Aventura deliciosa no ônibus

Em alguns momentos no meu serviço como padeiro ajudo a atender o balcão, com isso fiz muitas amizades com os clientes e com alguns uma intimidade maior ao ponte de dizer que escrevo contos eróticos. Um desses que soube do meu Hobby secreto foi o Junior que me encheu de perguntas sobre o assunto, no final ele me pediu para escrever o que tinha acontecido com ele nesse último fim de semana.

Já encerrado meu expediente Junior foi comigo até o ponto de ônibus para contar sua historia. Ele me disse que nesse último fim de semana na madrugada de sábado para domingo tinha foi sozinho a uma boate para beber e encontrar algumas garotas, mas as que conheceram não quiseram lhe dar aquilo que tanto estava necessitando. Já embriagado e quase amanhecendo ele pegou um ônibus rumo a sua casa, o ônibus estava praticamente vazio. Sentou-se no fundo, planejando ao chegar em casa bater aquela punheta. Der repente reparou que tinha uma linda garota loira sentada do outro lado do ônibus do seu lado, ela usava um pequeno vestido escuro e tinha um par de seios deliciosos e enormes saltando do vestido. Continue lendo Aventura deliciosa no ônibus…

Comendo o Cuzinho Virgem da Safada

Como eu comi o cuzinho virgem da ritinha. Vou contar o primeiro de muitos contos, vamos lá… Sento-me no sofá, mostro-lhe a vara endurecida de tesão, acaricio-a lentamente, Ritinha liga a música começa a dançar, aproxima-se de mim, passa a mão pelo corpo, provoca-me com um sorriso malicioso, passa a língua nos lábios, tira a calcinha devagar, mostra bucetinha pequena.

-Queres chupar?

Quero muito, respondo e continuo a acariciar a vara erecta com os olhos fixos na bucetinha que vai ser minha.

É uma deliciosa sensação, quando envolve com a boquinha a cabeça da vara e chupa a cabeça lentamente. Pressente que vou gozar e pára de chupar, levanta-se e avança para mim, como um animal faminto sugo aqueles dois lindos peitinhos ainda em formação. Salta para cima do sofá e abre os lábios carnudos da coninha, chupa… vá chupa! Continue lendo Comendo o Cuzinho Virgem da Safada…

Sexo gostoso no almoço do trabalho

E eu agora aqui de manhã, na minha precisa organização de todos os dias, com o meu trabalho totalmente sob controle, me aflijo com a possibilidade de perceberem ou sentirem o cheiro do meu úmido e louco desejo, tesão, com a minha peça íntima molhada, sinto molhada e latejando, sinto praticamente o sangue correndo em cada veia do meu sexo, quente, sabendo que dentro de algumas horas, talvez nem duas, na hora do meu almoço, estarei escondida de todos, do mundo, no silêncio de seu escritório, ouvindo apenas a nossa respiração contida, sentindo em mim, dentro de mim, em uma velocidade incrível, com violência, rápido, gostoso, o seu sexo me invadindo com toda a vontade que lhe cabe, naquele tempo tão curto, tão corrido, quase sem trocarmos palavras, nos despedindo com um leve e carinhoso beijo, voltando para o início da segunda metade do dia, agora parece que tendo ganhado-o completamente, relaxada, feliz, eufórica, com as pernas moles, bambas… Será que o amo? Quero que chegue logo amanhã, e não sei o que é melhor, o momento em si, ou as horas da manhã que antecedem a entrega! Nesse momento que parece volto a ser menina!

Meu namorado pedindo pra ser Corno

Durante muito tempo estive apaixonada por Gerson. Ele era um homem espetacular e a medida que o nosso relacionamento avançava ele fazia questão de me fazer surpresas, mas eu nunca sabia o que me esperava… Gerson sempre foi um homem fino, elegante, e bastante inteligente, mas também sempre deu a entender sobre alguns de seus gostos sexuais que sempre ficava subentendido claro, ele era um cavalheiro, não queria me assustar ou fazer nada que eu não topasse, e isso me deixava cada vez mais apegada a ele.

O tempo foi passando, fomos ficando cada vez mais íntimos e com a sacanagem não era nada diferente! Adorava transar com Gerson e ele era muito intenso em tudo que fazia! Me levava a loucura! Muitas vezes só de pensar que ele estava chegando, já ficava de calcinha molhada de tanto tesão que sentia por ele!

Certo dia Gerson me falou que queria me levar num lugar novo, e se tratava de uma casa de swing, mas que eu não era obrigada a nada, que iriamos apenas beber. Continue lendo Meu namorado pedindo pra ser Corno…

Fodendo Gostoso no Escurinho do Cinema

Uma tempestade me apanhou no meio de uma caminhada pela Avenida Paulista. Fui me abrigar na Galeria Gemini. Parei numa cafeteria. A ideia, claro, era esperar a tempestade passar e seguir para meu compromisso. Mas a chuva só fazia piorar.

Ali no balcão, sem nada mais a fazer, comecei a conversar com as pessoas em volta, todas aparentemente na mesma situação. Foi a partir desse momento que a estória começou a mudar de rumo…

No meio de uns 3 ou 4 executivos gordinhos e carecas, havia uma luz que a destacava. Loira, vestida elegantemente num tailleur bege, a saia uns 10 centímetros acima do joelho, uma blusa de seda com dois botões abertos, numa discreta ousadia. Uns quarenta anos, com uma atitude segura, de quem parece saber sempre o que quer. Continue lendo Fodendo Gostoso no Escurinho do Cinema…

Traindo o meu marido no trabalho

Amigos do contos eróticos, essa história que vou contar agora ocorreu no comecinho do ano e espero que vocês curtam. Eu me chamo Noêmia, tenho 34 anos e trabalho como secretária numa empresa. Voltei de férias com as energias renovadas e muito mais bonita, chamando a atenção dos meus colegas de trabalho e do meu chefe, o seu Ronaldo.

Ele é um coroa de uns 45 anos, grisalho, bem bonitão e com cara de safado. Ele vivia me secando com os olhos e eu achava uma delícia aquele homem poderoso dando em cima de mim, mas como sou casada eu sempre me mantive discreta.

Meu casamento até hoje anda uma bosta, meu marido já me traiu algumas vezes e eu fui perdoando, mas quando ele repetiu pela terceira vez tudo que eu sentia por ele foi morrendo, nem transar a gente transava mais e tinha dias que eu tava subindo pelas paredes e tinha que me aliviar tocando uma siririca bem gostosa. Continue lendo Traindo o meu marido no trabalho…

De amigos a amantes e corno descobriu

Olá tudo bem com vocês, vocês podem me chamar de Jhonatan, tenho 17 anos, e nesse conto
vou relatar para vocês como acabei comendo a Minha amiga Eliane.
Eliane é uma mulher de 38 anos estilo milf, é uma mulher quê se cuida bastante, faz academia
e talz, em outras palavras ela cuida bastante do corpo, ela é mãe de duas filhas, ela é casada.
Ela é branquinha com bunda e peitos bem grandes, cabelos grandes pretos que vão até a
bunda.
Eu e a Eliane ficamos amigos quando nos conhecemos na padaria onde ela é dona, e por conta
da mesma ser perto de casa tornou-me cliente dela, e posteriormente comecei a até Continue lendo De amigos a amantes e corno descobriu…

Transando com a faxineira vadia

Moro em uma casa de 460 metros quadrados (em Pelotas, como aqueles que já leram meus contos já sabem); Uma vez por semana vai uma faxineira para auxiliar a doméstica na limpeza “mais grossa”; Patrícia, a faxineira, deve ter uns 30 anos; é baixinha, um pouco feia de rosto mas conta com um corpo gostoso. Ela tem seios grandes, cintura moldada e a bunda também avantajada.

Numa das primeiras vezes em que ela começou a frequentar minha casa para fazer o serviço de faxina (isso há mais um menos meio ano), não sabendo que ela já estava em minha casa, eu desci apenas de cueca para passar uma camisa e me topei com ela na área de serviços. Fiquei assustado e com vergonha (ela também) e pedi desculpas. Logo subi, me vesti e sem mesmo fazer o dejejum, fui trabalhar. Continue lendo Transando com a faxineira vadia…

Página 2 de 7912345...102030...Última »