Fodendo uma Coroa Safada

Hoje tenho 29 anos,e este caso aconteceu quando eu tinha 23 anos,na época trabalhava na avenida paulista em uma empresa terceirizada.Sempre no mesmo horário todos os dias subia uma senhora no onibus que apesar da pele enrugada no rosto era muito linda e tinha belas pernas,seios empinados,bumbum arrebitado,usava sandália de salto alto onde sempre tive esse tesão”mulheres de salto alto”,ela era uma coroa gostosa, idade para ser minha avó com seus 53 anos,isso mesmo,ela tinha 53 anos e seu nome era Izabel,dizia que os parentes dela a chamava de Bel.

Continue lendo Fodendo uma Coroa Safada…

Não resisti ao meu vizinho bem dotado

Moro aqui em Contagem/MG, eu tinha 38 anos de idade, e quando estou em casa muitas vezes eu vou até o portão para ver o movimento da rua só vestida com ousados shorts jeans e ainda, mini topes que mal cobriam os meus seios e tamancos nos pés. Eu percebia que tanto o vizinho da direita como o da esquerda que se chamava Hugo, ficavam me cobiçando e eu adorava e por isso, ousava mais nas minhas vestimentas a ponto, de ficar sabendo que as moradoras da rua, mais velhas, me detestavam e me chamavam de puta oferecida, eu nem dava bola porque elas não sabiam como era gostoso ser e viver o papel de puta.

Continue lendo Não resisti ao meu vizinho bem dotado…

Chupando meu primo enquanto ele dormia

Essa história é 100% verídica.
Me chamo João(nome fictício), depois de uma festa de aniversário fui dormir na casa do meu primo Ronald(nome fictício), tinhamos 15 anos na época. fui dormir no quarto dele com uma rede perto de sua cama, ficamos um bom tempo conversando sobre mulheres e como a minha rede estava meio que enconstando na cama dele, eu pude sentir um movimento estranho e logo percebi que ele estava batendo punheta, na hora eu gelei e pensei no o que eu faria, resolvi encerrar a conversa e esperei ele dormir, quando deu uma 3 horas da madrugada eu acordei e fiquei pensando naquilo, então eu resolvi ir tocar ele. levantei a coberta com todo o cuidado do mundo pra ele não acordar e por incrível que pareça ele nem se mexeu, me lembro que ele só estava de cueca, com uma cueca amarela.

Continue lendo Chupando meu primo enquanto ele dormia…

Putaria deliciosa com Frentista Tarado

Sempre fui um voyer assumido, e minha maior tara, sempre foi calcinhas femininas. Quantas vezes, ao passar em frente uma casa aberta, costumo discretamente olhar os varais das casas, a procura de deliciosas peças íntimas, para depois em casa, me acabar em homéricas punhetas. Tive a sorte e a felicidade, de a dois anos arrumar um serviço, que me deu condições plenas de realizar esse meu lado, o emprego de frentista, no posto mais movimentado da cidade. Ali, quando chegava os carros, principalmente com mulheres, eu corria atender, e era muito prestativo e solícito com elas, pedindo sempre para olhar a frente dos carros, ou lavar os pára-brisas. Assim, vi as mais diversas calcinhas, das mais variadas cores. Tornei-me perito em peças íntimas, a ponto de perceber até

Continue lendo Putaria deliciosa com Frentista Tarado…

Eu fodendo a minha professora

Durante o segundo ano do ensino médio tive uma professora que marcaria minha vida para sempre. Julie (nome fictício) deveria ter por volta de seus vinte e poucos anos, ela não era do tipo de mulher que pararia o trânsito ao passar, eu mesmo não a achava nada demais. Ela por volta de um metro e sessenta, seus seios eram de um tamanho médio, sua bunda era razoável, um pouco gradinha. Mas as roupas que ela usava não ajudavam em nada. Parecia que ela pegava a primeira coisa que encontrava no guarda roupas pra usar e nada era sexy, só destacavam as imperfeições de seu corpo, como a barriguinha nada tanquinho. O rosto dela era bonito, mas não o de uma modelo, seus cabelos lisos e negros chegavam até seus ombros e ela usava óculos. Essa era Julie, estava longe de ser a mulher mais bonita, mas ela também não era feia. Sobretudo seu sorriso era lindo, mas só percebi isso bastante tempo depois.

Continue lendo Eu fodendo a minha professora…

Eu e meu marido

Olá bom dia meu nome é Rhoberta ,tenho 28 anos morena clara ,cabelos longos, e louca por sexo que não é nenhuma novidade né.
Meu marido já com 59 anos tudo em cima bumbum grande ,e um pau de tirar o fôlego nossa fico louca só de ve-lo nu.
Certa noite já deitados,resolvi perguntar sobre a vida sexual dele se havia alguma fantasia que ele gostaria de realizar, não excitou e disse que tem uma mas que nunca contou a nenhuma mulher até por medo de descriminação, disse que tinha uma fantasia de transar com duas mulheres ,mas teria que ser com negras pois ele por ser branco, de olhos claros ,auto disse que ama fazer sexo com mulheres negras, eu como não tenho preconceito achei uma ótima idéia até porque nunca sai com outra mulher adoraria ter uma nova experiência como essa.

Continue lendo Eu e meu marido…

Gel Volumão é Bom de Verdade? – Veja todas as Informações Aqui!

O Gel Volumão é um produto natural que ajuda na manutenção intensa da ereção, servido de apoio para quem sofre com a disfunção erétil, mas também serve apenas para aumentar a capacidade, e potencia sexual, melhorando suas noites dando maior prazer e satisfação.

O produto não precisa de receita medica para ser comprado, justamente por ser natural. Mas é muito eficaz e seguro de se utilizar, isso porque, tem registro na ANVISA e passou por diversos testes antes de começar a ser comercializado a público. Traz muitos benefícios (confira-os abaixo).

Continue lendo Gel Volumão é Bom de Verdade? – Veja todas as Informações Aqui!…

Filho Fodendo meu Cuzinho Guloso

Como eu contei no último conto, depois de me chupar e, me ensinar a chupar uma periquita minha mãe resolveu dar a buceta pra mim…

E eu adorei, era maravilhoso enfiar meu piruzinho naquele buraquinho quentinho e úmido.

Os meses foram passando e eu continuava me divertindo com a minha irmã Giovanna (nos tocando) e com minha mãe (chupadas, lambidas e penetração).

Em uma certa noite, minha mãe me perguntou o que eu achava da bunda dela.
Continue lendo Filho Fodendo meu Cuzinho Guloso…

Página 1 de 13512345...102030...Última »