Drive In

Quero ficar contigo, sair para qualquer lugar. Ter você só para mim, quero sair contigo. Ligo para sabe se você está disponível. Tenho que aproveitar que hoje é domingo e poder curtir um pouco a vida, relaxar. Você sabe que não é só sair, e que sempre tem algo a mais. Chamo você para ir dar uma volta de carro, sem destino. Chego na sua casa e você sai para me ver. Eu saio do carro e te dou um abraço bem apertado com muita vontade. Beijo você bem forte, mas devagar. Não tem ninguém na rua⁠⁠⁠⁠ e mesmo se tivesse, pode olhar, eu não ligo. Eu senti sua boca e isso já me fez pensar o quanto eu gosto desse seu beijo. Eu te pergunto como você está e você diz que está bem, veio pronta para ir onde eu quiser. Assim que eu gosto. Quero você só para mim, pronta para mim, gostosa.

LibidGel


Eu abro a porta para você entrar e entro logo depois. Eu coloco uma música leve, daquelas românticas que tocam em motel. Quero que você já fique no clima, e que você vá se acostumando com a ideia. Começo a te beijar dentro do carro, na porta da sua casa ainda. Eu passo minha mão por sua nuca e te puxo para mais perto de mim. Dou um beijo rápido e puxo seu cabelo, te fazendo me encarar. Eu sorrio e começo a passar a mão na sua perna, apertando, subindo e descendo pelo joelho até chegar perto dela. Sei que você gosta. Aperto, passando minha mão bem pelo meio, entre suas pernas. Chego bem perto dela e aperto sua coxa eu olho para você, e te dou outro beijo, bem forte e rápido. Quero ver você com vontade, querendo. Te quero pronta para mim. Pronta para poder sentir ele todinho entrando em você.

LibidGel

Respiro fundo, paro, e digo, melhor continuar em outro lugar. Começo a dirigir. Levo você para um lugar diferente. Reservei um lugar para nós. Sei que você já quer⁠⁠⁠⁠, não tem por que não ir direto. Chego num lugar que parece a um motel. É como se fosse. É um drive in. Falo com o porteiro e sigo até chegar numa área cheia de garagens. Uma delas está aberta. Entro com o carro dentro dessa, e assim que estamos dentro, o portão se fecha. Você fica surpresa por que não tem porta dentro dessa garagem. É apenas para guardar o carro. Aqui ficamos dentro dele, sem ninguém ver⁠⁠⁠⁠. Abro a porta para você. Te levo para o banco de trás, sento do seu lado e continuo o que estava fazendo na porta da sua casa, sem risco de alguém atrapalhar.

Começo a passar a mão na sua perna, te olhando nos olhos. Pernão, esse que você tem, gostosa. Falo. Passo a mão pelo seu ombro até chegar no pescoço. Começo a passar devagar nele. Então, seguro firme seu cabelo e puxo, deixando seu pescoço livre para eu poder beijá-lo. Início pela sua bochecha e vou subindo até sua orelha e vou beijando devagar, sem pressa. Beijo e dou uma mordida de leve na sua orelha e desço até o pescoço, bem devagar, mas bem forte, enquanto passo a mão nas suas pernas. A medida que vou beijando, você fecha os olhos. Começa a ficar arrepiada, muito arrepiada, pirando. Mordo de leve e beijo, e reparo na sua reação. É quem está gostando, e assim, beijo e mordo mais forte. Faço você se contorcer, deixando o pescoço livre para mim. Minha mão na sua perna vai chegando cada vez mais perto dela. Chego a roçar minha mão por cima dela, gostosa. Eu te quero. Digo no seu ouvido bem devagar, sente só como você me deixou. Pego sua mão e coloco bem em cima do meu pau duro. Você sente o volume e aperta. Faz carinho nele faz, gostosa. Deixa ele mais duro deixa, para você sentir ele dentro de você, vai gostosa. Continuo dizendo.

Desço minha boca e vou chegando mais perto dos seus seios. Subo sua blusa com minhas mãos, e você fica de sutiã. Encaro seus seios, adoro ver eles. Aperto com as duas mãos e olho para seu rosto. Você fechando os olhos, pedindo, morde eles, morde. Aperto o biquinho por cima do sutiã. Já estão durinhos. Você está ficando excitada. Dá para ver no seu rosto. Levanto seu sutiã com minha mão, deixando eles livres. Aperto os dois ao mesmo tempo, bem forte, fazendo você gemer, gostosa. Te quero muito, delicia. Quero te deixar doida de vontade para mim, safada. Beijo um deles, bem devagarinho, beijando e sugando. Colocando o biquinho na minha boca. Mordo em volta, e continuo até chegar no biquinho de novo para que eu sugue e morda bem de leve. Estou te deixando doida. Você está ficando molhadinha para o teu macho, molhadinha para dar, molhada para eu te comer bem gostoso. Seguro com a mão, deixo o seio no jeito para eu poder sugar mais forte e te deixar mais afim. Ponho ele no meio na minha boca e começo a passar a língua, te fazendo gemer e respirar mais fundo. Aperto o outro, e vou passando minha boca no seu corpo, até chegar nele, sem pressa, deixando no ponto para eu poder sugar e beijar ele todinho. Vou beijando em volta do biquinho e mordendo, passando minha língua em cada centímetro. Seios gostosos, esses seus. Adoro fazer isso, delicia. Adoro ver ela, molhadinha para mim, gostosa.
Desço minha mão até chegar entre suas pernas. Começo a roçar meu dedo bem por cima dela, deixando ela mais molhada, ao mesmo tempo que eu vou mordendo seu seio. Pego sua mão e coloco dentro da minha calça. Você sente ele durinho. Você me deixou assim, gostosa.

Te quero muito delicia. Quero te comer gostoso. Quero você toda, agora.
Sento. Você abre minha calca. Peço, chupa ele vai, gostosa. Você não queria chupar ele? Deixa ele durinho, deixa. Para você sentar em cima, gostosa. Você se inclina, desce minha cueca e começa a beijar ele sem pressa. Seguro seu cabelo te guiando do jeito que eu quero. Começa a beijando a ponta, vai descendo até chegar na base e volta beijando. Vai chupando de leve. Puxo seu cabelo, fazendo você chupar subindo e descendo. Fico doido com o jeito que você faz. Consegue sentir ele ficando mais duro na sua boca? Desse jeito, vai. Quero você chupando ele todinho, pondo tudo na sua boca e chupando com gosto, sem pressa. Passo minha mão por entre suas pernas até chegar na sua bucetinha molhada, já pronta para mim. Desço sua calça e deixo você só de calcinha. Começo a descer devagarinho meu dedo até a entrada por cima da calcinha e sinto quão molhada você já está. Coloco meu dedo do meio bem entre os lábios dela e começo a roçar, subindo e descendo. Você já começa a se encolher e a deixar de chupar meu pau. Coloco meu dedo mais forte, fazendo você gemer bem baixinho. Devagar, sem pressa. Você já está bem molhada. Pronta para mim. Pego no seu cabelo e peço para você levantar para eu poder te beijar enquanto minha mão está na sua bucetinha. Beijo seu pescoço e mordo puxando seu cabelo. Isso deixa você mais excitada. Passo minha boca de um lado para o outro do seu pescoço. Então, vou descendo minha boca pelo seu pescoço até chegar nos seus seios. Começo a morder de leve o bico de um deles enquanto eu esfrego meu dedo bem gostoso nela. Já deixou a calcinha toda molhada, meu dedo já está melado. Você está muito afim. Fico mordendo seus seios e devagar desço um pouco sua calcinha. Então, eu coloco minha mão bem em cima dela, bem no meio. Continuo o movimento com meu dedo bem na entrada e roçando no seu clitóris. Olho para seu rosto, e você está de olhos fechados, respirando fundo. Quero te deixar doida para mim.
Vou descendo minha boca, beijando sua barriga devagar enquanto eu esfrego meu dedo nela. Passo pelo seu umbigo, chegando bem perto da sua buceta molhada. Começo a beijar bem perto do seu clitóris, mas sem tocar nele. Com minhas mãos, vou baixando sua calcinha. Cada parte que vou descobrindo, eu vou beijando sem pressa. Descendo devagar, beijando a entrada, os lábios. Como eu gosto de fazer isso e ver a sua reação de prazer, de quem está pirando. Já está doida para que eu comece a passar minha língua no seu clitóris. Mas calma, sem pressa, quero que você sinta tudo. Aproveite o momento. Chego na entrada da sua buceta que está muito molhada. Passo minha língua bem na entrada e enfio como se fosse meu pau. Você pira. Consigo ouvir a sua respiração ofegante a cada vez que eu coloco minha língua em você. Coloco mais pressão para você sentir mais, passando minha língua mais forte e vou subindo até chegar perto do seu clitóris. Mas, eu não chego nele, vou chegando bem perto e passando minha língua em volta. Quero ver você pedindo para que eu ponha minha língua em cima dele. Faço círculos em volta, passando bem devagar, mas bem forte. Te deixo louca. Você fecha os olhos, e diz: isso continua, desse jeito. Chegando cada vez mais perto, fazendo círculos, te deixando arrepiada, você se encolhendo toda. Então, começo a passar minha língua bem de leve por cima de um lado para o outro. Você solta um gemido. Percebo. Começo a pôr mais intensidade. Quero que você fique doida para dar para mim. Gostosa, adoro chupar sua bucetinha molhada. Coloco meus lábios em volta do seu clitóris, prendendo bem de leve, te fazendo gemer e respirar ofegante. Você abre mais a perna e põe a mão na minha cabeça dizendo: Continua… isso… assim… Eu quero ver você pirando de prazer. Coloco um dedo bem de leve na entrada e vou enfiando ele como se fosse meu pau. Ponho e tiro, ao mesmo tempo que eu vou lambendo gostoso, prendendo com meus lábios, sugando de leve. Você meche seu quadril e segura minha cabeça querendo que eu continue desse jeito. Sei que você está gostando muito. Coloco dois dedos dentro dela, te deixando mais doida. Enfio bem fundo, fazendo você gemer gostoso, delicia. Você pede para eu não parar, sei que está quase lá. Eu aumento o ritmo da minha língua em seu clitóris e enfio bem forte os meus dedos. Você geme bem alto e respira bem ofegante. Isso… assim…não para…. Você manda e eu obedeço. Quero ver você gozando gostoso para mim. Eu sinto você mexendo mais o quadril e eu aperto seu corpo contra a cama para você não sair muito. Não está conseguindo se controlar. Rebola bem rápido, levanta o quadril para cima para poder sentir mais. Eu aumento o ritmo e chupo gostoso, enfiando os dedos bem fundo na sua buceta gostosa. Você vai gemendo bem alto até que solta um gemido maior. Se contorce um pouco. Dá uma tremida de leve no quadril. Eu quero que você sinta tudo. Ponho mais forcar e faço mais rápido até você terminar de gozar gostoso na minha boca. Você respira fundo, eu olho para você e sorrio. Você não consegue esconder a satisfação. Adoro ver você assim, gostosa.
Agora é minha vez. Eu sento e peco para você subir em cima de mim. Meu pau já está bem duro, no ponto para você sentar gostoso. Mas calma, sem pressa. Quero você pedindo para eu enfiar ele bem fundo nessa sua buceta gostosa. Deixo meu pau durinho bem na sua buceta e peco: Rebola vai, gostosa vai! E você vai rebolando por cima dele, mas sem deixar ele entrar. Quero meu pau roçando gostoso na sua bucetinha antes te comer, gostosa. Você vai subindo e descendo, roçando ele bem no meio dela. Você pira com meu pau duro, está doida para eu enfiar ele com gosto nessa buceta, safada. Te levanto um pouco e deixo ele no ponto para você sentar com gosto, delicia. Senta gostosa vai, desse jeito. E você senta com tudo, fazendo ele entrar todinho, te preenchendo toda. Você solta um gemido quando sente ele bem fundo em você. Não era isso que você queria? Então toma, safada. Com minhas mãos e aperto seu bumbum gostoso, te fazendo rebolar gostoso do jeito que eu quero. Puxo você e levando para que você sentir ele entrando e saindo dessa bucetinha apertadinha. Adoro o jeito como você prende meu pau com ela. Isso, gostosa, rebola assim vai, sem do. Delicia, não para. Dou uns tapas no seu bumbum. Vai gostosa, senta gostoso em mim vai. Senta para sentir ele todinho vai, gostosa. Rebola com gosto. Aperto seus seios com as duas mãos. Quero que você sentindo tudo, gostosa. Você geme bem alto e está respirando rápido. Esta pirando, ficando doida. Eu aperto seu bumbum e faço você subir e descer bem alto, sentindo meu pau entrar todinho nessa bucetinha. Continuo te levantando até que percebo que você está gemendo mais rápido e a sua respiração vai ficando mais forte. Eu te levando e desço mais rápido, te fazendo gemer muito. Você aumenta a velocidade e eu sigo. Quero que você goze gostoso. Você não para, solta um gemido bem alto e aperta seu corpo contra o meu. Rebola ofegante, até que para, respira bem fundo e me abraça. Me olha nos olhos e me dá um beijo agradecendo muito feliz. Ficamos abraçados até você descansar, ficando totalmente relaxada. Assim que eu gosto…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *