Perdi o cabaço com uma boneca dotada

Tenho 18 anos. Sou branco, alto e falam que eu tenho um bundão. Um passivo completo. Sou de Belém do Pará. Não me sinto afeminado, só sinto atração por pica. Já comi algumas meninas da escola e algumas primas. Já tentei assistir porno gay mas não consigo gozar mas consigo sentir tesão em porno de trans. Me veio a ideia de dar pra uma.

Sexo Por Telefone

No instagram eu achei uma trans, 20 anos. Moreninha, corpão de academia e cabelo preto longo. Segui ela e ela seguiu de volta. Comecei a responder as histórias dela e com o tempo a gente começou a conversar. Ela me passou o whatsapp dela e começamos a trocar fotos. Ela começou mandando foto do peito mas eu queria ver o pau dela e não parecia grande por foto. Eu falei que nunca tinha dado e ela falou que faria esse favor pra mim e só de ler me tremi de tesão. Eu moro num prédio no centro e ela me falou onde morava e, na real, é perto daqui. Dá uns 10 minutos andando. Senti mais tesão quando ela falou que morava sozinha e quando eu quisesse poderia ir lá.

Marcamos pra esse sábado dia 102018. Me depilei todo e ela mandou a localização, pedi um uber e fui. Cheguei ao prédio dela era umas 8: 15, pedi pra subir no ap dela e o porteiro ficou me olhando e ligou. Senti um friozinho na barriga mas passou

Peguei o elevador e quando cheguei, toquei a campainha, ela abriu. Não muito arrumada mas bonita ela tava de saia que valorizava suas coxas, bem grossas e usava uma camiseta até a metade da barriga. Eu de camisa e bermuda.

Ainda em pé, ela pediu não reparar na bagunça porque tinha ido numa festa com umas amigas (imaginei ser todas trans). Ela sentou no sofá e eu sentei do lado dela. Ela começou a falar comigo, por uns 2 minutos:
Ela: você é mais bonito por foto
(Eu só conseguia olhar pro peito dela e não parecia que ela já tinha sido homem)
Eu: você também
Ela: Teus pais sabem que você está aqui?
Balancei a cabeça com sinal negativo
Ela sorriu safadamente e mandou eu sentar em cima das pernas dela. Lembrei de quando as meninas ficavam com os peitos na altura do meu rosto mas dessa vez eu seria a menina kk

Ela começou a me beijar e eu devolvi. Começou a tirar minha camisa e jogou no chão. Continuou me beijando e foi passando a mão em mim. Ela parou olhou pra e falou: “só 17 aninhos…” e sorriu com cara de safada. Ela tirou a camiseta dela e me colocou pra chupar o peito dela. Já sou experiente em chupar peito e tirei uns gemidos dela

Começou a tirar meu short e tentei ajudar mas ela tirou minhas mãos e colocou no pau dela. Eu sem short, em cima da coxa dela, chupando os peitos dela e com o pau dela na mão. Ela mandou eu ir pro chão e ficar ajoelhado. Eu já sabia o que viria porque já fiz isso muito com a garotas mas agora eu chuparia. Ela colocou a mão por dentro da saia e tirou a calcinha. Levantou a saia e revelou uma pica enorme. Maior do que por foto. Fiquei assustado e ela falou: “gostou bb?” e respondi que sim com a cabeça. Ela ficou sentada na ponta do sofá e mandou eu abrir a boca e comecei a chupar desajeitadamente. Ela falou que me orientaria e comecei a chupar com a ajuda dela e depois de um tempo ela já tava gemendo.

Eu de cueca de joelho chupando aquela pica. Ela falou: “vamos pro quarto” e eu com a pica na boca sinalizei que sim.

Ela na frente me guiou com a mão até o quarto. Nesse tempinho reparei que e é uma casa bonita. Entramos no quarto e ela me jogou na cama, mandou eu esperar que iria no banheiro, enquanto ela saiu o que restava de roupa em mim e joguei no chão. Ela voltou sem saia e pude reparar que aquela pica parecia o dobro da minha e mais grossa. Eu sentado na beira da cama e ela em pé me botou pra mamar de novo.

Ela parou e mandou eu deitar de bruçus na cama. Vi ela abrindo o guarda roupa e tirando um lubrificante e uma camisinha. Lambuzou em mim e começou a me dedar e gemi demais. Ela falou: “se começar a doer me avisa, tá bb” respondi que sim. Ela ficou por cima de mim, colocou a camisinha e começou a encaixar em mim. Ela botou a cabeça e não senti muita dor como achei que seria. Ela começou a enfiar e começou a doer e e ainda tava na metade. Numa tacada só ela enfiou tudo. Vi estrelas e senti o saco batendo na minha bunda. Não esperou nem 5 segundos e começou o vai e vem. Ela começou a me xingar e mandou eu pedir mais pica e comecei a pedir ela começou a bombar muito rapido e eu gozei com o pau no meu cu e ela bombou mais uns 2 minutos e avisou que ia gozar e senti pulsando no meu cu. Ela tirou e vi a camisinha toda gozada. Ela se levantou e foi no banheiro jogar fora.

Fiquei jogado na cama, não conseguia me mexer. Ela voltou e pediu pra eu chupar mais a pica dela. Enquanto eu chupava, ela bolinava meu cu e falou: “que rabo branco, que rabão”. Depois que falou isso comecei a chupar mais rapido e ela mandou eu parar. Mandou eu ficar de lado e começou a bombar mais. O tesão era tanto que me senti todo preenchido. Virei meu rosto e comecei a beijar ela e ela começou a meter devagarzinho. Foi um tesão só. Virei meu rosto e pedi pra ela enfiar mais forte e ela começou a fuder e só pra provocar pedi mais rapido e ela deu tudo de si e pensei que ela me rasgaria ao meio de tão forte que tava. Ela tava quase sem forças já e começou a meter devagar até que tirou do meu cu e gozou nas minhas costas. Ela ficou exausta e se jogou na cama deitada. Eu continuei de lado e me virei. Vi ela deitada e deitei no ombro dela. Ambos ofegantes e ela depois de meio minuto falou comigo:
Ela: você é bi ou gay?
Eu: Não sei porque não gosto do corpo masculino.
Ela: Como assim?
Eu: Gosto de pau mas não gosto do corpo feminino, entendeu?
Ela riu

Ficamos nos acaricando e eu perguntei se ela gostou de ter tirado minha virgindade e ela falou que foi maravilhoso.

Ela olhou a hora no celular e já era 10 horas da manhã. Eu falei:
Eu: Preciso ir pra casa. Meus pai pensam que tô na casa de um amigo
Ela: (ela ficou meio triste) e quando você volta?
Eu: Quando você quiser
Ela sorriu com um sorrisinho safado.

Peguei minha cueca no quarto e fomos pra sala, ela nua com a pica balançando e eu de cueca e ela segurando na minha cintura. Sentei no sofá e botei o short e a camisa. E quando eu ia me levantar ela não deixou e pediu pra eu chupar mais um pouco. Chupei, chupei e ela gozou na minha boca mas foi muito pouco.

Beijei a boca dela e desci. Lá em baixo pedi um uber e fui pra casa.

E assim foi que perdi o cabaço há 3 dias kkk
Se tiver alguma trans em Belém, me adiciona

Disk Sexo

5 thoughts on “Perdi o cabaço com uma boneca dotada

  1. Delicia.Discretamente uso roupas femininas e enfio consolos no meu cu.Meu pinto fica duro e meu cu pisca dentro da calcinha
    Quero conhecer mulher que sinta prazer em fazer inversão usando vibrador de borracha acoplado na cintura, para me dominar.Depois a dominarei.
    [email protected]
    Não quero prostituição, sexo virtual ou baixarias
    campinas interior sp capital e viajantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *