado, pois eu era casado ela tinha namorado e a amiga poderia atrapalhar.

Continue lendo Quando fui o presente de niver da amiga da amante da academia…

Se descobrindo uma putinha – Parte 3

Vamos a terceira parte e a maior delas, na quinta-feira à noite quando chegou em casa Pedro me agarrou loucamente fizemos um sexo delicioso depois entre risos ele contou tudo que leu no grupo que não exclui do celular dele e também chamou minha atenção por ter feito arte com colegas de trabalho dele Pedro também ficou incrédulo se Claudio acreditaria que teria mesmo feito aquilo mas que na sexta-feira como estaria com ele de manhã na empresa deixaria o telefone perto sem bloqueio para que se o Claudio mexesse visse sem senha e endossasse minha arte também disse que tinha aprontado para mim eu tentei de todas as formas descobrir o que ele tinha aprontado mas ele não contou por nada só ria e

Continue lendo Se descobrindo uma putinha – Parte 3…