Prima Peituda E Safada

Olá me chamo júnior tenho 1,84, 98kg nem magro nem gordo, no ponto kkkk
Quando eu tinha uns 15/16 anos eu tinha uma prima, vou chamar ela de Isabele kkk, uma negra meia gordinha bunda grande peitos grandes nossa eram lindos, e fora que ela era bem vagabunda, não tínhamos muitos convívio fui conhecer ela com 13/14 anos, ela é 7 anos mais velha que eu, oque vou contar aconteceu no meu aniversário. Ela sempre foi safada pro meu lado, quando dormia na minha casa no quarto da minha irmã ela tomava banho e ia só de calcinha no meu quarto pedindo uma camisa emprestada sendo que minha irmã tinha várias camisas, fora que nas festas que íamos ela ficava

Continue lendo Prima Peituda E Safada…

Dei gostoso a Buceta um velho negro em sua casa

Meu nome é Laura tenho 24 anos solteira clara cabelos pretos lisos compridos 1 69 altura bunda grande empinadinha seios fartos fofinhos durinhos , trabalho em uma loja de variedades aqui no Campo Limpo onde eu moro a loja não é longe de minha casa é por isso que vou e volto caminhando geralmente eu passo por uma rua com menos trânsitos é uma espécie de atalho para eu chegar mais depressa ao trabalho e quando volto para chegar mais rápida em minha casa , eu de tanto passar por alí algumas pessoas naquela rua até já me conhecem como por exemplo o senhor Vitor um homem negro já bem idoso, um velho negro muito simpático ele mora sozinho ele é catador de latinhas , todas às vezes que passo voltando do trabalho ele está sempre sentado na calçada da casa dele , quando ele me vê me cumprimenta então eu paro e converso com ele uma vez conversando comigo ele me falou que sua esposa dele mais as filhas foram embora para Minas ele ficou sozinho aqui em São Paulo.

Continue lendo Dei gostoso a Buceta um velho negro em sua casa…

Ménage com um Casal Bi

Olá tudo bem com vcs. Hoje vou postar meu primeiro conto.
Tudo começou quando em um grupo do zap que participo fiz um comentário na foto de um Casal a partir daí iniciamos um papo gostoso e descobrimos muita coisa em comum principalmente em nossas fantasias. Depois de conversar bastante sobre nossos desejos sobre ela ver o Marido transar com outro homem resolvemos marcar um encontro ela me convidou pra ir na casa deles.

Continue lendo Ménage com um Casal Bi…

Adoro ser encoxada

Oi gente, confesso que adoro ser encoxada no metrô. Kkkk..

Costumo pegar o metrô nos horários de pico e dessa vez tive a sorte de encontrar um cara de social que ficou bem atrás de mim.Percebi que ele estava muito próximo e senti algo esfregando na minha bunda, era a pica dele mais parecia que estava mole.Fiquei um pouco assustada, mas o tesão aumentou e comecei a rebolar na piroca dele, bem suave para que ninguém percebesse.

Continue lendo Adoro ser encoxada…

Meu namorado comeu outra na minha frente

Oi minhas delícias vamos gozar gostoso com mais um conto das minha aventuras…

Eu e meu namorado sempre procuramos novas aventuras para não cair na rotina do sexo… Então dessa vez procuramos uma moça para nossa aventura… Nessa era digital temos vários app que nos ajudam a conversar com as pessoas e em uma desses app achamos uma moça que nos interessou… Primeiro foi uma conversa para apresentação… Mas como não queríamos perder tempo já jogamos as reais intenções, um ménage bem gostoso…

Continue lendo Meu namorado comeu outra na minha frente…

Encoxadas do dia

Estou de volta para contar a vocês as boas e uma especialmente maravilhosa safadeza que tive hoje no transporte público, esse conto ficará um pouco longo…me apresentando, sou branco, alto(mais ou menos), novinho(20 anos).

Sou realmente viciado nessa sensação de perigo, da adrenalina dessa safadeza em público, tenho outras histórias que escrevi aqui no site.

Moro no extremo sul de SP, trabalho em Moema, tenho que pegar um ônibus sentido estação da linha 5(Capão), dura mais ou menos 20 minutos.

Continue lendo Encoxadas do dia…

O primeiro chifre a gente não esquece

Esse é meu primeiro conto, onde vou relatar a primeira vez em que fui traído.
Sempre me interessei e gostava de ler contos sobre traição e me excitava com isso, mas por vergonha nunca tinha compartilhado esse desejo com ninguém.
Até que comecei a namorar uma garota muito gente boa, com a cabeça aberta e bem safada, que eu senti que podia aos poucos expor esse meu desejo de ser corno.
O relacionamento foi ficando sério, e um dia em que estávamos bebendo e fomos transar acabei falando sobre. Na época, nós dois com vinte e dois anos, ela linda, e bem gostosa, com uma bunda espetacular, que chamava atenção por onde passava, e o melhor de tudo, ela era bem safada.

Continue lendo O primeiro chifre a gente não esquece…