A Madrasta Tem Que Educar

Boa noite… Meu conto envolve a loucura em que me meti… Sempre fui mente aberta e meu marido sabe disso… Tenho 38 anos e sou loira com seios pequenos bem inchados e coxas longas com bunda arrebitada… Tenho 1,80 m e 56 kg… Meu nome é Adriana… Meu marido tem 42 anos o Rubens com uma filha morena índia de 22 anos chamada Sofia essa menor que eu com seios e coxas grandes morena de cabelos ondulados no pescoço… E dois filhos de 20 anos de outro casamento que foi traição e enfim os belos Rodrigo e Roger formavam nossa família o Rubens ausente por causa do trabalho muito ausente e eu na verdade longe de ser mãe deles os deixei livres como sempre acreditei… Faz dois anos, ou seja tenho 40 e por ai vai… A Sofia arrumou um namorado chamado Nando de 28 anos na faculdade e esse passou a dormir lá em casa… O Rubens meio a contragosto mas eu mandava de fato no nosso lar… Comentei com ele sobre como o Rodrigo e o Roger eram prestativos comigo… Fazíamos isso frente a frente com ele colocando o pinto em mim… Ele tem 21 cm… Inchado ele perguntou…

Continue lendo A Madrasta Tem Que Educar…

Primeira vez da esposa com primo

Tudo aconteceu quando nós tínhamos 5 anos de casado. Meu nome é Gil e ela Maria. Eu fantasiando que ela desse pra outro. Ela estava com 30 anos gostosa, branca. Então comecei a planejar. Eu tinha um primo de 17 anos, o Luiz que ia sempre lá em casa. Então numa ocasião na casa da sogra meu primo foi com a gente. A noite nós tínhamos tomado umas cervejas e fomos dormir no quarto de hóspedes, pois só tinha dois quarto do meu sogro e sogra e o outro. Juntamos as camas de solteiro. Meu primo dormiu no chão no colchão e minha esposa de camisola sem calcinha. Como ela estava bêbada. Coloquei meu plano em ação. Ela dormiu, chamei meu primo e falei quer colocar a mão na Maria. Ele ficou doido de tesão. Peguei a mão dele e guiei até a buceta dela. O danado enfiou o dedo dentro e ficou mexendo até ele sentir o gozo dela, aí tirei pra ela não desconfiar. No outro dia ela acordou e não falou nada TD molhada. Meu primo ficou me atazanando

Continue lendo Primeira vez da esposa com primo…

Pegando a Tia separada

Já fazia um tempo que meu Tio um dos Irmãos mais novo do meu Pai tinha se separado, e sua ex mulher, minha Tia, estava sozinha, solteira ela era muito sexy e gostosa, pra mim meu Tio fez besteira em deixar aquela delicia solta e agora estava disponível para que qualquer um pudesse tentar a sorte com ela.

Quando a conheci eu tinha uns 10 anos de idade e ela ainda não tinha 18 quando começou a namorar meu Tio e frequentar nossa casa, depois de uns 4 anos de namoro eles se casaram numa cerimônia simples mas ela estava muito linda.

Desde a minha adolescência eu já imaginava besteiras com ela, só que sempre a respeitei e ficava observando apreciando ela de longe, acho até que ela sabia e aproveitava de certas ocasiões para me deixar mais louco ainda por ela. Continue lendo Pegando a Tia separada…

Transando gostoso com meu pai

Vou adorar conhecer vocês, vamos a conto

Eu e os meus pais sempre fomos muito unidos. Duvido que tenha alguma família mais unida que a gente.

Meu nome é Jessica, e desde que eu nasci meus pais sempre foram calorosos comigo. E sempre conversavam comigo abertamente sobre literalmente tudo. Eles nunca me esconderam nada. E ficavam mais abertos comigo enquanto eu crescia. Especialmente sobre sexo. Inclusive, era super comum eles andarem sem roupa e até transarem mesmo comigo por perto. E como era bom bater uma siririca enquanto eu via o meu pai fudendo a minha mãe bem no meio da sala. E eles sabiam disso. Mas era só isso. Eu nunca participava com eles. Continue lendo Transando gostoso com meu pai…

Virei putinha do primo

Olá a todos andei meio sumida daqui … vou relatar a vcs como mantinha relacionamento com meu primo e virei putiinha dele. Nome do primo Edgar ( magro seco, canela fina, rola enorme reta e cabeçuda, grossinho tipo 19 cm) . Eu não tinha muito contato com meus tios mais com meus primos era direto… sempre rolava um troca troca ou um esconde-esconde onde eh claro eu já dava aquela orçada gostosa. Meu corpo naquela época era meio gordinha mais a bunda era bem empinada como sempre e o povo babava por ela.
Vamos ao relato. Meu primo sempre vinha passar dias na minha casa pois ele tinha a idade da minha irmã na época então era assim… ele ficava maid com minha irmã mais era o meu buraco que ele se aliviava. Continue lendo Virei putinha do primo…

Um Filme à tarde com meu tio

Meu Tio Mario era o mais novo e o Marcos um pouco mais velho, passaram os anos e o fato começou quando eu tinha 18 anos, percebi que as vezes sumiam algumas calcinhas minha do varal e após alguns dias apareciam
Comecei a prestar mais atenção, eu estudava ainda de manhã e chegava por volta das 13: 30. Até que um dia eu cheguei do Técnico as 11: 00 horas pois ficamos sem a última aula. Abri o portão fechei e entrei, para descer para casa passava em frente das janelas da cozinha e quarto do meu tio. Ao passar em frente a janela do meu tio Mario escutei um barulho característico, voltei e encostei na janela pra ouvir, percebi que era um barulho de alguém tocando uma punheta!! Fiquei intrigada e abri bem devagarzinho a janela, apenas uma frestinha e vi meu tio Mario sentado em uma cadeira de madeira e batendo uma punheta deliciosa!! Fiquei olhando e reparei primeiro, era uma rolona, linda e brilhante. Segundo estava

Continue lendo Um Filme à tarde com meu tio…

Meu pai, minha paixão!

Meu Pai, meu amor e o maior tesão da minha vida, Delonguei mas resolvi escrever sobre minha relação incestuosa com meu querido é amado paizinho.
Neste relato irei compartilhar com vocês a experiência sexual mais deleitosa, incrível e secreta da minha vida, muitos irão julgar, mas o que importa é que eu senti o maior prazer da minha vida, e nada mudou na minha relação com meu Pai.
quem sabe com a minha história eu possa ajudar outras mulheres a se aceitarem e entenderem que o tempo e valioso e não volta atrás, sendo assim , vamos viver, amar, nos entregar sem pensar em regras que a sociedade nos impôs.
Tudo que irei relatar aqui são factuais, e aconteceram entre meus 18 e 21 anos. As vezes com muita frequência outras nem tanto. Continue lendo Meu pai, minha paixão!…