Perdi meu cabacinho de novo

Como ja havia explicado no meu outro conto, minhas primeiras vezes tinham sido maravilhosas com a pessoa que eu sempre desejei, o Fábio, um rapaz que foi da minha sala no ensino médio. Depois disso, sim, nunca mais transei, porque nao achei nenhuma pessoa que me prendesse, ou que me fizesse despertar um desejo tao intenso quanto tinha por aquele menino, O famoso, amor de pica bate e fica, e como ficou, ficou e fica ate hoje.
Atualmente moro na europa, vim para estudar. Mas acontece que fui passar ferias no Brasil, e estava doido para encontrar o Fabio, mesmo que tinhamos tido pouco contato após a minha vinda, ele sempre me mandava msg no snap dizendo pra eu voltar, e que estava com saudade.

Sexo Por Telefone

Enfim, cheguei para as minhas ferias no Brasil e no dia seguinte mandei uma mensagem pra ele. Disse que estava no Brasil, que se ele estivesse em casa e afim de me ver eu poderia ir pra la, ou ele poderia ir la pra casa ja que meus pais nao trabalham na minha cidade, portanto fico sozinho ate sexta feira. Fábio foi, nem pensou duas vezes, chegou na minha casa e juro, minhas maos tremiam de vontade de ve-lo de novo, abri a porta para ele com um sorriso de orelha a orelha. Fabio me deu um abraco daqueles na cintura, apertados, e um beijo quente, forte, guloso, encheu minha boca com aquela lingua gostosa e começou a me beijar, nisso eu ja estava com muito tesao, meu cuzinho piscava, pois ha muito tempo nao sentia algo daquele jeito,

Joguei meu homem no sofa e sentei por cima dele, eu rebolava no seu colo, no seu pau, que mesmo com roupa, eu ja sentia muito duro. Ele puxava meu cabelo, beiajava meu pescoço e dizia estar morrendo de saudade, assim como eu. Eu ja estava em extase, meu corpo ja estava gelado, com tesao, aquele homem me tem, puxava o meu cabelo e dizia no meu ouvido que me queria, que queria me comer. Tirei a camiseta dele, e fui beijando do seu pescoco ate sua barriga, seu pubis, tirei seu short e meu deus, aquele volume na cueca, gostoso…quando tirei pra fora ele estava explodindo, todo molhado, me deu um tesao que nunca mais esquecerei. meu deus como eu chupei, quando ele me disse que iria gozar, so encaixei minha boca na cabeca e senti aquela porra gostosa, explodindo em minha boca, continuei chupando o seu pau todo gozado por uns minutos, ate que ele me deitou de barriga para baixo no sofa e foi beijando minhas costas, de leve. ate parar na minha bunda..meu deus, eu nao estava aguentando, pedi pra que ele me chupasse e ele me chupou, como eu queria, bem no meu cuzinho, enfiando a lingua bem gostoso, meu pau explodia de tesao, quando senti o dedo dele entrando eu ja nao conseguia me conter estava com muito tesao e louco pra dar.
Fomos para o quarto dos meus pais, a cama é enorme, e quando percebi estava de 4, rendido, com uma lingua dentro do meu cuzinho, Fabio ja estava todo duro outra vez, me virou de barriga pra cima e me puxou para a beirada da cama, colocou minhas pernas pro ar e foi encaixando o pau em mim, devagar, porque o meu cuzinho ja era praticamente virgem de novo. Aquela sensaçao maravilhosa de sentir um pau gostoso dentro de mim, entrando todo, eu nao me sentia mais, gemia, e gemia, alto..eu mesmo puxava meus cabelos e sentia aquele pau muito duro se enfiando dentro de mim, nao sou muito de falar besteiras na cama..mas nesse dia nao deu, soltei um:
– me fode, gostoso.

Nunca quis dizer tanto uma frase como essa, e ele me fudeu, me fudeu muito daquele jeito em pe, com minhas pernas pra cima…eu nao aguentava mais de tanto gemer, meu pau estava explodindo, ele me comia forte, muito forte e eu estava amando..tirei o pau dele e fiquei de 4 com a bunda bem empinada, e logo ja senti mais uma vez aquele pau me arrombando, meu cabelo sendo puxado, minha bunda sendo apertada, e sem esperar ou imaginar,,,gozei, gozei muito sem nem sequer ser tocado, meu cuzinho se contraia no pau dele, quando ele me disse que iria gozar que nao estava aguentando eu pedi apenas uma coisa:
– nao tira, goza dentro de mim, nao tira.

Meu deus, que sensaçao maravilhosa, eu sentia aquela goza quente dentro de mim, e eu me contorcia de tesao, tinha acabado de gozar tambem mas mesmo assim meu libido estava a 1000, nos deitamos coladinhos logo apos o sexo, fomos tomar um banho e no chuveiro brincamos bastante, ate os dois gozarem de novo, eu chupando o pau dele e ele enfiando os dedos em mim. Fabio dormiu na minha casa aquela noite, transamos mais uma vez, porem agora fizemos um amorzinho, diremos assim. Fizemos muitas loucuras durante as minhas ferias, mas isso é historia pra outro dia, espero que tenham gostado de saber como perdi minha virgindade de novo, Sim, foi maravilhoso e espero que minhas ferias chegem logo.

Disk Sexo

One thought on “Perdi meu cabacinho de novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *