Não resisti e comi minha cunhada

Me chamo Vinicius, tenho 22 anos. Tenho uma cunhada maravilhosamente gostosa, ela tem 38 anos, morena, peitos bem grandes, cintura fina e uma bunda bem gostosa.
Nunca tive muito contato com ela, sempre nos falamos só o básico, sem muita conversa, mas sempre soube que ela era safada. Um dia, minha namorada não estava em casa, então minha cunhada me ligou, falando que precisava muito ter uma conversa comigo, achei muito estranho pq ela nunca tinha me ligado, mas achei que poderia ser importante, então corri pra casa dela. Chegando lá, ela me chamou pra entrar e disse que tínhamos que conversar, antes que minha namorada chegasse. Ela estava com um shortinho bem curto, marcando a buceta grande que ela tem, uma blusa de alcinha que quase não aguentava segurar seus peitoes, entrei em sua casa, mas não pude não reparar em sua roupa. Quando entrei, perguntei o pq dela ter me ligado, se tinha acontecido algo, da foi o disse:

Sexo Por Telefone


– Não temos muito tempo, mas eu preciso urgentemente de sua ajuda.
Respondi:
– Claro, o que posso fazer pra te ajudar?
Ela respondeu:
– Eu pensei muito antes de fazer isso, mas vc é o único homem que posso confiar. Eu não transo a muito tempo e vendo vc com a minha irmã, depois dela me contar as coisas que vcs fazem, eu fui ficando com um tesao absurdo, que não consigo explicar e isso tá me consumindo.
Na hora, não sabia nem o que falar, mas ela continuou:
– Sei que vc deve estar sem entender nada, mas eu só preciso disso, prometo que nunca vou contar pra ela, me dá pelo menos uma chupada?!

Eu fui tentando me controlar mas não deu, quando ela falou “chupada” eu pulei pra cima dela e imediatamente arranquei sua blusa, ela ficou assustada, mas quando eu vi aqueles peitos gigantes pulando pra fora, já comecei a chupalos imediatamente, colocando o pau pra fora. Chupei tanto os peitoes dela, que eles ficaram bem babados, com meu pai muito duro, comecei a fodelos com força, ela apertou os peitos contra meu pau e eu os fodia com força. Logo vi que sua buceta tava encharcando seu shortinho, tirei o short todo melado dela e cai de boca em sua buceta, uma bucetinha linda, lisinha, com grandes lábios e muito molhada. A safada gemia como uma cadelinha no cio, rapidamente foi gozando na minha boca, mas continuei chupando cada vez mais, pra ela gozar de novo, algo que não demorou muito. Quando ela gozou de novo, foi colocando o short e me agradecendo, aí eu disse:

– Agora é minha vez.
Peguei a cabeça dela, empurrei contra meu pau, a safada logo encheu a boca e começou a mamar, enfiando meu pau em sua garganta e mamando gostoso. Joguei ela no chão, de frente, cravei meu pau em sua buceta molhada. Ela deu um urro e gemeu forte, comecei a foder ela com força e ver seus peitoes gigantes balançando. Quando estava quase gozando, tirei o pau e sem nem perguntar, enfiei em sua goela, a safada de assustou um pouco mais bebeu minha porra toda, até a última gota. Mas meu pau continuava duro, então coloquei ela de quatro e cravei ele em seu cuzinho lindo. Ela soltou um grito, rapidamente tapei sua boca e comecei a meter fundo em seu cu, ela gemia e gritava ao mesmo tempo com minha mão em sua boca. Gozei dentro de seu cuzinho todo, quando tirei o pau a porra foi escorrendo nela toda. A safada me olhou e disse:
– Vc destruiu meu cuzinho, mas foi maravilhoso.

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *