Comi a mulher casada do batepapo UOL

Essa história aconteceu em 2011 quando estava no batepapo uol no qual ocorreu essa deliciosa putaria sexual

Sexo Por Telefone

Eu tinha terminado com a minha namorada e resolvi me cadastrar num site de relacionamentos.
Depois de algumas tentativas, vi um perfil de uma moça casada, um pouco mais velha que eu, sem foto no perfil, e a procura amigos. Resolvi tentar a sorte e mandei uma mensagem me apresentando, dizendo que tava meio sozinho, e deixei o meu telefone, para que, caso ela se interessasse, entrasse em contato.

Acabou dando certo. No dia seguinte ela me ligou pela manhã. Conversamos um pouco e eu a chamei para sair à tarde, pois eu trabalhava só até as 14h00. Ela aceitou, e marcamos de nos encontrar numa lanchonete perto da casa dela às 14: 30. Eu cheguei antes, e resolvi fazer um lanche pois não tinha almoçado! Pouco depois ela chegou. Era uma morena bem bonita, com óculos escuros, blusa e mini saia. Eu fiquei excitado ao vê-la. Nos cumprimentamos e conversamos um pouco. Ela tava nervosa com medo de alguém a conhecer. Propus de pegarmos o meu carro e irmos para outro lugar. Ela aceitou, mas tava com receio de me acompanhar até o carro. Então, combinamos de eu ir sozinho e pegar o carro, parar o carro perto do comércio, e ela entrar.

Assim fizemos! Ela ficou na rua vendo uma vitrine e, assim que parei o carro, ela olhou para os lados para ver se tinha alguém vendo, e entrou. Ela ainda tava bem nervosa e sugeriu a gente ir num posto de gasolina tomar uma cerveja, para ela se acalmar um pouco. Fomos lá, mas o bar ainda tava fechado. Então ficamos no carro conversamos. Nisso fomos quebrando o gelo… Eu fiz uma massagem nela… Nos beijamos… Enquanto nos beijávamos, eu até coloquei a mão por baixo da saia, e senti a xoxotinha dela… Na hora ela afastou a minha mão, mas eu fiquei provocando… Perguntei se a xoxota dela não queria se divertir e ela só respondeu: “ela quer”. Nisso eu chamei ela para ir a um motel. Na hora ela aceitou, mas disse que a gente não ia fazer nada. Eu disse: tudo bem! Mas, obviamente, tava pensando.

Enquanto a gente ia para o motel, ela me contou que uma amiga dela a tinha visto enquanto ela vinha me encontrar na lanchonete, e a amiga até brincou, pois ela estava de mini saia, e não era usar roupas provocativas. Ela também me disse que o marido tinha ejaculação precoce, e sentia um pouco falta de transas mais demoradas. Na hora eu brinquei que com uma morena bonita como ela, era realmente difícil segurar o gozo!

No motel, eu já fui tirando a blusa… Os peitões dela saltaram para fora! Ela não apresentou resistência alguma… Me deixou chupar a vontade! Eles eram bem gostosos. Grandões e com o bico meio rosados e apontados… Deu para ver que ela tava bem excitada. Os mamilos dela tavam bem durinhos, uma delícia de mamar… Eu chupei os dois… Abria bem a boca, tentando abocanhar a maior parte possível deles! 🙂 Em seguida eu a deitei na cama e tirei a saia. Ela tava com uma calcinha bem pequeninha. Na hora vi que ela tava querendo sexo! Sem nem pensar muito puxei a calcinha dela de uma vez… Ela abriu as pernas mostrando toda a xoxota dela.. Ainda lembro como se fosse hoje. Ela tinha uma xoxota maravilhosa… Peludinha (pelos escuros), concentrados na parte de cima da xoxota, uma abertura linda…

Eu adorei! Eu cheguei o meu rosto perto da bucetinha dela, inspirei para sentir o cheiro (eu adoro sentir o cheiro)… Soltei o ar forte para ela sentir a expiração quente que saia de mim… Minha boca salivava… Comecei a passar a língua de baixo pra cima… Deixava a minha língua atritar bem na xoxota… Tava bem molhadinha… Muito gostosa. Eu adoro lamber uma xoxota… Não tem coisa melhor para mim, metia a língua lá dentro, e ia arrastando e atritando bem por toda a área da vagina… Ela tava bem melada, e eu adorava o cheiro e o gosto.

Quando eu vi que ela tava bem molhadinha, eu só posicionei meu pau na xoxota dela. Nesse momento ela meio que relutou. Acho que ela tava bem excitada, mas tentou meio que falar que era melhor não. Que ela era casada e tal… Aí eu insisti que ia ser uma delícia… Disse que a vagina é uma área que a mulher sempre tem de estimular, se não acumula muita tensão… Aí eu comentei que o meu pau tava doidinho para conhecer a xoxota dela, e perguntei se a xoxota dela não queria conhecer o meu pau… Ela respondeu que sim. Aí eu disse que iria penetrar um pouquinho sem camisinha para os dois “se conhecerem”, mas que depois eu poderia colocar a camisinha. Ela só disse: “tá bom”.

Para ser sincero, eu não queria colocar camisinha. Ela me pareceu uma mulher séria, e tinha muito tempo que eu não gozava numa xoxota… Tava a fim de gozar nela… Contudo, ela tinha confiado em mim, se ela não quisesse, eu ia respeitá-la!

Meu pau tava muito duro, então comecei e penetrar bem devagarzinho… Queria fazer ela sentir cada centímetro do meu pauzão invadindo a xoxotinha dela… Foi muito gostoso… Ele ia meio que deslizando, pois ela tava super molhada… Meu pau encaixou muito bem na xoxota dela… Pareciam feitos um para o outro! No começo, eu fui tirando só um pouquinho e penetrando devagar, para tentar chegar um pouquinho mais fundo, de um modo mais carinhoso! Nessa hora ela começou a gemer bem baixinho. Como ela me disse que o marido tem ejaculação precoce, eu tava decidido a dar para ela uma transa bem demorada.

Com uma das mãos e segurava o cabelo dela, e na outra eu apertava o seios… A pele do meu pau tava atritando bem gostoso na xoxota dela… Ela era mais apertadinha, então ficou bem encaixadinho… Tava molhadinha… Aí, eu comecei a fazer um vai em vem em velocidade mediana>
À cada cinco segundos, eu dava umas 7 vezes metidas… Eu fiquei uns 10 minutinhos fazendo isso! 🙂 Ela tava tão meladinha que chega fazia barulho do meu pau entrando e saindo… Uma delícia… Eu olhava para os seus olhos, e ela tava totalmente entregue, dando uns gemidinhos baixinhos… Ela me disse “é tão gostoso”… Aí eu comecei a provocar… Disse que o meu pau tinha adorado de conhecer a xoxota dela… Perguntei se era o meu pau era gostoso… Ela só respondeu “é…” Aí eu perguntei: “sua xoxota gosta dele?”… Ela respondeu “gosta”… Aí eu disse: “mas a sua xoxota é casada, e ele entrou de intrometido”… Ela respondeu: “mas ela gostou”… Aí eu só respondi “sempre que a sua xoxota tiver precisando, chama ele”.

No fim, eu resolvi puxar os cabelos um pouco os para trás… Ela deu um gemido mais alto … E comecei a beijar a região do pescoço dela, perto da orelha.

Depois, eu fui numa das posições que é minha especialidade. Eu levantei o meu corpo, sem tirar o meu pau de dentro, e posicionei ele fazendo mais força na parte de cima da xoxota… Nisso, comecei a fazer movimentos circulares… De início eu ia no sentido anti horário… E depois voltava no sentido horário… Ela ficou louca quando eu fiz essa posição. No começo ela tava tentando segurar para não gemer alto, mas depois te um tempo ela não conseguiu mais resistir. Ela gemia gostoso.

Como ela já tava bem molhadinha, deslizou bem fácil de um lado para o outro… Essa posição o meu pau explorava toda a da xoxota dela… Parece o movimento de um parafuso entrando em voltas até chegar ao fundo… Eu ia tirando o meu pau girando para um lado, e colocava ele girando para o outro… Com o tempo variava, dando algumas metidas quando voltava à posição central… Ela ficava falando “que gostoso”, e “não para”, isso me excitava, embora essa posição fosse bem cansativa fisicamente. Ainda assim, só de ver ela gemendo lá compensava tudo.

Para descansar um pouco, eu apoiei meus cotovelos, e ia um pouco no bate estaca. Nessa posição, eu apoiei o pé no colchão, e levantei o joelho (para jogar todo o peso no meu pênis), e tirava o pau da xoxota, e metia tudo de uma vez, como quem bate uma estaca… Ela tava tão molhada… A cabeça dela chega tremia um pouquinho… Em um momento ela falou “não para, ai, por favor, não para…” e fazia o barulho do meu pau mergulhando na xoxota… Parecia uma piscina de tão molhada. Essa penetração era mais lenta, pois eu tirava mais o pau, e metia mais fundo… A cada 10 segundos, e metia umas 5 vezes… Fiz isso por uns 5 minutos.

Eu tava muito excitado, e como eu tava metendo sem parar, foi difícil segurar o gozo. Durante o bate estaca eu perguntei para ela se podia gozar um pouquinho… Ela deixou, e gozei um pouco, mas me segurei para não perder excitação!

Aí, para descansar, eu falei para ela cavalgar um pouco, e puxei o corpo dela para cima, e eu me deitei na cama. No começo, ela fazia mais o movimento para frente e para trás, mas com o tempo ela começou a quicar… Eu segurava a área do quadril dela, para guiá-la… Ela se apoiava no meu peito… Quando ela baixava, eu ia com o meu pau de encontro à xoxota dela, para ficar uma penetração mais profunda. Os biquinhos dos seios dela tavam bem apontados para a frente… Depois eu comecei a segurar na mãe dela, e deixei o meu pau livre para ela usá-lo como achar melhor. Ela ficou girando ele dentro da xoxota, e depois deitou o corpo dela sobre o meu. Ficamos nessa posição uns 10 minutos.

Por fim, fizemos a última das posições clássicas: ela de quatro, e eu metendo na xoxota por trás. No começo, minhas mãos tavam nos quadris guiando para frente e para trás. Contudo, com o tempo eu comecei a puxar os cabelos dela, puxando a cabeça para trás. O bom dessa posição é que eu ficava metendo olhando a bunda dela! Foi engraçado, que era só eu puxar o cabelo dela, que ela dava um gemido mais alto! 🙂 Enquanto a gente tava nessa posição ela olhou o relógio e me disse que não poderíamos demorar muito, pois já eram 16h30. Na hora eu perguntei se ela queria que eu repetisse alguma posição, e ela me pediu para fazer um pouquinho mais a posição em movimentos circulares!

Fiz mais uns cinco minutinhos, até ela gozar, e aí partimos para uma última posição. Ela deitou de lado, com as pernas abertas… Eu deitei de frente para ela… Coloquei meu pau dentro da xoxota. Ela me abraçou e cruzou os pés delas por trás de mim… Eu fiz carinho no cabelo dela… Nos beijamos e voltamos a fazer o vai e vem, só que dessa vez mais rápido… Tava uma delícia. Eu particularmente gosto muito de beijar uma mulher e transar ao mesmo tempo. Com o tempo, eu me deitei por cima dela… Eu já não me segurei, então gozei muito dentro dela! Enfim! Saiu tanto esperma, que vazou para o lençol, mesmo sem eu tirar o meu pau lá de dentro.

Ela ficou um pouco na cama abraçada e depois foi se limpar no banheiro. Saímos pouco antes das 17h00 e eu a deixei no estacionamento de um shopping perto da casa dela.

Disk Sexo

One thought on “Comi a mulher casada do batepapo UOL

  1. NOSSA QUE DELICIA DE CONTO. FIQUEI DE PAU DURO SÓ OM ISSO. MEU PAU TÁ TODO BABADO. SOU UM COROA DE 60 ANOS. COM MUITO TESAO. SE VC QUER O MEU PAU TODO MELADO, CLICA NO MEU ZAP. 11948001531. SOU O FRANK. MORO NA PENHA EM SÃO PAULO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *