Meu Destino É Pecar

Não sei se estou certa. Com trinta e dois anos, divorciada aos vinte e sete, sem filhos, venho procurando dar um destino certo a minha vida.

Um bom emprego, pois sou formada em Administração de Empresas, um apartamento maior e em melhor local do que onde moro atualmente, um homem, não um macho, mas um companheiro, filhos e todos os sonhos de uma mulher, que já tive e se foram rio abaixo. Dizem que sou uma mulher bonita. Olhos e cabelos cor de mel, pele dourada pelo sol sem excesso, rosto bem feito com os ossos determinados, o que dá expressão a minha cara. Continue lendo Meu Destino É Pecar…

Uma Bela Morena

Olá, venho a esse site contar uma das minhas aventuras, trabalho em uma grande empresa de Logística em Belém-Pa, tenho 51 anos, sou moreno claro,1,80m, 100kg, olhos e cabelos negros, sou casado a 26 anos, por isso só irei dizer a primeira letras dos nomes.

Conheci a “A” em uma sala de bate-papo, falávamos de vários assuntos de trabalho a pessoal, por ela ser noiva eu casado, entre outras coisa de nossas vida, ate no assunto de sexo,  teclamos umas dez vezes antes de marcamos um encontro. No dia marcado fui buscá-la ai fique vendo como ela era realmente (não omitiu nenhum detalhe), uma morena-clara, cabelos negros curtos, 1,65m +/-65kg, seios fatos e bumbum grandes, muito gostosa e com um sorriso lindo, trocamos

Continue lendo Uma Bela Morena…

Esposa na casa de praia

Tenho 40 anos, 1,85, 90 kg, claro, advogado relativamente bem-sucedido. Minha esposa, 35 anos, 1,67, 63 kg, loirinha, também advogada. Resolvemos, nesta pandemia, alugar uma casa de praia em Trancoso-Ba. Era uma casa relativamente confortável, com piscina e uma casinha anexa usada pelo caseiro, o Valdir, um negro de quase 2,00m, de altura, uns 20 anos e extremamente magro.
Chegamos à casa e Valdir, cordialmente se apresentou, mostrou os ambientes e se colocou à disposição caso precisássemos de seus serviços. Tudo funcionava bem na casa, já havíamos acertado, anteriormente com o proprietário que deixasse a geladeira abastecida. Levamos apenas vinhos bons e alguns petiscos que poderíamos não encontrar lá. Passaríamos 05 dias em Trancoso.

Continue lendo Esposa na casa de praia…

O meu homem

Batidas na porta da frente, é ele. Meu coração bate forte, mãos trêmulas e eu me pergunto:
“Como ele consegue mexer tanto comigo?”. Vou a caminho da porta, ao abrir, ali ele está parado, me olha com um olhar que quase sinto como sua penetração. Então ele entra, cheira meu pescoço, me beija e me encaminha para o quarto.
Carinhoso e sedutor são palavras que o define. Deita-me na cama, deslizando suas mãos fortes sobre meu corpo, que já está em transe, descendo até abaixo da minha cintura e sobe minha camisola. Agora já posso sentir sua boca, beijando meus seios, e enquanto o beijam, suas mãos tiram a minha calcinha vermelha. Neste momento, me sinto na lua, uma excitação me consome por dentro e assim ele já tem todo controle sobre mim. E então ele chega à minha buceta que já

Continue lendo O meu homem…

Sexo na trilha

Olá, este é o meu primeiro conto erótico e irei contar a história de uma sexo bem selvagem que rolou com minha namorada, meu nome é Daniel (fictício), tenho 22 anos, 1.71 m de altura, um pau de 18 cm mas muito grosso, minha namorada se chama Gabriela (fictício), ela tenha 23 anos, 1.60 de altura, peitos grandes e uma bunda perfeita.
Estávamos tendo uma semana bem cansada, com vários projetos da faculdade e do trabalho, então resolvemos tirar um final de semana para descansar e fazer um trilha em uma cidade chamada Paraúna, no interior de Goiás. Era um dia ensolarado e saímos de Goiânia em direção a cidade, foi uma viagem de cerca de horas 2:30, fomos direto para a trilha que era um pouco afastado da cidade, chegamos lá e estava um lugar bem silencioso só com os sons dos passarinhos, não Continue lendo Sexo na trilha…

Lua de mel da putinha

Acordei com a minha putinha mexendo o quadril me fodendo com o vibrador , ela tirava ate a cabeça e metia tudo de volta devagar me fazendo carinho no peito enquanto fodia:
– Bom dia meu corninho , desculpa te acordar amor , mas estou cheia de tesão e meu maridinho tem um cuzinho tão gostoso que eu não resisti , aproveitei que o brinquedo já estava dentro. Dei bom dia pra ela e então ela passou a foder mais forte e mais rápido , até que pediu para eu me virar de barriga pra cima pra ela porque ela queria me ver gozando , e essa posição a safadinha sabia que eu gostava e sentia prazer , com ela abraçada comigo me fazendo carinho e me beijando até que disse a ela que ia gozar , então ela levantou o corpo e quando dei a primeira esporrada ela enterrou o vibrador todo e ficou olhando minha porra saindo , quando terminei ela me abraçou toda carinhosa me beijando e foi tirando o vibrador devagar , mais um beijo e me chamou pra tomar banho com ela , ensaboei a minha putinha e quando foi a vez dela ela comentou comigo na hora de limpar meu pinto:

Continue lendo Lua de mel da putinha…

Voltei para Casa com meu cuzinho arrombado

Oi pessoal, hoje eu sou a cadelinha da Senhora Melina, acho que todos já sabem, minha Senhora está deixando essa cadelinha toda molhadinha, bem mansinha e obediente, além dos contos do canil ela autorizou eu publicar meus contos da minha vida fora do site.

Isso aconteceu já algum tempo, sou vendedora em uma empresa gráfica, e um rapaz jovem chamado Gilson entrou na empresa como auxiliar de escritório, ele é bem moreno e muito forte fisicamente, me chamou muita atenção e confesso que fiquei com uma quedinha por ele.

Uma amiga minha também vendedora chamada Mara e bem safadinha veio me falar que já tinha dado uns pegas com ele depois do horário, no escritório mesmo, apenas beijos e amassos, falou que tinha pegado na rola dele e que era monstruosa, muito grande e grossa, depois que ouvi isso fiquei com um tesão enorme, e por incrível que pareça depois que outro rapaz que comentei em outro conto arrombou meu cu, o tesão de dar meu rabo é enorme, nunca pensei que sentiria isso, mas tenho que admitir que amei ser arrombada, acho que sou doente, kkkk….

Continue lendo Voltei para Casa com meu cuzinho arrombado…