Mae e filha na piroca gostosa do genro

Oi meus amores, como vocês estão?Preciso contar pra vocês mais uma história que aconteceu com o meu genro mas dessa vez minha filha estava junto…usei outros nomes

Me chamo senhora k, tenho 52 anos, cabelos loiros na metade das costas, 1,70m, com seios médios pra grandes, coxas grossas e bumbum grande e empinado, sempre me cuidei muito. e tenho 2 filhos ja adultos

Minha filha se chama Rafaela, tem a mesma altura que eu, seios grandes e redondos e bumbum médio. Cabelo castanho claro grande. Continue lendo Mae e filha na piroca gostosa do genro…

Eu e meu irmão

Era uma tarde fria da semana, estávamos eu e meu irmão sentados na cama vendo tv, ele estava vestido de camiseta e shorts da escola eu de moleton.
O edredom de nossos pais nos aquecia, a tv estava ligada num programa qualquer não lembro mais qual. Na época eu devia ter uns 16 anos e ele uns 12.
Em um momento senti a perna dele que já era meio peluda encostar na minha, isso me deixou quente e vermelha mas deixei passar e continuei a assistir.
Em outro momento com aquele pensamento ainda da perna dele encostada na minha resolvi ousar e encostar a mão em sua coxa. Fiquei alisando para cima e para baixo ele afastou minha mão e entendi que ele não queria. Continuei assistindo tv e deixei pra lá. Senti a coberta fazendo uns movimentos olhei para o lado e vi meu irmão como se tivesse apertando algo, meu rosto ficou vermelho denovo e comecei a ficar molhada. Continue lendo Eu e meu irmão…

Ganhando Chupada da sogra

Ola pessoal sou max essa experiencia que vou contar aconteceu a uns meses atras minha sogra se chama Rosa teve minha esposa com  15 anos hj tem 41 anos mais e uma coroa mto gata cuida do corpo sempre mto vaidosa gata mesmo sempre brinco da filha puxar a mae eu to feito  sempre fiz brincadeiras  desse tipo com a sogra mais nada  mais serio e ela sempre ri so e tal ate que um dia tinha dado um problema no software do celular e ela pediu pra q eu arrumasse eu fui arrumar a assim q terminei antes de entregar  olhei uma pasta  de fotos q ela tinha com fotos de langeri toda sensual fiquei de pau duro na hora so de pensar na hora que entreguei  brinquei sogrinha desculpa acabei olhando seu álbum secreto ela ficou vermelha e disse  vc e louco meu genro  eu disse fica tranquila sogrinha infelizmente nao deu pra eu copiar mais adorei o que vi sinceramente esta muito gostosa ela agradeceu e sorriu isso ficou na minha cabeca ate q alguns dias depois  minha sogra pediu se poderia buscar ela no trabalho  q seu marido nao ia poder buscar q estava sem o carro e iria Continue lendo Ganhando Chupada da sogra…

Quarentena deliciosa com meu filho

Nesses dias de quarentena o tédio toma conta de todos nós fazemos o possível pra que os dias passem e voltamos ao normal.
Meu filho está trabalhando em casa eu como sem serviço passo os dias lendo vendo tv internet e claro lendo os contos desse site meu filho muito ocupado com seu serviço e faculdade pouco tempo tem.
Eu já enjoada com tédio um tesão do caralho leio os contos sempre me acabo na siririca, uma tarde de sábado eu em casa com meu filho, nós em casa andamos a vontade nesse dia ele tava só cueca e camiseta eu de calcinha e blusinha, Fernandes estava na cozinha preparando algo pra comer eu já subindo nas paredes de tesão cheguei por traz comecei a acariciar meu filhote beijei suas costas tirei sua camiseta ele se vira eu me ajoelho abaixo sua cueca aquele lindo pau salta Continue lendo Quarentena deliciosa com meu filho…

Em nome da mãe e do filho

O fator isolamento, faz com que as pessoas tomem atitudes inesperadas, decisões que mudem o futuro completamente. Moramos apenas minha mãe e eu, e como adultos, somos muito responsáveis. Sempre tive um bom relacionamento com a minha mãe, sempre procurei ser um bom filho. Somos muito unidos, sempre conversamos e somos abertos um com o outro. Ela sofria com depressão há algum tempo, desde que ficou viúva, até então nunca se relacionou com ninguém, e com todos os problemas que estamos vivendo atualmente, eu andava muito preocupado com ela, e faria de tudo para vê-la feliz novamente. Continue lendo Em nome da mãe e do filho…

Enrabei minha sogra

Sempre fui tarado na minha sogra, mas nunca imaginei que um dia poderia transar com ela. Ela é baixa, seios grandes, bunda no muito grande mas tudo no lugar, ela é separada a muitos anos. Minha namorada é gostosa demais tbm, mas bato punheta pra minha sogra direto. Um dia estávamos na fazenda e começamos a beber e jogar baralho e eu acho que ela sempre percebeu que eu olhava pra ela, mas tudo bem. Minha namorada ficou tonta e isolou. Ficou eu e minha sogra jogando e ela reclamando que estava com dor nas costas, ela estava de biquíni com um canga e eu de sunga, daí eu disse deita ali no colchão que faço uma massagem pra melhorar, sempre fiz isso. Isso não era novidade, tínhamos liberdade. Mas como eu sempre tive tesão nela, qdo comecei a fazer massagem meu pau já não estava cabendo dentro da sunga. Tenho Continue lendo Enrabei minha sogra…

Eu voltei a comer a minha mãe

como ja relatei em outros contos eu chamo Samuel tenho 178 olhos verdes sou moreno e tenho 25.5cm e 17 diâmetro e moro em lisboa como vou narrar este conto ja aconteceu algun tempo eu 21 anos de idade e como contei no outro parti dessa noite depois de comer minha mãe a louco para lhe outra foda lá até que um estavamos a jantar o meu atende perguntar e se ele podia fazer a noite que estava doente meu pai disse ok eu jantei disse aos meus que aí sair ir beber cafe fui me vestir liga me o telemóvel era ela dizer que não sair que estava mal disposta e perguntei a ela se que ir médico e ela disse que não então melhoras e fiquei em casa ver televisão e era 11 horas meu pai fui trabalhar e até amanhã pai e minha foi disse que ia tomar ok mae oiço chuveiro a ligar dispu me abra porta da casa banho fecho abra cabine e mãe que está aqui fazer tu sabes mãe e eu abracei por trás comecei esfregar e enfei pau no meio das pernas e a roçar na cona e beijava o pescoço e comecei bolinar a cona e comeice e lhe enfiar os dedos e foder a cona
Continue lendo Eu voltei a comer a minha mãe…