Comi casada, estagiaria no trabalho

Olá a todos leitores, hoje vou compartilhar uma das loucas histórias que eu vivi, me chamo Tiago, e sou representante comercial de uma escola de idiomas, no estado de são Paulo, fico responsável também pela seleção de novos colaboradores, sempre oferecemos cursos e como em qualquer trabalho que lidar com o público se conhece muita gente, e uma dessas matriculas de curso conheci a Raquel, uma mulher atraente e de personalidade, mas que tinha uma bunda muito gostosa e um olhar espetacular, mas a princípio não dei a mínima pra ela, pois na época minha noiva trabalhava comigo e procurava evitar qualquer desvio e nossa relação era muito boa com muito sexo, com o passa do tempo estávamos precisando de jovem aprendiz na empresa , a Raquel tinha 21 aninhos e logo lembrei dela como uma opção,

LibidGel

não tinha intenção nenhuma , pois tinha uma noiva que também era gostosa e fogosa, então contatei ela e ela aceitou, e enviei ela para o RH, pra agilizar as documentações, então o RH por incrível que pareça me encarregou de dá todo treinamento a ela, e sempre fui o máximo paciente para treinamentos com novos aprendiz, mais com essa comecei a dá uma atenção especial, começamos a conversar sobre a vida e com o passar do tempo nossas conversas ficaram mais intensas, e excitantes… e pensei que podia ter uma chance de transar com ela, mais relutei e pensei .. Não vou trair, e essa mina e muito recatada de família e acima de tudo casada. Então minha noiva começou a trabalhar em uns projetos na faculdade e consequentemente conseguiu um cargo que a princípio não gostei pois iria tirar nosso tempo junto, e sempre

LibidGel

gostei de passar meu tempo com ela e transar bastante, mais minha noiva não me ouviu e seguiu em frente, começou a não ter tempo pra mim, com o tempo comecei a me senti só.. falava com minha noiva mais não tinha jeito ela preferia o trabalho na universidade, então no meu trabalho comecei a criar uma intimidade maior com Raquel, passava mais tempo com ela do que com minha noiva, foi então que a convidei pra sair e ela não quis, mais falei que era uma saída de trabalho, mas como ela era casada não aceitou, ainda assim nossas conversas aumentava de intensidade , até pelo whatsapp… com o tempo percebi que ela tava gostando de minha conversas, comecei a mandar uns gifts safados pra ver a reação dela e ela gostou ai então percebi que podia ser mais safado com ela e foi o que aconteceu comecei a falar algumas putarias e ela aceitando e gostando, mais mesmo assim sempre a respeitava como mulher.. pois era casada e nunca havia ficado com outro homem. Por que com muitas outras eu conseguia tudo mais fácil, mais essa era resistente? por mais que ela aceitasse as conversas não aceitava, algo mais.. nem ao menos um simples beijo, mais eu seguia tentando certo dia no trabalho tentei beija-la e ela cedeu algo rápido coisa de adolescente, (calma leitores que a coisa vai esquentar) e continuei com nossa conversas, até mandei algumas fotos e no trabalho quando acabava o expediente a noite eu e ela ficávamos no maior amasso intenso e gostoso, eu a beijava de forma quente e molhada, sentia ela louca pra me dar aquela bucetinha, mas estranhei como uma mulher casada, já sabe o que é sexo reluta sempre, esta excitada, tá molhada mais não deixava eu passar a mão em sua buceta, mais como eu achava ela gostosa insisti e em um desses dias que fiquei no trabalho ela também ficou e então comecei a provocava e fui mais ousado levantando seu vestido e arrastando minha mão até a buceta dela enquanto a beijava e ela mi dizia: não, para, não.. mas eu continuava até que consegui colocar meu dedo dentro da bucetinha daquela safada, senti ela ensopada com a bucetinha latejando pedindo meu pau, então pensei: o que falta agora? e pra minha surpresa depois de tanto tempo ela disse me come mais só dessa vez, mais de tanto amasso eu já tava super excitado, e nem acreditei que ela tava aceitando, foi ai que puxei meu pau pra fora e ela agarrou meu pau com força, enfiei meu pau na buceta molhada dela e soquei por alguns minutos e enchi ela com meu leitinho, senti ela gozar gostoso no meu pau, não consegui sair de perto dela comecei a chupar seus peitinhos pequenos e gostosos, mesmo nós dois em pé, molhados com nosso gozo e continuei acariciando e chupando seus peitos gostoso, enquanto chupava, metia meus dedos dentro da bucetinha dela, e ela agarrava meu pau que tava tentando se reanimar, mais quando eu sentir ela gemer gostoso no meu ouvindo, não aguentei e meu pau se levantou rapidamente e comecei a socar a bucetinha dela que nunca havia sido socada por outro pau, agora tava cheia de meu leite, ao mesmo tempo a safada de tão puta que ficou nessa hora me arranhava as costas aquela sensação de ser comida por outro macho tava deixando ela louca, ela virava os olhos se sentia uma puta secreta, ao final nos banhamos e criamos uma intimidade maior a hora se passou e não podemos ficar mais , pensei pode ter uma segunda vez, perguntei a ela e ela me disse: que sabe né … e teve uma segunda vez, mais fica pra parte do conto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *