Comi gostoso a minha tia safada

Oiih’ Eu vou usa o nome de Hadrián mas é claro um nome Ficticio e o nome da minha tia é Iara tenho 15 anos e ela 29 anos hoje em dia ela é uma morena com 1,67 altura , magrinha , bundão empinado , e peitos bem durinhos , essa historia é veridica aconteceu em minha vida a 3 anos atrás , ela morava em outro bairro e ate hoje mora na mesma casa , minha mae sempre gostava de ir la e eu como tinha muito tesão pela minha tia ia tambem ver minha tia gostosa , um dia saindo do colegio tomei uma desição de ir na casa da minha tia só sem minha mae e nesse dia estava muito decidido a come ela de um geito ou do outro , chegando na cama dela entrei e nen avisei que estava entrando , quando chego no quarto dela ela estava em cima da cama de calsinha de renda trasparente e de sutiã e no mesmo momento meu pau ficou duro igual uma roxa , comecei a ponheta pra ela e no mesmo momento ela se acorda e me pergunta menino ta fazendo o que aqui? eu fiquei sem graças e baixei a cabeça e meu pau voltou ão normal , ela fala presiza fica asim nao isso é normal te tesão pela tia é eu ja sabia que você poetava pra mim uma vez vi você poetando aki na minha casa olhando minha Continue lendo Comi gostoso a minha tia safada…

Trepando com meu chefe dotado

Eu me chamo Danny e sou casada há 7 anos. Sendo que entre esses sete anos,devido a uma crise eu e meu marido nos separamos e foi aí que comecei a ser uma vadia.
Nessa época eu era secretária de uma empresa em que trabalhava muitas pessoas dentre elas muitos homens. E eu adorava ser cobiçada por alguns deles,pois eu era
a mulher mais novinha e até então eu era ” produto fora da prateleira ” devido a eu ser casada e eu mesma não dava confiança para nenhum homem. Logo em seguida
ocorreu minha separação e consequentemente alguns ficaram sabendo do ocorrido e resolveram colocar as manguinhas de fora. Foi aí que um de meus chefes resolveu
vamos dizer “investir” e começou a me tratar de uma maneira menos formal. Ele era um negão de mais ou menos uns 1,90 de altura, sarado,com a boca carnuda e a voz grossa, o que por sinal eu acho extremamente sexy e o que me fez fantasiar muito ouvir aquela voz de macho.Ele era bem mais velho que meu
marido e até mesmo que eu no caso 39 e eu com meus 22 aninhos. Aquele clima de paquera durou uma semana até que o pessoal da firma marcaram uma saída e resolvi ir. Continue lendo Trepando com meu chefe dotado…

Dei muito pro meu professor de judô

Na minha adolescência eu adorava artes marciais. Fiz karatê, judô e jiujitsu,mas me identifiquei mesmo com o judô. Comecei a treinar aos 15 anos, treinava no prédio de ed. Física da UFRJ e lá os professores são os alunos do curso de ed. Física e todo semestre mudava o grupo de professores. Quando eu tinha 17 anos e o semestre mudou fiquei louca por um professor. Ele e loiro, olhos verdes, magro e alto do jeito que gosto. E a cara do Marcelo Antonnie, o apelido dele ate e Antonnie, rsrs. Claro que pensei,esse cara deve ter muita mulher atrás dele,um cara gato,de classe media alta nunca vai olhar pra mim…. Quando ela era minha dupla de treino eu adorava sentar em cima dele pra treinar e quando eu estava no chão embaixo dele cruzava as pernas em torno da cintura dele pra prender o corpo dele junto ao meu, nossa eu era foda,vivia tentando chamar a atenção dele mais ele sempre quieto,nunca fez nada. O semestre acabou e ele se foi,fiquei um pouco frustrada por não ter conseguido o que eu queria mas… Próximo semestre nova turma de professores. Um belo dia entro no meu Orkut e quem tinha me adicionado? O professor bonitão, perguntava como eu estava,se ainda estava treinando la no clube escolar e tal e me mandou seu msn porque não queria perder o contato,sei bem como é isso,fiquei desconfiada e não deu outra, no 1 dia que conversamos pelo msn ele me chamou pra sair,disse que sempre teve interesse mas como era meu professor não achava legal, mas agora já não era mais… começamos a sair ,uma ida ao cinema num fim de semana, uma ia ao barzinho em outro, ate que depois de algum tempo ele me perguntou se podia me levar em um lugar diferente mas que eu só Continue lendo Dei muito pro meu professor de judô…

Engravidando a Esposa do Vizinho

Me chamo Geovane tenho 30 anos e moro sozinho aqui em Sampa capital. É meu primeiro conto nesse site e tentarei ser o mais realista possível pois o conto é real. Moro na Zona Norte bem próximo à Cantareira e há alguns dias atrás uma casal jovem se mudou para minha rua aqui no bairro Jardim França. Ele um moreno com aproximadamente 28 anos meio gordinho e ela uma linda garota de pele clara, cabelos negros na altura do ombro, barriguinha lisa, cintura fina seios médios e quadril largo bem arrematado por um par de coxas bem torneados. Tatiane é seu nome, jeito faceiro e de roupas provocantes, em poucos dias já se percebia o olhar enciumado da maioria das casadas da rua para cima aquele espetáculo de fêmea, olhares devidamente acompanhados com os rabos-de-olho gulosos dos maridos desejosos em possuir aquela mulher. Em pouco tempo o casal foi se habituando ao local cumprimentando à todos. Ficamos sabendo que seu marido conhecido como Juninho era dono de uma lanchonete e saia cedo para abrir o estabelecimento nunca regressando ao lar antes das 20:00hs. Tatiane fez amizade com Dona Carla, a mulher que mais ficava pela rua no período da tarde e com isso deixava seu pequeno filho brincando pela rua enquanto papeava com Dona Carla. Sempre que eu chegava do serviço por volta das 18:30hs via Tatiane no portão duas casas após a minha e sempre quando aproximava meu carro a via dando uma olhada na minha direção e passei a cumprimentá-la e fui sempre correspondido com sorrisos abertos e comecei a Continue lendo Engravidando a Esposa do Vizinho…

Meu corninho e seu amigo me comeram bebada

Oi, meu nome é Fernanda, casada 29 anos, morena clara, cabelos pretos longos, tenho seios medios e bumbum grande. Tenho 1,61 e 60kg.

Meu marido Carlos sempre é muito carinhoso, bonito e safado o suficiente pra me satisfazer em tudo. Somos casados ha 7 anos, sempre que
transamos ele me fantasia com outro na cama, ele me presenteia vibradores de varios tamanhos. Ele gosta de Colocar um vibrador em mim e
seu penis na minha boca e fica falando pra eu imaginar que sao dois homens me comendo. No começo achava estanho agora ja acostumei e ate
gosto da ideia, mas nunca conversamos muito sobre o assunto, ele gosta que eu me vista bem, que eu coloque roupas apertadas e provocantes Continue lendo Meu corninho e seu amigo me comeram bebada…

Esposa liberada na festa a fantasia

Esse é meu primeiro conto, tenho 36 anos, ela 28 linda, morena, olhos verdes, estilo maria do bbb. Bom tem um ano e meio que esto udeixando ela sair com caras, j rolou dois caras, mas ela foi sozinha e me contou depois, e isso em causava ciume, inseguranças mas o tesoa era maior, e ela que demorou aceitar minha fantasia estava se liberando cada vez mais. Entao a um mês fomos a uma festa a fantasia num sítio, ela tava linda e como tinhamos discutido, resolvemos ir como amigos, e isso deixaria ela livre e eeu tava louco pra ver. Ela fou usando uma fantasia de fada, saia curtinha, espartilho, calcinha fi odental, ela tava uam tentaçao. Nao demorou muito e dois caras, bombados e sem camisa, de 20 e 21 anos, chegaram nela e começaram a dançar funck, e eu de longe, nao demorou e eles a levaram para um canto escuro, e foi ver discretamente, pois ambos a beijavam, um pela frente e um por tras, e passavam mao nela toda,e ela rebolando e passando a lingua nos lábios, que cena e me surprrendi com ela ali daquele jeito, mas estava só começando. Meia hora depois eles sairam da parte principal e foram para a parte externa onde ficava uns chales e eles Continue lendo Esposa liberada na festa a fantasia…

Comi minha namorada no onibus

Meu namorado que escreveu….. Bom estavamos em Petrópolis visitando o museu e a famosa rua Tereza, e a cada vez q a mina que eu estava ficando (na época não era minha namorada), ela é magrinha, mas é tipo falsa magra, tem corpinho todo em cima e certinho, bundinha redondinha, peitinho que cabe na palma das mãos, boquinha carnudinha, cabelo preto curto meio liso meio enrolado, enfim… sempre que ela encostava a bundinha dela na minha pica, ela me sentia armado e já sabia que a qualquer momento eu podia fazer uma loucura de levantar seu vestido vermelho estampado e dar uma pirocada naquela bucetinha em algum beco vazio, mas não foi possível pois nas ruas havia certo movimento de pessoas. Porem sabia q na hora de ir embora iamos pegar o ônibus de volta para o Rio vazio, era um dia de semana, tempo meio nublado, época de baixa temporada, e não deu outra. Já na rodoviária sentamos numa lanchonete, pedimos um lanche,e logo pus a mão debaixo da mesa, sob o vestido dela e fui subindo os dedos pelas coxas até encostar na sua xaninha, ela resmungou dizendo que alguem podia ver, mas nem liguei, fiquei ali cutucando a xerequinha dela, até sentir ela mais macia como se estivesse relaxando a piriquita, e sentia também a calcinha umidecendo, hummm… já imaginei q no busu minha pica ia escorregar fácil. Logo o ônibus chegou, entramos e fomos para nossa poltrona que era a ultima do lado do banheiro, e assim que o ônibus partiu eu comecei o trabalho, já puxei ela pelo pescoço para baixo em direção a minha baguilha, para Continue lendo Comi minha namorada no onibus…