O Senhor Conhecido.

Estava me sentindo uma inútil na casa dos tios, meus primos viajaram e eu não fui, por ter ficado em segunda chamada em matemática.
Também para matar meu Tio de raiva andava com uma saia tão curta que dava para ver minha boceta e de sacanas não coloquei calcinha.
Ele ficava para morrer quando passava e dava um jeito de suspender um pouco mais a saia.
Entrei pro banheiro e fui me refrescar na banheira, deixando a porta entre aberta. que era para ele me espiar, foi quando a porta abriu, e tive um susto pensando ser meu tio.
Era minha Tia, que tinha chegado do mercado e foi logo tirando as roupas e entrando na banheira, conversamos sobre varias coisas, até que perguntei lhe se o meu tia ainda a fodia.
E ela quis saber o por que da pergunta, como era muito sacana e ela sabia, pois tinha lhe puxado nas sacanas e lhe contei, que tinha mostrada a boceta para o meu Tio e que ele nem tinha ligado.
A tia me olhou com um olhar de desaprovação e me perguntou, vc por acaso treparia com seu Tio.
Disse que sim não tinha nada de anormal para mim.
Ela me olhou novamente com um sorriso nos lábios e falou, pois muito bem, vou fazer um jeito dele foder seu rabo, dei um beijo na Titia que saiu da banheira se enxugou e foi preparar a janta.
Depois da janta, fui para a cozinha lavar a louça, quando apareceu a Titia e me pediu para quando eu visse eles entrarem no quarto, ficasse por perto da porta, que na hora H ela iria me pegar.
A coisa estava quente dentro do quarto pois da porta escutava os sussurros da Titia. pedindo que o Titio botasse mais, minha boceta já estava molhadinha de tesão.
Se demorasse mais iria tocar uma, siririca.
Foi quando a Titia apareceu na porta nua e pediu que não falasse nada, só aproveitasse o que ia rolar pois ela iria trocar de lugar comigo sem que o Tio soubesse.
Me deu um pote de creme e me pediu para que lambuzasse o rabo.
Era para que o tio não desconfiasse, pois ele sabia o cheiro do creme.
Detalhe o quarto era escuro mesmo , se a tia não me carregasse pela mão não conseguiria dar um passo dentro do lugar, ela me ajudou a entrar dentro de uma coisa que para mim era um barril e mostrou me um buraco, seria por ali que meu Tio, iria papar o meu rabo, tudo isso foi tramado, por minha tia por que ele tinha ido no banheiro, depois que tudo terminasse minha tia iria vir me pegar, a ia esquecendo, ela pediu para antes de trepar lambesse a piroca do Tio pois ela fazia e ele não podia desconfiar que estava comendo o rabo da sobrinha.
Estava suando frio quando escutei o barulho de porta se abrindo, e a tia sussurrou baixinho vem querido já estou preparada, vem comer o meu bum bum.
Era lógico que a Tia ia sair do quarto, pois eles conhecia o jogo, mas a minha tesão era tanta, que falei comigo mesmo que teria que fazer a coisa certinho, antes do Tio chegar ao raio de tina, deu para descobrir que a parede era fininha e que dava para mim, me virar dentro daquele objeto de sexo.
Foi, quando minhas mãos esbarraram num nervo mais duro que pedra, era a piroca do Tio, grande e grossa, peguei naquela piroca com determinação, chupei, lambi e me acabei, matando a secura da tesão que me consumia.
O contato de minha boca com aquele gostoso pau, me levou para um estado de gozo incrível.
Não era adivinha, mais sabia que se desse mais uma chupada só naquele maravilhoso cacete, ele iria inundar minha boca de leite e queria o dito cujo dentro do meu rabo.
Segurei ele com todo carinho, me virei e acertei a cabeçorra bem no centro do meu botão.
Eu fiquei abismada por sentir como meu rabo engolia, aquele senhor conhecido, minha bunda encostou na parede da tina, mais não ia, fiquei quietinha, aguardando o por fazer e veio,
O Tio começou a enfiar e tirar a piroca da minha bunda, isso me fazia ir aos Céus e voltar, não mais que uma benesse, como era o rito deles, começou a me xingar, de puta, vadia, gostosa e disse que ia gozar, aquilo para mim que já estava nas ultimas de um gozo gostoso a se anunciar, foi a gota de água que faltava, foi quando ele enfiou de uma só estocada, enterrando todo aquele dote no meu rabo, se segurou e começou a gozar, pra sorte nossa gozamos juntos.
Ficamos assim tipo engatado, até que sua piroca murchou, ele saiu e entrou para o banheiro.
Minha Tia entrou rápido no quarto, me tirou e mandou tomar um banho.
Tomei um gostoso de um banho, mas mesmo assim, a porra ainda escorreu na calcinha, voltei para a sala, onde a minha Tia me esperava.
Me abraçou me beijou e me segredou, que ele nessa foda tinha adorado a bunda dela, no caso da realidade a minha.
E sempre iria repetir.
Rimos as duas a valer.
Por ter dado um carinho a mais, naquele senhor conhecido.
Cris.

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

One thought on “O Senhor Conhecido.

  1. Safadinhas novinhas que estão loucas pra gozar gostoso e curtem uma sacanagem vamos gozar gostoso no virtual deixo tua bucetinha toda gozada 02163992403395

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *