Eu voltei a comer a minha mãe

como ja relatei em outros contos eu chamo Samuel tenho 178 olhos verdes sou moreno e tenho 25.5cm e 17 diâmetro e moro em lisboa como vou narrar este conto ja aconteceu algun tempo eu 21 anos de idade e como contei no outro parti dessa noite depois de comer minha mãe a louco para lhe outra foda lá até que um estavamos a jantar o meu atende perguntar e se ele podia fazer a noite que estava doente meu pai disse ok eu jantei disse aos meus que aí sair ir beber cafe fui me vestir liga me o telemóvel era ela dizer que não sair que estava mal disposta e perguntei a ela se que ir médico e ela disse que não então melhoras e fiquei em casa ver televisão e era 11 horas meu pai fui trabalhar e até amanhã pai e minha foi disse que ia tomar ok mae oiço chuveiro a ligar dispu me abra porta da casa banho fecho abra cabine e mãe que está aqui fazer tu sabes mãe e eu abracei por trás comecei esfregar e enfei pau no meio das pernas e a roçar na cona e beijava o pescoço e comecei bolinar a cona e comeice e lhe enfiar os dedos e foder a cona
Continue lendo Eu voltei a comer a minha mãe…

Mulata carinhosa

Este conto é real, moro em Poços De Caldas,sul de Minas. Todo final de ano o meu patrão viaja para o Rio de Janeiro pois tem uma parte da família que mora lá, por isso ele me pediu para ir na sua casa todos os dias pra ver como estão as coisas por lá.
Já saí algumas vezes com travesti, apenas chupava e ia embora, não tinha coragem de me entregar, mesmo sentindo uma grande vontade de sentir um pau grosso e quente entrando em meu cuzinho. Até que certa noite eu estava indo até a casa, verificar se estava tudo certo, passei pelo ponto dia travesti aqui no centro da cidade,próximo ao mercado Municipal e vi a Luana, uma mulata deliciosa, com um corpo perfeito e um pau enorme que já tive o prazer de engolir várias vezes. Não me contive, de a volta no quarteirão e me aproximei dela é perguntei se ela estava livre, ao ouvir o seu sim a convidei para

Continue lendo Mulata carinhosa…

A Primeira Piroca na Mão foi do meu Irmão

2005 …. Morávamos no interior da região Sul. Eu sempre fui muito”lindinha”. Os rapazes sempre me paqueravam, mais meus irmãos tinham um ciume danado. Carol não pode isso, Carol não pode aquilo. Então estava sempre naquele convivo masculino, futebol, praia, pesca, campo, acampamento.

Eu até tinha algumas amigas mais “salientes” que me contavam as coisa…. e eu ficava “louca” de curiosa de ver as coisas que elas detalhavam.

Marcos, meu irmão mais velho era mais estiloso, atletico e sexy. Nino, o mais novo, mais o mais sapeco, louco e esperto.

Continue lendo A Primeira Piroca na Mão foi do meu Irmão…

Orgia na estrada com esposa

Chovia, mas chovia muito, o motor do carro começava a ratear na subida da serra do mar, nem parecia que de manhã, eu e minha mulher, havíamos tomado aquele banho de mar debaixo de um sol abrasador. Enquanto dirigia, olhava as pernas da Claudia, lindas, morenas, bronzeadas, ela estava só com a saída de praia. Os seios grandes, lindos, apareciam por entre seus cabelos ainda molhados pela água do mar. Ela dormia. A chuva batia cada vez mais forte nos vidros e aconteceu o improvável o carro parou de funcionar, rapidamente estacionei no acostamento, e o pior já anoitecia…
Assustada com a súbita parada Claudia acordou, falei para se acalmar, pois tinha visto umas luzes no meio da mata da serra e ia até lá buscar socorro, a chuva tinha se transformado em uma garoa fina, tinha muita neblina e estava ficando escuro e frio. Continue lendo Orgia na estrada com esposa…

Sexo com minha namorada e mais um casal

Conheci uma Bela mulher de uns 35 ano e logo em seguida fomos morar juntos e conversa vai vem perguntei se ela tinha algum sonho ela me disse que queria transar junto com um outro casal e até trocar de parceiro e fiz a proposta vamos fazer então e convidei um casal de amigos a mulher dele era uma loira com marca de biquíni e eles toparam e marcamos um jantar só tinha uma regra era de as duas estarem só de lingerie e no dia marcado as duas foram e se vestiram e vieram até a sala mais pra minha surpresa o marido da outra gata só queria ficar assistindo e eu não perdi tempo já fui e vai e vem até q horas depois gozamos igual loucos e não satisfeito continuamos e as duas gozaram loucamente

Dividindo gostoso a mulher do meu melhor amigo

Meu nome é Mateus, moreno,1.70 de altura ,33 anos,rola grossa de 22 cm.Depois de tantos contos que já li e muitas punhetas tocadas, decidi compartilhar com vcs algo que me aconteceu essa noite.
Mudei a 4 anos para uma cidade mais perto da capital com esposa e filha a,motivo trabalho, só que viajo muito pra minha cidade no interior.Assim sendo na quinta feira viemos eu e minha família pra minha cidade.
Na minha cidade além de familiares,tenho um casal de amigos Edgar e Lavínia de longas datas,no mínimo 15 anos, eles tem um filho que me chama de tio desde que nasceu, mais isso não vem ao caso. Continue lendo Dividindo gostoso a mulher do meu melhor amigo…

Comendo a Faxineira

Moro em uma casa de 460 metros quadrados (em Pelotas, como aqueles que já leram meus contos já sabem); Uma vez por semana vai uma faxineira para auxiliar a doméstica na limpeza “mais grossa”; Patrícia, a faxineira, deve ter uns 30 anos; é baixinha, um pouco feia de rosto mas conta com um corpo gostoso. Ela tem seios grandes, cintura moldada e a bunda também avantajada.

Numa das primeiras vezes em que ela começou a frequentar minha casa para fazer o serviço de faxina (isso há mais um menos meio ano), não sabendo que ela já estava em minha casa, eu desci apenas de cueca para passar uma camisa e me topei com ela na área de serviços. Fiquei assustado e com vergonha (ela também) e pedi desculpas. Logo subi, me vesti e sem mesmo fazer o dejejum, fui trabalhar.

Continue lendo Comendo a Faxineira…