Primeiro fio terra do meu marido

Quando completamos um ano e meio de namoro (janeiro 1997), tomei coragem e realizei um fetiche. Enfiei meu dedo médio no ânus de Jorge enquanto ele me penetrava na posição papai e mamãe. Ele ficou uma fera! Tirou seu membro de dentro de mim e me xingou bastante no quarto do motel. Falava, sem parar, que não era viado. Que eu estava louca em fazer aquilo com ele. (eu ria sem parar) Tentei argumentar dizendo-lhe que no meu ânus ele podia enfiar tudo que quisesse. (ele já tinha enfiado dedos, língua, brinquedinhos e até seu belo membro) E porque eu não poderia enfiar meu dedo no seu cuzinho? Sacanagem… Mas não teve jeito! Acabamos indo embora, mesmo sem terminar a transa. (eu já tinha gozado algumas vezes ? risos) No dia seguinte, domingo, ele ainda estava bravo. Nem foi me ver na casinha de mamãe. (nós nos víamos de sexta a domingo)

Depois de cinco dias, voltamos a falar sobre o assunto. Ele estava bem mais calmo e pude confessar-lhe que sempre fui tarada por bumbuns, principalmente o dele. (sou fascinada por bundas, tanto de homem quanto de mulher. minhas amigas que o digam ? risos) Disse-lhe que tenho minhas taras e desejos como todo ser humano. Jorge aceitava que eu passasse as mãos e lambesse seu ânus, mas enfiar dedos ou qualquer outra coisa… Não! Continue lendo Primeiro fio terra do meu marido…

Minha esposa é puta do me pai

Oque vou contar aqui é mais um desabafo pois só vivo com esse tormento porque eu n tenho opção, pois AMO MUITO a minha gata Meu nome é César tenho 28 anos ela se chama Carolina (nomes ficticios) 24 aninhos, morena, 1,55 de alt. Fofinha do de cintura fina e seios fartos( e q seios) ela é do estilo fofinha, gostosinha, baixinha oda durinha. Somos de campinha grande PB, municipio de lagoa seca. Quando conheci Carol ela tinha 16 aninhos, e já era um tesão, mais porem ainda virgem, n conseguia come-la nem ca porra, menina jogo duro. Quando ela fez 17 eu já conseguia passar a mão na xaninha, xaninha nada ela tem um bucetão bem carnudo, mais eu já conseguia passar o dedo no gelinho e mamar nos tetão dela. Mais fuder q era bom nada, ela tinha o dominio sobre mim. Até q apois quase 2 anos de namor finalmente eu conseguir tirar o cabacinho dela ( n sangrou talves pq eu já tinha dado tanta dedadaq eu tenha tirado o cabaço no dedo). Ela tinha sido criada pelos tios pois a mãe havia falicido e o pai foi embora pra são paulo. Já eu marava com meu pai até q depois de consegur comer então desidir nos casar. Comprei uma moto com a ajuda domeu pai e fui trabalhar de moto taxi e estava levando a vida numa boa, sai da casa d meu pai e aluguei uma casinha humilde mais com a grana do trampo dava Continue lendo Minha esposa é puta do me pai…

Funk sexo e muita safadesas

Este é o segundo conto que escrevo aqui, verídico também, o 1º foi “ Sou Lucas e minha mulher se chama Cristina, ela é prof do ensino médio, ela é morena cab encaracolados, 1,60alt, gordinha muito sexy, tem uma bunda grande e bem arrebitada e coxas grossas e firmes, seios fartos, como já relatei antes ela adora usar mini saias e shortinhos enfim roupas sensuais e eu a incentivo gosto que vejam como ela é gostosa e a desejem. Neste verão passado fomos ao show dos “Senhores Cafetões” que teve aqui na cidade. Cris vestia uma calça legue preta bem coladinha um fio dental vermelho e uma bata tbem preta com um decote que deixava seus seios fartos bem a mostra e um decote a trás que deixava suas costas nuas, saltos plataforma. Enfim estava deslumbrante e muito sexy. Chegamos ao clube estava completamente lotado mal se podia andar, era um ambiente escuro, apenas com raios lazer. Tocava musica eletrônica, o show principal seria mais tarde. Cris já atraia olhares de outros homens sobre sua bunda e coxas e os decotes da blusa. O show principal começou, estava um ambiente muito animado, cris dançava e rebolava ate o chão de um jeito muito sexy o que despertou mais ainda a atenção dos homens que estavam a nossa volta, todos admirando sua bela bunda e coxas. Cris logo percebeu que chamava a atenção e provocava ainda mais, eu estava super excitado com aquela situação, em ver minha Continue lendo Funk sexo e muita safadesas…

Encoxada deliciosa

Sou branco tenho 39 anos e vuo contar o que aconteceu comigo dentro do trem certo dia.estava voltando do trabalho as 17h,e escolhi um lugar onde o trem ja tivesse o vagão cheio assim que entrei ja vi uma morena muito gostosa encostei do lado dela e logo estava atras dela de tanto o pessoal empurrar,ela vestia uma calça social branca,bunda maravilhosa,encostei meu pau no rego dela e logo ficou duro,assim que ela sentiu o pau latejar no cuzinho dela deu uma empinada gostosa,fazendo eu sentir aquele rego gostoso,discretamente deixei minha mão encostar na bunda pra sentir a calcinha dela,nossa foi muito gostoso depois continuei a esfregar de leve aquela bunda maravilhosa,foi quando ela deu uma olhada pra tras lambeu os labios e deu um sorriso bem safado aquilo me deixou louco de tesão,não resisti e tirei o pau pra fora da calça e enterrei no cuzinho dela,ela sentindo meu duro no meio do rego começou a morder meu pau com a bunda foi delicioso,consegui me controlar para não gozar algumas estações depois ela desceu consegui passar a mão na hora que ela desceu e pude sentir aquele cuzinho quente,a calça dela ficou bem molhada com o meu pau roçando ela,bem ai eu resolvi trocar de vagão pra ver se conseguia outra gostosa,foi ai que encontrei uma outra moreninha essa de mini saia cheguei e fiquei do lado dela,na hora ela estava de frente pra mim mas logo ela virou de costas,não demorou muito e Continue lendo Encoxada deliciosa…

O dia que fui fodida por dois bombeiros

Conheci o Eduardo pela internet, no começo não dei muita atenção, eu estava namorando na época, sem contar que eu não acreditava nas coisas que ele me dizia. Sempre fui tarada por bombeiros, mas nunca tinha tido a oportunidade de conhecer um, e o Eduardo dizia ser bombeiro e pior de um batalhão perto da minha casa. Ele me mandava fotos, era lindo, gostoso, mas eu achava que era coincidência demais, que deveria ser alguem brincando comigo. Enfim depois de um tempo meu namoro terminou e eu estava subindo pelas paredes de vontade de dar, pois sou uma mulher fogosa e tarada, e acabei encontrando o Edu on line. Logo começamos a falar de sexo e ele me convidou pra ir até o quartel, pensei comigo ” Não tenho nada a perder mesmo” então fui. Coloque um vestido vermelho, uma calcinha bem pequena e logo estava eu, na frente do quartel. Edu foi me buscar na portaria e logo me levou pros fundos, não demorou muito e já estavamos nos amassos, ele era lindo !! forte, alto, exatamente como dizia, aquele dia eu trepei com ele dentro de um banheiro no quartel e foi uma loucura, depois disso passei a sempre meter com ele. Um dia, em um desses encontros, eu estava chupando ele feito uma louca, estavamos em uma pequena academia de ginastica dentro do quartel, e ele dizia – Isso puta, vai chupa gostoso, engole tudo seu cadela ! ele sempre era meio rude, e isso me deixava mais excitada, adoro ouvir ele me Continue lendo O dia que fui fodida por dois bombeiros…

Minha primeira transa fora do casamento

ola meu nome e marcia tenho38 anos casada a 20 anos e tenho duas filhas meu marido tem 50 anos e um otimo marido muito atencioso e carinhoso o fato e que e tambem muito mulherengo coisa que fiquei sabendo a pouco tempo. eu sempre fui uma mulher reservada nao era de sair de casa pra nada sem o meu marido sempre ia acompanhada dele para todos os lugares fazer compras ir ao chop enfim nunca saia sosinha sou morena 1,70m 68 kilos sintura fina bunda redondinha cochas grossas peitinhos firmes nen grandes e nem piquenos ate as minhas vizinhas me chamao de gostosa dizen que a idade nao me afetou em nada que pareço ter 20 anos mais isso nao bastou para que meu marido procurace uma outra mulher ele e um empresario de muito susseso e viaja muito muitas das vezes para o estrangeiro numa certa viagem ele tinha ido para o iraque e eu tive que ligar para o hotel para imformar a ele que o meu carro tinha cido roubado e eu nao sabia qual era a seguradora que eu tinha que comunicar foi ai que eu descobri que ele me traia quando ele atendeu o telefone e nos conversamos eu escutei uma pessoa falando com ele e quando ele desligou o telefone nao percebeu que o gancho ficou fora do telefone e ai eu pude escutar que ele estava transando com sua amante e pra minha surpresa era uma antiga secretaria dele que ele tinha despedido falando pra min que ela era muito desligada e nao fazia nada direito na hora percebi que ele me enganava a muito tempo fiquei louca de raiva pois tinha dedicado minha vida toda para ele na hora pençei em separaçao Continue lendo Minha primeira transa fora do casamento…

Comi a amiga da minha mãe

Olá gente, me chamo Paulo, hoje tenho 21 anos e vou contar uma história que aconteceu comigo em 2009 quando eu tinha 19 anos. Moramos minha mãe e eu, sozinhos, num apartamento na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro, meus pais se separaram quando eu tenha 5 anos de idade, por isso moro só com minha mãe. Bom, minha mãe tinha 43 anos na época, tem um corpaço, freqüenta muito academia e curte sair a noite, dançar, beber, por isso tem muitas amigas do mesmo perfil, caso da Cristina que é a personagem principal deste fato que ocorreu comigo e que foi muito bom. Era domingo, sou flamenguista roxo, o Flamengo jogaria a ultima partida de brasileirão daquele ano, contra o grêmio, se vencesse, e venceu, seria campeão, fui para o maraca com os amigos e depois saímos para comemorar, ficamos até umas 4 e meia da madruga zoando e comemorando, fiquei meio alegre por causa da bebida, mas não estava bêbado, tava tranqüilo. No mesmo dia, minha mãe foi a uma festa de uma amiga, aqui na barra mesmo, e como Cristina morava um pouco longe minha mãe falou para ela dormir La em casa. Assim que chegaram minha mãe tomou um banho e logo apagou em seu quarto, Cristina e eu ficamos conversando um pouco na cozinha, nem vimos a hora passar, eu estava conversando com ela mas não conseguia tirar os olhos daqueles peitos lindos, ficava sem graça pq Cristina percebeu várias vezes Continue lendo Comi a amiga da minha mãe…