Minha prima

Olá me chamo Pedro tenho 21 anos, sou moreno claro, 1,90m de altura, magro, uma pica de 20cm.
O que vou relatar aconteceu no começo deste ano, eu sou de um povoado mas vim morar na cidade pq tem mais chances de trabalho, moro sozinho. Um dia recebi a ligação da minha tia me perguntando se a filha dela (no caso minha prima) poderia passar o final de semana em casa, ela mora no meu povoado, e precisava fazer umas provas não sei bem de que era, logo respondi que sim.

Continue lendo Minha prima…

A gente muda e nem percebe

Olá, há um bom tempo leio esse site, e adoro tudo o que encontro aqui. Não irei me identificar, por motivos óbvios. Tenho 19 aninhos, farei 20 logo logo, e desde pequena sempre tive uma curiosidade sobre sexo muito grande, sendo bem safada hj em dia.

O que retrarei pra vcs aqui aconteceu de verdade.

Namorei há um tempo e com ele perdi minha virgindade, porém, após uns 2 anos terminanos, com o inicio da minha faculdade o ciume dele aumentou muito, tornando a situação insuportavel.

Continue lendo A gente muda e nem percebe…

De virgem a puta num piscar de olhos

Luciana, a Lu com 14 anos. É uma linda jovem, de cabelos negros. Olhos vivos, de tom azul bastante acentuado. Pele clara e macia. 1,55 m de altura e um corpinho bem distribuído para sua estatura. Lábios, vermelhos e carnudos em um rostinho muito atraente e uma bunda de causar inveja em todas suas colegas. É uma adolescente ingênua, imatura e muito tímida. Na escola, apesar de ser cobiçada pela rapaziada, não dá bola para nenhum deles. Lu só tem olhos para os estudos. Cultiva a amizade de poucas meninas, que apreciam seu modo de ser e agir. Dentre todas, Margô e Luiza, são as mais chegadas, pois moram num condomínio na mesma rua e frequentam sua residência e as famílias das três se conhecem.

Continue lendo De virgem a puta num piscar de olhos…

O casamento de um pau e duas xaninhas

Estávamos eu e duas amigas da faculdade fazendo um trabalho sobre o sexo na música brasileira. De repente, a Lara botou pra passar um vídeo pornô no computador. Foi aí que tudo começou. Paramos de vez de pesquisar o trabalho e começamos a jogar jogo da memória, ali mesmo na internet. A primeira a acertar foi a Heleninha, e ela escolheu que a Lara tirasse uma peça. A Lara se trancou no banheiro e voltou do jeito que tava antes. Segundo ela, tinha tirado o sutiã.

Continue lendo O casamento de um pau e duas xaninhas…

Lotação depravada

Lotação da sacanagem
Num dia de muita chuva numa citação totalmente adversa e anormal para Juliana uma moça de muito boa índole mais também muito maliciosa nas questões do sexo.
Edson seu namorado muito inexperiente e sem muita vontade de aprender dava pra ela a penas um sexo meia boca e ela sempre ficando na vontade de algo à mais é ficava ali sempre querendo e imaginando senas tórridas de um sexo quentíssimo.

Continue lendo Lotação depravada…

Meu vizinho me pegou de jeito

Acredito não precisar dizer isso mas, enfim, todos os nomes usados neste conto são fictícios, obviamente. Me chamo Claudinei e esse fato aconteceu quando eu tinha por volta de 18 anos, ainda virgem na época. Já tinha beijado algumas meninas e feito uns “troca-troca” com dois meninos quando era mais novo. Mas ainda não havia rolado nada de realmente interessante no ponto de vista sexual, digamos.

Na vila em que eu e minha família morávamos havia um homem chamado David, 28 anos. Ele era alto, corpo malhado e forte, solteiro e tido como o “garanhão” da vila, pois pegava todas as mulheres e até uns meninos ‘alternativos’ da minha faixa etária. Todos sabiam disso e diziam que ele era assim porque tinha um pênis avantajado.

Continue lendo Meu vizinho me pegou de jeito…