Sexo na trilha

Olá, este é o meu primeiro conto erótico e irei contar a história de uma sexo bem selvagem que rolou com minha namorada, meu nome é Daniel (fictício), tenho 22 anos, 1.71 m de altura, um pau de 18 cm mas muito grosso, minha namorada se chama Gabriela (fictício), ela tenha 23 anos, 1.60 de altura, peitos grandes e uma bunda perfeita.
Estávamos tendo uma semana bem cansada, com vários projetos da faculdade e do trabalho, então resolvemos tirar um final de semana para descansar e fazer um trilha em uma cidade chamada Paraúna, no interior de Goiás. Era um dia ensolarado e saímos de Goiânia em direção a cidade, foi uma viagem de cerca de horas 2:30, fomos direto para a trilha que era um pouco afastado da cidade, chegamos lá e estava um lugar bem silencioso só com os sons dos passarinhos, não tinha ninguém só eu e minha namorada. Logo minha imaginação começou a ferver de tanta putaria que passava na minha mente. Na caminhada de cerca 1,5 km, chegamos em umas rochas altas que tem como subir nelas só que um pouco difícil, enfim conseguimos, a vista do alto da rocha é sensacional, uma coisa inesquecível. Logo abracei minha namorada, estávamos todo soados, dei um beijo bem gostoso na boca dela, a cada segundo a fogo ia aumentando, comecei a passar a mão na buceta deliciosa dela mas ela ficou com medo de que alguém visse a gente e ela pediu pra parar, falei para ela ficar calma, que não havia ninguém, então voltei a beijar ela e logo tirei minha pika para fora do calção, estava duro pra

caralho, tirei a blusa da minha namorada, deixando aqueles peitões lindos para fora, comecei a mamar eles igual um bezerro, meu Deus era uma coisa muito gostoso mamar nos peitos da minha namorada, tirei minha camisa e joguei a roupa para o canto, eu estava totalmente pelado, tirei a roupa da minha namorada, e botei ela pra chupar minha rola, aiiiinn tava muito gostosa, ela mamando deixando bem babado o meu pinto, pedi para ela chupar as minhas bolas e quase fui a loucura, logo forrei com um lençol a rocha e comecei a chupar a buceta dela, nossaaaaa que delicia, passava a língua bem devagar e isso fazia ela delirar, passava também a língua no cu dela, eu pirava tão gostoso que tava, enquanto eu chupava sua buceta eu enfiava o dedo e ela gemia muito e isso me excitava ainda mais, logo fui por cima da minha namorada e

penetrei a minha piroca na buceta dela que já estava toda meladinha, ela gemendo eu chamando ela de minha putinha e ela pedia mais, eu metia com força, ela pedia mais, botei ela de 4, e minha rola entrava bem gostoso, ela pedia pra mim bater na bunda e eu batia com força, deixei a raba dela toda vermelha, enquanto eu penetrava e enfiei o meu dedo no cuzinho dela e era muito gostoso, ela pediu pra vim por cima de mim, começou a cavalgar feito uma cavala na minha rola, tava muito deliciosa ela rebolando na minha pika, eu ia gozando e pedi pra ela deixar eu jorrar leite nela, gozei litro e litros no peitos dela, foi uma transa muito deliciosa e inesquecível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.