Sexo anal com a Priminha Casada Carente

Tenho uma prima, loira 1.75 de altura ,43 anos, uns 80 kilos ,casada, meia gordinha, não gosta qe a chamem de gorda, mas é gostosinha,e a maioria dos primos incluindo eu, querem come- lá, Como ela estava reformando a clínica de estética dela, precisava de ajuda, e me prontifiquei ajuda-la, claro com 2° intenções, e passado está reforma mandei um ZAP pra ela perguntando do serviço feito e papo vai papo vem entramos no assunto sexo,eu comentava sobre sexo no meu casamento é ela com o exposto dela que dizia estar sem ter relações com o marido faz tempo porque o ponto dele não ficava muito tempo futuro que quando ela estava por cima de repente ficava mole e ficava nervosa com ele, então joguei com a sorte e falei “ comigo ia ser diferente uma loira desta até parece que ia ficar mole, deixava vc mole de tanto gozar,” ela mandou a carinha de alegria, depois de muita conversar, nos despedimos no outro dia fui como todos os duas na clinica dela pra terminar o serviço, e no final do dia ela prometeu uma

limpeza de pele,e marcamos pro outro dia sexta feira no final da tarde, no dia e hora marcado lá estava eu,deitei na maca e ela começou o procedimento, e fiquei ali tentando alguma coisa, mas não deu certo ficamos nisso, quando cheguei em casa,recebi um zap dela que dizia” VC só fala pensei que ia fazer o prometido kkkk” fiquei pensando que a cachorra não queria e tava doida pra da uma, eu então disse amanha passo ai a tarde e VC vai ver que é que só fala” no outro dia cheguei no final do expediente, ela abriu a porta, passei e Fechei pra ninguém atrapalhar,já agarrei ela dei- lhe um beijo bem gostoso, já agarrando seus peitos, ela gemia e dizia calma,eu disse hoje não vou falar nada só chupar VC, já levantei sua camisa e cai de boca nos peitões dela, chupava mamava igual um bezerro,já fui abrindo o zíper da calca dela,e metendo a mão na bucetinha peludinha dela,enviei um dedo dentro,ela gemia calma, vai com calma, hoje não vai dar pra fazer nada,mas não dava ouvido pra o que dizia e ia avançando mais e mais encostei ela na maca virei de costa pra mim e abaixei sua calca com calcinha, inclinei ela em cima da maca e desci com a cara na bunda dela, e comecei a chupar e lamber o reguinho dela,ela abaixou mais na mesa e relaxando,abri mais a bunda dela e pude ver aquele cuzinho rosado peludinho, chupei muito com ela gemendo desci ate a bucetinha peludinha ate ela gozar e dizia hoje não , hoje não, só vai chupar tá, levantei fui ate a orelha dela e cochichei hoje não tem conversa VC quer rola VC vai ter, vou socar em VC ate gozar tudo qe esta no meu saco,ela tentou sair mas segurei com forca, e coloquei a cabecinha da pica na entradinha do cuzinho ela tentou sair mas segurei com forca e disse hoje quero seu rabo,vou entrar neste teu cuzinho gostoso, tentava sair mas não deixei, e comecei a forçar a pica na portinha do cuzinho dela,gemia dizendo qe não ia aguentar, que tinha dado poucas vezes o rabo,e quando solteira mas casada o marido nunca comeu o cu dela,falei que ia colocar devagar e ia enfiando,dizia pra relaxar o cuzinho e fazer força pra fora como se estivesse no banheiro qe iria entrar mais fácil e não ia machucar ,ela fez, mas mesmo assim gemia, dava uns gritinhos ai ai ta doendo, devagar, devagar, para, para,tentava, escapar, entrava mais toda vez que tentava, começou a chorar,ai ta doendo, ta doendo, calma priminha, entrou quase tudo, “falava uma mulher deste tamanho não aguenta uma rola,ate qe encostou o saco na bunda, entrando tudo, gemia ai ai ta doendo,fica parado, Quietinho ,não mexe não amor, assim não dói tanto,fiquei parado uns 5 minutos com a pica enterrado inteira dentro do cu,e falava no ouvido “ ta vendo VC não disse qe eu só falava, agora vou comer teu cu ate gozar,encher seu rabo de porra,que cuzinho apertado,vou deixar largo, cheio e viciado numa pica,sempre qiz comer tua bunda gostosa,ela já com o rabo relaxado comecei a socar e tocar uma siririca, com as socadas e o dedilhar na buceta começou a gostar e rebolar meia tímida, não demorou pra gozar,vai mais rapido,vai vou gozar, vai amor, vai amor,mais rapido ahhhhhhhhh to gozando qe gostoso qe pica gostosa ,vai goza comigo ahhhhhh qe delicia , fiqei socando e diminui o ritmo pra não gozar faltava a bucetinha, tirei a pica do cuzinho qe estava largo,todo vermelho de tanta pica, coloquei na entrada da bucetinha,ela não deixou disse qe tinha qe lavar porque tava no cuzinho então olhei pra pica e a cachorra tinha cagado no pau estava todo sujo, mas não me importei qe tivesse cagado na pau, qe comeria mais vezes o rabo dela, pediu qe fosse e lavasse,fui pra banheiro lavei o pau e voltei ela foi tb se limpou e deu um gritinho aiiiiiiiii,nossa como ele ta aberto, então voltei e abracei ela por traz e apontei a pica pra bucetinha dela e forcei a entrada,depois da terceira tentativa deu um estalo e a cabeca entrou,deu um gemido aiiiiii devagar, parei pra ela tomar um folego, e a buceta se acostumar com o invasor, após algum minutos,fui entrando até o saco, deixei a buceta se acostumar comigo dentro,e comecei a socar, ela de inicia reclamava, e logo começou a gemer, pedindo pra não enfiar até o fundo qe a machucava,então socava forte e rápido mas não fundo, ela gemia, de repente ela saiu e pedia pra sentar no meu colo, sentei na cadeira e quando viu a grossura da pica se assustou e disse por isto qe doeu quando entrou nela e no meu cuzinho, me arrombou,deixou meu cu largo,se meu marido dizer da uma hoje não vou poder, ele vai perceber qe tou aberta, mas já qe começou vamos terminar,deixa eu gozar mais uma vez e começou a rebolar,esfregar a buceta com a pica toda dentro, gemia muito e quando estava gozando pediu vai amor, vai amor qe pica gostosa qe rola gostosa e tirou da buceta e sentou o cu na pica, entrou tudo de uma vez, soltou um gemido aiiiiiii qe tesão, qe gozada gostosa, vai goza dentro do meu rabo faz tempo qe qero um pica na bunda, vai amor enche meu rabo de leite, qe gostoso me abraçou e ficou quietinha toda mole,e falou no meu ouvido estava precisando da uma gozada gostosa,fazia tempo qe não gozava gostoso assim, VC é um filho da puta não deixou ver sua pica com medo de não deixar enfia no meu rabo né, foi esperto, não ia deixar mesmo,mas agora tudo bem,já foi mesmo,tou toda ardida e larga, ainda bem qe o marido não gosta de bunda, VC só vai comer meu cu,a buceta é dele, vou ter qe ficar uns dias sem da pra ele, até voltar ao normal,mas a Bundinha é sua, assim qe sarar kkkkkk poqe ta toda esfolada,já tinha lavado a pica ela buceta e rabo, ficamos na conversa e dez minutos já estava de pica dura novamente,e disse,olha como esta, vc me deixou toda machucada,não aguento mais nada hoje, então fpedi uma chupada pra fechar com chave de ouro,tirei a pica pra fora e sentada na cadeira,começou a chupar bem gostoso, babava,chupava o saco,deu um trato na pica, tirou da boca e disse, não vai gozar minha boca heim pegou uma toalha e disse quando for gozar avisa qe ponho a toalha, e começou a chupar e de vez enqando parava e perguntava, vai gozar? Não E continuava, peguei sua cabeça e segurei forte nos cabelos, forçando tudo dentro da boca dela, gozei feito um jumento, escorria pelo canto da boca e ela tentando escapar coisa qe ao escapar, espirrou na cara dela, ficou nervosa e tentando vomitar,correndo pro banheiro, qe voltou braba, e disse se fizer novamente esquece de mim, não .I gosto de engolir porra,concordei e deixei ela no carro e fui embora no meu fizemos varias outras vzs e acabou gostando de engolir porra ou tomar o Leitinho como gosta de pedir .

One thought on “Sexo anal com a Priminha Casada Carente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.