Traição da minha esposa antes de casarmos

Como namoramos muitos anos comecei a estranhar algumas coisas na minha mulher, entre elas não querer mais fazer sexo com o pretexto de estar noiva e querer se guardar pra depois do casamento e também por sempre estar desligada de coisas que fazíamos a dois.
Mas na época dos dias das mães, a mãe dela veio passar alguns dias no apartamento que ela morava sozinha e estranhei quando no dia das mães ela não quis sair comigo e pediu pra sair sozinho com minha família que ela iria ficar com a mãe, achei estranho pois sempre saímos juntos nessas datas.

Uma semana depois disso ela me liga num começo de noite e me pede pra ir até seu apartamento que queria conversar comigo.
Fui até lá e sentamos no sofá da sala, ela sem fazer enrolação foi direto ao assunto, dizendo que estava saindo com outro homem e precisava de um tempo pra saber o que iria fazer da vida.
Perdi o chão nessa hora e fiquei tão chocado que não sabia nem o que responder, enfim brigamos muito inclusive arremessei o celular dela na parede que despedaçou, disse que não tinha essa de dar um tempo, que iríamos terminar ali mesmo?

Depois de muita briga fui embora e algumas horas depois ela me ligou novamente pedindo desculpas e que não sabia ao certo o que fazer?
Conversamos mais um pouco e eu resolvi continuar o noivado com ela que implorou desculpas…
Voltei ao apartamento no outro dia e quis saber como isso tinha acontecido e ela me disse que tinha se envolvido com um rapaz da empresa que ela trabalhava, ele era solteiro e trabalhava no mesmo setor e a alguns meses estava dando em cima dela o que fez ela acabar cedendo a ele.

Disse que sua mãe sabia do caso e que numa distração enquanto ela tomava banho, pegou seu celular escondido e procurou na agenda telefônica o número do rapaz.
A mãe ligou pro cara, mas pra infelicidade na agenda havia dois homens com o mesmo nome na empresa e a mãe acabou ligando pro errado já se identificando como mãe da minha mulher e que sabia de tudo e dava o maior apoio…
O cara disse que não sabia de nada e isso deveria ser um equívoco, mas sabendo disso ele vazou na empresa o que gerou um comentário geral, pois todos sabiam que ela era minha noiva e estava me traindo.
Quando ela chegou na empresa pra trabalhar o circo estava armado e sem saber o que fazer ficou desesperada e voltou pra casa quebrando o pau com a mãe e à expulsando de sua casa.

Só devido a esse ocorrido, ela tomou coragem de me chamar pra conversar e contar o que estava acontecendo.
Dito isso exigi muitas coisas como sair da empresa, cancelar a linha de celular, vir morar comigo, e saber também o que fizeram?

Ela sem ter muitas opções aceitou todas as minhas exigências, mas quando se falava em relação ao que fizeram ela chorava muito e pedia pra esquecer isso mas eu sempre insisti e acabei sabendo algumas coisas do caso.
Soube quem era o cara e que o caso foi durante 4 meses entres os meses de fevereiro e maio de 2008.
Soube que saíram algumas vezes pra conversar, e foram comer lanche dentro do carro dele, pois ela tinha medo de algum conhecido verem eles juntos?

Soube também que ele deu muitos presentes pra ela como: Ursinho de pelúcia, Caixa de chocolate, Relógio, Brinco, Perfume e até um livro…
Soube também que ele à levou no motel 4 vezes e isso aconteceu nos últimos 2 meses entre abril e maio, o motel que eles foram chama-se Anonimato Motel e a suíte chama-se Anonimato.
Eu cheguei a ir até esse motel e ficar nessa suite tempos depois pra ver como era o quarto que ele tinha feito sexo com ela na época.

Ela contou entre choros que ele fez sexo oral nela, mas ela não fez nele (eu não acredito nisso que ela contou), disse também que no começo ele não usou preservativo, mas depois ela pedia pra ele colocar pois não tomava remédio nesse período e ele colocava (eu acho que na realidade ele não usou, pois antes de aceitar voltar com nosso noivado numa madrugada ela foi até uma clínica 24 horas pra fazer exame de gravidez e só aceitou continuar o noivado porque o resultado deu negativo, isso pra mim mostra que ele gozou dentro dela e não usou preservativo).

Disse também respondendo uma pergunta que fiz que não fez sexo anal com ele, mas eu acho que ela fez sim, pois entre algumas conversas (brigas) que tivemos ela comentou que nas primeiras idas ao motel ele era carinhoso com ela (preocupado em fazer preliminares), mas depois não foi mais (chegava no motel e já queria ir penetrando ela), outra coisa que me faz acreditar também que ela fez sexo anal foi que quando voltamos e algum tempo depois 1 mês fomos a um motel ela se vestiu com um baby-doll preto e uma calcinha preta fio dental além de levar uma bexiga em formato de

coração vermelha, sentando na cama e me dizendo que era meu presente e poderia fazer tudo o que quisesse, eu fiz muito sexo anal nela e ela em momento nenhum reclamou de dor, entrou de certa forma fácil apenas passando saliva no meu pau, o que me fez pensar que ele comeu ela e e seu ânus já estava laciado de ter feito com o outro cara 1 mês antes.
Comentou também que em uma das vezes foram de manhã no motel antes de irem trabalhar e em outra vez só foram pra conversar (acho que ela estava menstruada), mas duvido que estando num motel ela não chupou ou masturbou o pau dele.
Enfim acredito que muitas coisas ela omitiu pois sabia que se me conta-se tudo eu certamente não a perdoaria jamais.
Todos os presentes dele e as roupas que ela usou no motel com ele exigi que ela jogasse fora e fez isso na minha frente onde eu pude ver 2 calcinhas sendo uma preta fio dental que ela separou pra jogar fora.

Colocamos tudo num saco e deixamos numa lixeira próxima de onde ela morava.
Seguimos a vida e 3 anos após o ocorrido casamos.
Mas desde essa época nunca mais fui o mesmo, às vezes sinto tesão no fato e nas coisas que ela disse que fez com ele…
Isso me levou a mostrar algumas fotos dela de biquini pra alguns amigos da net que se masturbaram e mandaram o vídeo do tributo pra mim depois.

Fui corno eu admito, mas tentei superar e seguir a vida…mas não posso deixar de relatar que sinto prazer e ela nunca saberá que isso aconteceu comigo depois da traição.

Esse relato é verídico, comente pra conversarmos sobre o assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *