Dormindo na Casa do Primo

Meu primo havia me convidado para dormir em sua casa. Fiquei animado pelo convite. Esperei de tudo, menos o que de fato aconteceu.
Quando estava noite descobri que deveria dormir na mesma cama que ele (era uma cama de casal). Ficamos jogando videogame, jogando jogos de tabuleiro, jogos de celular até que chegou o momento de dormirmos, ele disse que acostumava dormir sem blusa, por isso a tirou. Nunva tinha visto uma barriga trincada como a dele.

Sexo Por Telefone


Chegada a hora de dormir nós dois estávamos sem as blusas, por costume. Dormirmos como o mesmo edredom. Sei que dormi.
No meio da madrugada acordei. Meu primo estava descoberto até o joelho.
Pela primeira vez vi o volume de seu pijama, era enorme e pelo que parecia estava mole.
Eu não tinha atração por homens, mas seu volume realmente impressionou-me, do jeito que ele era, era capaz de ter colocado um pepino para exibir ao seu primo. Então para ter certeza toquei com o indicador. Estava com sono e não controlei minha força, fiz a força necessária para acordá-lo sem querer. Ele pegou um susto e me viu tocando no seu pau, ao perceber que mantinha minha mão lá tirei-a num movimento brusco.
Ele não estava entendendo, mas seu pau estava ficando duro. Ao ver o seu volume aumentar o meu também ficou duro.
Ele viu que o volume de minha calça estava aumentando e riu.
Eu me deitei com vergonha, mas de repente ele tocou no meu pau e começou a acariciá-lo. Com isso meu pau foi ficando mais e mais duro. Ele então tirou da calça o meu pau e começou a chupá-lo na cabeça. Eu nunca sentira tanto prazer em minha vida… Com minhas mão segurava sua cabeça que eu apertava contra meu pau. Passados sete minutos de puro prazer senti que iria gozar. Meus glúteos se contraíram e gemi de prazer. A boca de meu primo estava cheia de esperma quentinho.
Eu então fiz o mesmo com seu pau grosso e grande, ele gozou em um pouco mais de cinco minutos.
Ele me deitou de costas e ao perceber o que ele queria fiquei de quatro, ele bateu seu pai enorme em cima da minha bunda e foi descendo até se encontrar com meu cú, ele foi enfiando devagar até entrar totalmente. Cada centímetro doía. Nesse momento doeu pra caralho e me lembro de gemer no travesseiro para que meus tios não pudessem ouvir.
Meu cú estava latejando e então ele falou baixinho:
— Vou gozaaar!
Senti porra quente entrar dentro de mim, ao tirar seu pau de 23 cm, escorreu esperma entre as pernas.
Estávamos cansados, para nós dois era a primeira vez.
Nos assustamos ao ouvir o barulho da porta sendo destrancada e abrindo. Rapidamente colocamos nossas roupas e fingimos dormir, mas meu cú doía demais.
Meu tio entrou e perguntou:
— O que está acontecendo aqui?
Fingimos ainda que estávamos dormindo.
— Vamos… Eu sei que vocês estavam acordados, minha esposa ainda está dormindo.
Meu primo se levantou e confessou tudo.
O seu pai apenas riu e disse:
— Vocês me lembram quando eu fazia isso com meu irmão…
— O meu pai? — Perguntei.
— Sim… Ele mesmo…
Meu tio começou a apalpar seu pau na calça e foi tirando a roupa.
Nós três nos divertimos o resto da noite. E de manhã fingimos que nada havia acontecido.

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *