Tia boa de boca

Bem, o que vou contar, mudou o minha vida (pra melhor). Eu tinha 16 anos e já não era virgem a alguns anos, mas mesmo assim eu ainda não era muito experiente no sexo, até que um dia, uma tia, irmã da minha mãe, foi nos visitar pela primeira vez.
Ela era a irmã mais nova da minha mãe, na época ela deveria ter uns 27 anos e já tinha uma bela carreira de puta, pois ela me disse que chupou uma piroca pela primeira vez, ela não tinha nem pelos na buceta.

Nos dois primeiros dias foi tudo bem normal, ela me tratava como uma tia trata um sobrinho, e embora eu ficasse olhada o quanto ela era gostosa, também não imaginava em passar dos olhares. Ela era um espetáculo de mulher 1,60 de altura cintura fina, barriga chapada, peitos grandes, coxas grossas e uma bunda linda bem durinha e empinada. É claro que eu, um moleque de 16 anos ficava doido, mas ela era a minha tia. Até que no terceiro dia, ela estava na cozinha conversando com a minha e eu passei pra tomar banho, só que a porta do banheiro havia dado cupim e o meu padrasto arrancou pra fazer uma limpeza e minha mãe colocou uma cortina no lugar da porta. Continue lendo Tia boa de boca…

Comendo a Cunhada

Me chamo Pabllo, tenho 40 anos, não tenho porte atlético mais acho que dou para o gasto. Vou contar como comi minha cunhadinha. O nome dela é Grazy ela é branca, 1,70 de altura, seios pequenos e toda atlética, Ela tinha acabado de ter tido filho então estava naquela fazer que a mulher não se preocupa em cuidar de se e sim do filho, meu cunhado ele é meio ignorante sempre brigavam e com a chegada do filho piorou mais ainda. Ela não se cuidava muito e como é normal em alguns casos a mulher fica meio relaxada presa em casa cuidado do filho. Passavamos muito tempo juntos quase todo final de semana passavamos com eles minha esposa para dar um suporte e eu ia para fazer companhia. Ele sempre falava das mulheres que ele pegava e se vangloriando. Uma destas semanas ele precisou viajar para trabalhar e ela chamou para passarmos o final de semana lá. Chegando lá ta ela com aquele sutian de amamentação berge cabelos sem arrumar. Continue lendo Comendo a Cunhada…

Enrabada pelo técnico

Oi meus danadinhos, sentiram minha falta? Espero que sim. Bom hj quero relatar para você o dia em que um técnico de internet me enrabou à força.
Como vcs já sabem sou baixinha tenho 1.55, morena dos cabelos longo, tenho um corpinho no lugar rs e meus seios chamam muito a atenção. Um dia da semana normal meus pais tinham saído cedo e contava meu irmão em casa eu acordo tarde., esses dias pq tô de férias da Universidade e trabalho. Enfim meu irmão me acordou e disse que ia sair pra ir na casa da namorada. Eu porra casa Só pra mim. E eu entrei no banheiro pra tomar um banho e liguei o chuveiro e nisso ele tinha falado que o técnico da internet tava aqui em casa e que quando ele fosse embora eu não esquecesse de trancar a porta pq tenho mania, de não fechar a porta. Mais nao escutei pq quando tô no banho me desligo. Então ele foi embora e o

Continue lendo Enrabada pelo técnico…

Minha Madrasta Acabou Comigo

Sou Morena, cabelos negros, olhos azuis acinzentados, pele macia e corpo trabalhado na academia. Seios GG e cinturinha fina, com um quadril bem delineado e um bumbum avantajado. Uma verdadeira tentação em forma de ninfeta, afinal tinha acabado de completar meus 18 aninhos e logo após a comemoração do meu aniversário, perdi minha virgindade com meu próprio pai, que completamente fora de sí e bêbado, não me perdoou achando que era minha mãe.

O pior foi que tudo foi testemunhado pela minha madrasta, que quando ví estava se masturbando no corredor, em frente a porta do quarto onde eu estava com meu pai ainda me recuperando da sessão de sexo que acabara de ter. Raquel era loira, corpo mignon, seios turbinados no silicone, coxas grossas e malhada de academia que nem eu. Olhei incrédula enquanto ela esfregava sua bucetinha com pelos claros que neste momento estava jorrando seu orgasmo alí mesmo, enquanto olhava pra mim com desejo e tara. Continue lendo Minha Madrasta Acabou Comigo…

No banheiro da fábrica

Bom, é meu primeiro conto, espero que gostem.
Era mais um dia normal de serviço, a época eu tinha apenas 18 anos, começando a carreira profissional e várias vezes na semana um carro de transporte, as vezes caminhão, vinha recolher algum material para levar para outra empresa. Eu como era o mais novo, ajudava os motoristas que vinham buscar esses materiais. Um dia chegou um senhor, aparentava uns 58 anos, gordo, grisalho, entrei na fiorino dele pra chegarmos no prédio onde ele ia recolher o material e eu percebi que ele ficava olhando pro meu pau (um gesto arriscado dele tendo em vista que nunca tinha o visto e nem sequer dei a entender nada), notando que ele fizera isso, pensei de algum jeito tentar retribuir mas fiquei com vergonha. Ele estacionou o carro e eu fui no interior do prédio buscar o componente, quando voltei ele me perguntou se eu podia pegar a Nota Fiscal

Continue lendo No banheiro da fábrica…

Amor de primo não acaba nunca

Olá. Vou contar algo que aconteceu comigo durante anos. Vou usar nomes fictícios já que estamos falando de duas pessoas casadas. Meu nome é Maria Clara, sou ruiva, alta, não sirvo pra magra, mas adoro exercícios físicos. O João é alto, moreno claro e rato de academia, co. Os braços tatuados. Nossa história deve ter iniciado na maternidade. Somos primos de segundo grau, com alguns meses de diferença. Desde que éramos adolescentes, existia uma química absurda entre nós, mas doi somente quando começamos a estudar juntos que a coisa aconteceu. À época, tínhamos 18 anos e eu já namorava. João começou a insinuar que nutria um sentimento por mim. Eu, comprometida, achava que ele estava brincando e nunca dei muita bola pras indiretas dele. Ele ficou insistindo por UM ANO E MEIO. Diz ele que eu entrei pro

Continue lendo Amor de primo não acaba nunca…

A coroa gostosa e tesuda do trabalho

Na época eu tinha 21 anos e fui trabalhar em uma empresa multinacional na função de auxiliar de escritório. Meu chefe era muito chato e um pouco tempo de pois ele foi demitido e logo contrataram outra pessoa para assumir o seu cargo.

Quando conheci a minha nova chefe fiquei louco, pois era uma mulher linda, bem vestida e aparentava uns 40 anos, com um corpão, seios grandes, bunda grande, uma verdadeira deusa.

Ela era divorciada e tinha uma filha de 9 anos. Acontece que nessa época ela tinha um namorado, mas após um mês de trabalho ela me confidenciou que havia terminado com ele, pois não era uma mulher feliz e realizada. Continue lendo A coroa gostosa e tesuda do trabalho…