Meu tio me iniciou

Olá tudo bem, esse é meu primeiro conto.
vou me descrever, sou branco 1.72 75kg 21 anos e bem atraente, não sou afeminado, sou um rapaz comum porem sou compromissado com mulher , mais curto sacanagem ….
oque vou relatar aconteceu em 2008, eu tinha meus (18) aninhos,
sempre tive tara por homens machos e mais velhos,
e com essa idade batia sempre uma pensando no meu tio ( vou chama-lo de Beto ) naquela época nunca tia feito nada com outro homem, só tinha experimentado a pica de dois primos, mais foi coisa de criança, Continue lendo Meu tio me iniciou…

Subindo a serra

Este conto aconteceu no inicio de 2021, fui viajar para Curitiba no inicio de janeiro, estava pela BR 116 quando lembrei da estrada da graciosa, não fazia parte do meu caminho mas como estava adiantado fui dar uma olhada como estava.
Descendo a serra, que e bem sinuosa, tem uns barzinhos no caminho e estavam todos fechados devido a pandemia, parei mesmo assim para contemplar a natureza.
Escuto um barulho de longe se aproximando era um motociclista sozinho que aparentemente estava perdido, ele parou e fez algumas perguntas sobre o lugar.
Conversamos um pouco e não sei por que fiquei com um tesão quando ele tirou o capacete e o casaco, pois estávamos nos dois ali pensei um monte de bobagem.

Continue lendo Subindo a serra…

Meu Padrasto Tirou Meu Cabaço

Oi, meu nome é Lucas (fictício), tenho 18 anos, era virgem e este é o meu primeiro conto aqui. Estou muito animado!!!??
Isso que vou contar aconteceu ontem, quarta feira, dia 2 de novembro. Eu moro com meus avós e nos fins de semana eu vou pra casa da minha mãe. Ela mora com meu padrasto (um carinha muito gostoso).
Como ontem foi feriado, eu fui pra casa da minha mãe na tarde de terça para volta quarta feira à noite,.
Na manhã de ontem, minha mãe saiu pra organizar algumas coisas no trabalho e me deixou em casa com meu padrasto, seu nome é Wilson. Vou descrevê-lo pra vocês: Ele já tem seus 40 anos, negro, alto, ele é maratonista, então ele está bem em forma. Eu sempre tive um tesão por ele, mas como ele é do tipo machão eu não criei muita esperança, mas ainda

Continue lendo Meu Padrasto Tirou Meu Cabaço…

O pai do meu amigo me comeu

Moro em BH, os 18 anos frequentava a casa do Jr, amigo meu cuja família era do R G do sul. Seu pai Heitor (nome fictício) 47 anos, era um homem claro, alto, alguns pelos no peito, bigode, olhos cor de mel, traços de italiano; Parecido com o ator pornô Steve Drake.
Sua família muito boa, recebia bem os amigos do Jr, eu era o mais presente. Seu Heitor adorava ficar sem camisa e eu não tirava o olho, tanto que ele me flagrou algumas vezes. Eu ficava sem jeito.
Passado uns 3 anos, a família do Jr voltou para o sul mas sr Heitor ficou só por conta do trabalho. Mesmo morando perto quase não via sr Heitor até que um dia nos encontramos, ele vindo de uma caminhada sem camisa, de short vermelho e cueca azul marinho, dava p ver. Ele lamentava a falta da família etc. Dias depois e o reencontrei na padaria, ele de moletom mostrava uma mala que até então eu nunca percebera. Não tirava os olhos quando ele disse pra eu aparecer em sua casa, bater um papo etc. Continue lendo O pai do meu amigo me comeu…

Transando com o meu Sogro

Estou namorando uma gatinha linda, ela tem 18 aninhos, com um corpinho maravilhoso, peitinho empinadinho e durinho, perninhas grossas e um bumbum de enlouquecer. Sempre que estamos juntos percebo os olhares para ela. Seus pais são pessoas muito agradáveis, especialmente o pai. Ele tem 36 anos, é engenheiro e adora malhar e jogar futebol. Talvez por isso tenha um físico de garotão. Patrícia diz que sempre que estão juntos, todos pensam que são namorados. Sua mão tem 35 anos e também é lindíssima. Alta, corpo muito bem definido, tipo mulherão de parar o trânsito. Ela é sempre muito gentil comigo. Mas o pai de Patrícia, o seu Marcos, desde que nos conhecemos, pouco tempo depois que comecei a namorar sua filha, passou a me acompanhar todo sábado ao clube para uma pelada. Isso fez com que ficássemos cada

Continue lendo Transando com o meu Sogro…

No banheiro da fábrica

Bom, é meu primeiro conto, espero que gostem.
Era mais um dia normal de serviço, a época eu tinha apenas 18 anos, começando a carreira profissional e várias vezes na semana um carro de transporte, as vezes caminhão, vinha recolher algum material para levar para outra empresa. Eu como era o mais novo, ajudava os motoristas que vinham buscar esses materiais. Um dia chegou um senhor, aparentava uns 58 anos, gordo, grisalho, entrei na fiorino dele pra chegarmos no prédio onde ele ia recolher o material e eu percebi que ele ficava olhando pro meu pau (um gesto arriscado dele tendo em vista que nunca tinha o visto e nem sequer dei a entender nada), notando que ele fizera isso, pensei de algum jeito tentar retribuir mas fiquei com vergonha. Ele estacionou o carro e eu fui no interior do prédio buscar o componente, quando voltei ele me perguntou se eu podia pegar a Nota Fiscal

Continue lendo No banheiro da fábrica…

Meu cunhado me comeu na piscina

Era domingo e como sempre tinha churrasco na casa do meu sogro, então eu e minha mulher, linda por sinal, partimos para casa do sogrão, Seu Antonio.
Meu cunhado o Ricardo também é casado, com a Valeria, tem uma filha e eu também tenho duas filhas com a irmã dele, as meninas tem quase a mesma idade e então lá pelas quatro da tarde meu sogro resolve fazer a vontade das netas e leva todas as mulheres ao shopping.
E ai tudo aconteceu, eu e o Ricardo ficamos sozinhos na piscina, então começou aquelas brincadeiras de tentar afogar um ao outro e tal, até que ele me pega de costas pra tentar me afogar e eu sinto o volume daquele pau bem na minha bunda, na hora adorei, mas disfarcei um pouco. Continue lendo Meu cunhado me comeu na piscina…