Minha Primeira vez com uma mulher casada safada

Sou Gabriel, tenho 22 anos e venho contar uma experiência que ocorreu alguns anos atrás. Não sou nenhum 10/10, tenho 1, 72 de altura, corpo normal, porém, tenho pernas grossas e um bumbum durinho que chama atenção de muitas mulheres. Em uma tarde andando pelo bairro parar ir jogar uma partida de futebol, vejo uma mulher nova na rua do lado da minha, era uma baixinha de 1, 60; pernas grossas, cintura fina, cabelos cacheados, olhos verdes e um bumbum empinado. Fui saber um pouco mais sobre aquela mulher, pedi para um amigo que morava na mesma que pegasse o número daquelas mulher (QUE MULHER!). Conforme meu pedido ele trouxe o número (não sei como), trocamos mensagem e se conhecemos um pouco mais. Nome dela era Juliana, e tinha 22 anos, eu já estava doido para dar uns amassos naquela mulher, descobrir que ela era casada, porém, gostava de umas aventuras. Ela me contava que o marido dela deixava a desejar. Logo pedi para ela vim até a minha casa, conversamos bastante e rolava uns olhares Continue lendo Minha Primeira vez com uma mulher casada safada…

Sendo Corno na Noite de Núpcias

No meu primeiro conto aqui (Swing Em Casa), relatei de como participei da primeira experiência de uma troca de um casal de amigos meu. Se você não leu, sugiro que volte e leia pra poder conhecer melhor os personagens.

Depois que eu e um “caso” tivemos essa transa com esse casal de amigos, o Rodrigo e a Thais, pouco nos falamos. Embora a noite tivesse sido maravilhosa e tivéssemos prometido marcar mais vezes, isso nunca aconteceu. Nos víamos em algumas festas, mas nada além disso. Eles também nunca mais tocaram no assunto, o que me levou a crer que aquela noite poderia ter sido um pouco constrangedora para eles. Também resolvi nunca mais lembrar daquele dia, embora a minha vontade era enorme de ter mais uma noite daquelas. Continue lendo Sendo Corno na Noite de Núpcias…

Fazendo o trabalho para meu corno manso

Ola sou Adriana esposinha liberada pelo maridao corno manso!!!!!!!!!!!!!! Eu e meu marido ultimamente estamos realizando muitas fantasias, a maioria fantasias dele que claro eu embarco, compartilho e estou adorando, me envolvendo cada dia mais, confesso no início não foi tão empolgante, mas com o passar dos dias e com os acontecimentos recentes e liberações dele comigo venho ficando cada dia mais com apetite e imaginação para facilitar com que as coisas aconteçam, e dessa vez foi bem isso, deixei as coisas acontecerem.
Meu marido encontra se fazendo alguns cursos de aperfeiçoamento na área dela, são muitos cursos seguidos a cada 5 dias termina um e inicia outra sem interrupção até mesmo aos finais de semana, com isso ele não tem tempo de fazer o que habitualmente faz, alguns negócios extras fora sua atividade principal, esses afazeres recaíram sobre mim, e é claro os faço sempre com maior prazer, afinal é para nosso bem e para nosso crescimento, nesse caso inclusive conclui a missão com maior prazer possível, ele tem alguns negócios financeiros com alguns amigos, parceiros e conhecidos e nesse caso ele teria que retirar alguns documentos e entregar Continue lendo Fazendo o trabalho para meu corno manso…

Virei a Putinha safada do meu Cunhado

Bom dia! Me chamo Andreia, tenho 19 anos, sou morena, cabelo na altura dos ombros, olhos cor de mel, seios médios, bumbum bem grande e um corpo normal, pois não tenho tempo de ir para academia devido estar trabalhando muito.
Bom, a exato 3 anos eu namoro Joaquim. Um menino muito trabalhador sabe… E muito lindo também. Eu sempre fui completamente apaixonada por ele, afinal, ele tinha sido o primeiro e único homem da minha vida, mas essa história mudou totalmente, e foi exatamaente com o irmão dele, e isto tudo conto agora para vocês.
Como meu namorado tem o teu próprio quarto, eu sempre durmo nos finais de semana na casa dele, e foi justamente em uma sexta-feira que eu acabei saindo mais cedo do trabalho. Como eu tinha uma cópia da chave da casa dele, fui direto para lá, pois assim eu tomaria um banho e dormiria um pouco enquanto ele não chegava. Ao chegar lá notei um silêncio imenso, então gritei pelo meus sogros. Continue lendo Virei a Putinha safada do meu Cunhado…

Dei meu cuzinho pra uma boneca e adorei

De uns tempos pra cá eu comecei a sentir vontade de expandir meus horizontes em relação a sexo, não me considero gay pois gosto muito de mulher, mas tbm curto uma pica as vezes. Essa história é totalmente real, então vai de você acreditar ou nao. Eu sempre tive relações com mulheres e nunca me senti atraído por homens, mas depois de meses solteiro e sem sexo, eu comecei a me sentir atraido por travestis, eu ficava me perguntando como seria dar o cú, então eu decido entrar nesses sites de relacionamento pra ver se encontrava algo de meu agrado, e nao demorou muito eu achei a Layla, cara, como era gata, e com pouca conversa eu me convidei pra ir na casa dela, e claro que ela aceitou, e nao foi dificil de encontrar, era uma kitnet bem pequena, mas que serviu muito bem, depois de pouca conversa fomos logo ao que interessava, ela estava usando uma pijama bem feminino e sexy, e estava sem calcinha, e logo a sua enorme rola comecou a aparecer, e eu nao resistir e cai de boca nela, era muito gostoso, duro e grande, quase fiz ela Continue lendo Dei meu cuzinho pra uma boneca e adorei…

Minha Primeira vez com uma Travesti

A expectativa faz meus batimentos cardíacos irem às alturas. Chego a escutar o ritmo enquanto o elevador me leva ao 5º andar, onde fica o apartamento dela. Um momento de extrema importância pra mim, como o foram todos os estágios dessa ampliação dos horizontes da minha sexualidade. Trinta e dois anos, e enfim consegui tomar coragem e marcar meu primeiro programa com uma pessoa do mesmo sexo, ainda que apenas anatomicamente. Melhor dizendo, apenas um detalhe da anatomia… Impossível visitar o blog da Karine e não ficar excitado, independente se homem ou mulher. Já na primeira página, na cara do visitante, um super close daquilo que atiça as mais secretas fantasias masculinas em 99% dos casos, no referente a gatas transex. Karine vai direto ao ponto. Ponto pra ela. Mas não se vale só disso. Ela é linda. 1.60m, rosto super delicado e feminino, peitinhos no tamanho ideal, corpinho todo mignon, pernas de quem dedica muitas horas semanais à esteira, e uma bundinha… ah… uma bundinha… que quase faz o homem perder o foco do seu ‘real interesse’. Enfim, impossível visitar aquele blog e não ligar imediatamente pra Karine. Toco a campainha. Seco o suor da testa. Meu coração só faz acelerar. A porta se abre. Semanas de fantasias loucas se materializam na minha frente. Ela é ainda mais linda ao vivo. Seus olhos irradiam o brilho que a tela do pc não reproduz. Sorri. Veste um corset de 4 fivelas, que arrebita os seios nus; shortinho de látex, mesmo material que, em faixas, envolve suas … coxas, descendo às canelas; scarpins altíssimos. Continue lendo Minha Primeira vez com uma Travesti…

O dia em que perdi a minha virgindade

Meu nome é Renata tenho 18 anos, estava louca pra perder a virgindade. Ficava vendo vídeos pornôs todos os dias, me masturbando e quando eu via algum homem na rua, minha buceta já alarmava. Eu tava subindo pelas paredes pra saber. Minha vizinha está reformando a casa dela e o pedreiro tem 50 anos, ficava me encarando. não dava 2 minutos ele já tava de pau duro e eu molhadinha, eu nem sabia o nome dele mas queria dar pra ele. Então fui na casa dos fundo que está pra alugar ele tava rebocando a parede da vizinha não tinha a chave da casa ficamos ali no corredor. Eu aticava ele, e ele me avisando que ia me comer, e quando ele falava em tirar meu cabaco eu ja ficava loca. Comecei a pegar no pau dele. Ele começou a ficar descontrolado, rapidinho ja tava duro, ele mandou eu ajoelhar e mamar o pau dele. Como eu não sabia ele foi me ensinando, pegando na minha cabeça pra frente e pra trás. Ele tava gozando ja. Minha calcinha tava encharcada. Até que ele mandou eu abrir as pernas e sentar em cima dos papelão e dos negócio de trabalho dele me lembeu … toda. Nunca senti tanto tesão na minha vida. Logo gozei. Ele tava latejando, e me perguntou se podia Continue lendo O dia em que perdi a minha virgindade…

Comendo as minhas duas primas

Me chamo Bruno tenho 19 anos, 1,78 de altura, cabelos curtos, pretos e olhos castanhos. Tenho duas primas, Kemily 14 anos, 1,54 altura, cabelos até a cintura, olhos castanhos, e Larissa, 1,58 de altura, cabelos até o meio das costas, olhos castanhos. Fui a casa de minha tia, fica a uma hora daqui, no caminho eu observava Kemily, seus peitos pequenos e pontudos, sua bunda média durinha, ela me proporcionava muito tesao, e varias punhetas na semana, minha vontade era ir da cidade onde eu moro até a casa da minha tia em outra cidade tocando uma siririca para Kemily, mas infelizmente eu não podia fazer isso, porque meu primo estava ao nosso lado. Chegando na minha tia vi minha prima Larissa, seios médios bem durinhos, e bunda média, durinha tbm, ela também me proporcionava muito tesao, cheguei lá e olhei minha prima de cima a baixo, meu pau ficou duro na hora. Cumprimentamos todos e o dia passou normalmente, ao longo do dia eu imaginava algumas aventuras para nós três, ia ao banheiro e batia uma punheta e gozava muito pensando naquilo. Chegou à noite e todos os quartos estavam ocupados, fui dormir em um quarto junto com minhas outras duas primas, por sorte dormimos juntos em 3 colchões, colocados um ao lado do outros, deitamos de forma aleatoria e por sorte minha fiquei no meio das duas, a partir daquela noite faria de tudo para realizar minhas aventuras que eu tinha imaginado ao longo do dia. Eram umas 2 horas da manhã e estavam todos dormindo, eu ainda estava acordado e pensei “é agora ou nunca”, com minha mão Continue lendo Comendo as minhas duas primas…

Página 3 de 7912345...102030...Última »