Noite Caliente com meu primo

Meu nome é Mirelle, tenho 18 anos e vou relatar o que aconteceu quando eu estava com meus 16 aninhos.
Eu era virgem e tinha um primo que eu desconfiava ser também, se chama Vinicius ele tinha a mesma idade que eu, mas sempre foi muito tímido e dedicado a vida religiosa, esse fato me excitava muito. Sempre chamei atenção de todos homens, sou morena, 1,65 de altura, 60kl, meus seios não são grandes mas são durinhos, minha cintura larga, bundinha arrebitada, cabelos enormes e liso. Enfim, vivia chupando uns carinhas da escola, apesar da pouca idade sempre fui muito safada.
Cresci com meus primos como se fosse irmãos, nunca tivemos maldade um com os outros. Mas nesse dia foi diferente. Eu fui dormir na casa da minha tia, pois ela tinha ido viajar com seu namorado e levado apenas a filha mais nova, Vinicius e Mariana (2 anos mais velha que nós dois) ficaram sozinhos e fui fazer companhia. Resolvemos ir assistir um filme no quarto da minha tia, a cama era grande e coube nós 3. Quando foi por volta das 2h da madrugada a Mariana foi para o quarto dela dormir, eu continuei na cama com Vinicius e acabei caindo no sono
Tenho o sono muito leve, então não demorou muito e senti uma mão passando pelo meu corpo, minha buceta começou piscar mas continuei fingindo que estava dormindo. Vinicius colocou um filme pornô e começou bater punheta, abri o olho lentamente e fiquei impressionada com o tamanho daquela rola pela idade dele, grande e grossa cheia de veias. Ele voltou a me alisar, fiquei excitada mas me mexia a todo instante pra ele se assustar e parar, mas ele não parou. Apertava meus seios, passava a mão na minha bunda e passava seu pau nela. Eu estava menstruada então pedi para que ele parasse.
Fiquei com aquilo na mente e dali em diante passei a me masturbar pensando nele. Depois de algumas semanas minha tia foi ganhar neném e ia ficar 3 dias fora de casa e novamente meus primos ficaria sozinhos. Resolvi que dormeria lá, mas dessa vez fui preparada. Coloquei um short bem curtinho sem calcinha e uma regata branca que marcava muito meus peitos, chegando lá comecei a provoca-lo agachando em sua frente ficando de quatro fingindo estar pegando roupas do chão, assim dava pra ele ver nitidamente minha xaninha, ele nada bobo tomou banho e ficou apenas de cueca. Resolvemos ir deitar no quarto da minha tia novamente porém minha outra prima de 9 anos foi junto e eu pensei “Quando ela dormir eu dou o bote”. Estava com um fogo incontrolável, fiz questão de deitar ao lado dele e ficar com a bunda bem empinada. Umas 00:30 minha prima dormiu e então coloquei o plano em prática, virei de costas para ele e fingi que ia dormir, nesse momento ele me abraçou e começou beijar meu pescoço.. Aos poucos foi levantando minha blusa, me virei de frente para ele e falei
– Hoje eu sou sua putinha primo, faça o que quiser
Ele sorriu e tirou a cueca, seu pau apontado pra cima não preciso nem dizer que meu short ja estava todo molhado
tirei a blusa e ele chupou um dos meus seios e com a mão apertava o outro, nesse momento soltei um leve gemido e segurei o pau dele que estava duro igual uma pedra e fui punhetando. Então ele falou
– Hoje você vai deixar eu te comer?
– Só se você me chupa bem gostoso priminho, me dando mt prazer!! Cochichei em seu ouvido
Imediatamente ele começou a me beijar, foi descendo passando a língua pelo bico dos meus seios, beijou minha barriga e abocanhou minha xoxota. Nesse momento eu tive meu primeiro orgasmo e ele engoliu todo aquele líquido me deixando mais e mais fogosa
agora foi minha vez de retribuir, ele se deitou e eu comecei pagar um boquete passando a língua na cabecinha, abri bem a boca e chupei bem gostoso aquele pau enorme, ele segurou minha cabeça e começou fuder minha boca literalmente e de repente ele gozou bem na minha boca e eu engoli aquela porra quentinha
Nesse momento eu já estava ao delírio, só conseguia dizer para ele me fuder minha buceta que estava toda lambuzada. Então ele me colocou de quatro, entrelaçou seus dedos em meu cabelo e encostou a cabecinha na estrada da minha xaninha, e não demorou mt para ela engolir ele todinho. Eu gritava de dor, arranhava suas costas, e me acostumei com o pau dele e a dor que sentia se tornou um prazer, comecei pedi pra ele ir com mais força
– aaahhhhh!! Mete mais forte, acaba com sua priminha vai.. Não era isso que você queria meu macho safado
e ele me chamava de “minha puta” e isso me deixava mais louca
Transamos a noite inteira e gozamos muito, ele tirou minha virgindade e me apresentou a melhor coisa que existe no mundo
me considero uma ninfeta insaciavel

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *