Ganhei um boquete da casada safada

Olá! podem de chamar de Petter, tenho 31 anos sou casado tenho 1,75 de altura peso uns 77 kilos e a protagonista da história podem chamar de Barbara, 32 anos casada 1,60 de altura, branca, cabelos pretos na altura da cintura de olhos castanhos pesando uns 70 quilos, muito atraente principalmente pelo belo sorriso e simpatia, além de ter ums enormes peitos.
Eu e Bárbara somos amigos de turma em um curso de informatica que faziamos no periodo da manhã , sentavamos um do lado do outro e sempre conversamos sobre varios assuntos inclusive sobre nossos problemas de casamento. Ela reclamando do marido que vivia em bares enchendo a cara e eu falando da minha esposa que só queria saber de dormir e viver atrás de passearcom as amigas.

Sexo Por Telefone

Certo dia eu e Bárbara combinamos que depois do curso iríamos no cinema juntos e mais uma amiga dela, e assim foi feito, chegando lá sentou eu em uma ponta a Bárbara no meio e a amiga dela do outro lado, no meio do filme ela se espreguiçou e colocou sua mão no apoio de braço da minha cadeira e pediu pra mim fazer massagem na sua mão , comecei a fazer a massagem e sentia aquela mão pequena porém forte que ela tinha, passava meus dedos no seu antebraço que em sertos momentos chegava a encostar as costas da minha mão nos seus enormes peitos, quando isso acontecia vi que ela olhava pra mim e não reagia, apenas assistia o filme.
Em uma dessas esbarradas quando percebi senti meu cacete ficar duro, pois aqueles peitos eram muito grandes e firmes me excitei que sentia meu cacete encher a calça , arrisquei puxar a mão dela pra meu lado em direção ao meu pau, e não senti nenhuma reação dela, fui mais além e coloquei sua pequena mão sobre a calça aonde ela pode sentir meu pau bem duro por ela! Nesse momento ela enfiou a mão por dentro da minha calça e começou a passar os dedos ao redor da cabeça do meu pau, ele pulsava na mão dela e ela dava umas apertadas com a mão .
Tentávamos ser o mais discretos o possivel pois tinha a amiga dela do lado e mais gente do outro eu já não via filme algum só pensava naqueles enormes peitos, ela me masturbando bem devagar e eu usando os peitos dela de travesseiro enquanto fingia asistir. Ao fim do filme saimos do cinema nos olhamos com um olhar de excitados enquanto caminhavamos pelo shopping, e logo depois fomos pra casa.
No outro dia na escola eu ja cheguei pensando nela, estava desejando aqueles peitos como nunca! assim que vi a Barbara no corredor demos um beijo (quase selinho) e fomos pra sala. Lá depois de alguns minutos a diretora do curso chegou e falou que a profesora não tinha vindo, e estávamos dispensados, eu falei pra Bárbara que ia terminar um trabalho e pedi pra ela ficar comigo me ajudando, (por dentro eu queria mais era tranzar bem gostoso com ela) ela aceitou o convite e ficamos sozinhos na sala.
Logo ela entrou no assunto do acontecido do cinema, eu já pensei que ia ficar por isso mesmo, mas a safada falou que adorou aquela situação que queria continuar o que paramos, foi aonde só de ouvir isso meu pau endureceu e eu já o botei para fora, sem pedir ela o agarrou firme com aquela mão pequena e começou a me punhetar com força “pode pegar que eu sei que você quer” disse ela esfregando seus enormes peitos em mim, senti aqueles mamilos duros esfregando no meu braço e enfiei a minha mão por dentro da blusa, senti aquele enorme peito sendo sustentado por um sutiã e ja puxei ele pra baixo liberando aquela linda teta pra fora além de grande os peitos dela eram duros e firmes, senti ela dar um suspiro de tesão aonde ela me punhetava com vontade levantei a blusa dela e chupei bem gostoso aquele mamilo rosado e arrepiado, olhava pra ela e via ela morrendo de tesão , me ajeitei na careira e peguei nos seus cabelos compridos a empurrando para meu pau, ela não esitou e deu uma guspida na cabeça do meu pau e lambia bem gostoso toda a cabeça dele deixando totalmente lambuzado de saliva.
Eu dei uma espiada pelo corredor de onde estava sentado e dava pra ver as pessoas passando ao fundo indo em direção as suas salas, isso me dava mais tesão ainda pois além de estar sendo chupado tinha a sensação de ser pego a qualquer momento, voltando o olhar pra ela me deitei mais um pouco na cadeira podendo ver ela lamber o meu cacete, ela gospia e lambia de volta quando de repente ela abriu bem a boca com o meu pau já todo bababo e foi descendo bem devagar enfiando sua garganta no meu pau! nossa que sensação boa, meu pau é meio grande porem não muito grosso então o cacete chegou na garganta dela e ela ainda tinha sua pequena mão apoiando ele na sua boca… nossa ela chupava tão gostoso que sentia ela massagear meu pau com sua lingua, ela tirou o pau da boca chupando tão forte que sentia a pressão que ela botava nele! dava pra ver suas bochechas se deformando de tando que ela chupava, “gostou” ela disse olhando pra mim com cara de safada ela resolveu se esconder debaixo da mesa do computador que tinha um fundo aonde ela cabia, tirou a blusa e colocou meu pau no meio dos seus peitos aoonde ela cospia e fazia uma espanhola fenomenal, era uma punheta com os peitos! estava louco e sentia que logo ia gozar, ela percebeu isso em mim e voltou a chupar desta vês sem as mãos aonde ela abriu a boca colocou o pau dentro e veio descendo bem devagar, senti sua garganta e ela parou, meu pau pusava lá no fundo e foi onde ela mechia com a cabeça fazendo sentir sua lingua lamber meu pau ela fez um gemido de tesão e de repente ela terminou de enfiar o pau na sua garganta, seus dentes roçavam minhas bolas e ela ainda forçava a cabeça querendo elgolir mais ainda,ela não engasgava, ela pegou minha mão e colocou na sua garganta, aonde sentia o volume do meu pau la dentro! ela forçou minha mão como se fosse pra enforcar ela enquanto ela engolia! ela começou a tirar o pau até quause a cabeça sair da boca dela e ela descia engolindo até o talo, sentia meu pau chegando na sua garganta e ela ainda queria mais “vou gozar” disse pra ela, foi aonde ela agarrou minha bunda e fudia sua boca com meu pau, ele todo babado e pulsando de tesão. quando saiu o primeiro jato ela enterrou seu pau na sua garganta e foi lá no fundo que gozei gostoso, sentia sua lingua lambendo minhas bolas enquanto jogava porra na garganta dela.
Assim que terminei ela tirou o pau da boca e vi que ela tinha engolido toda a porra… foi fantástico! eu ali sem sentir minhas pernas e ela saindo debaixo da mesa se recompondo cobrindo aqueles lindos seios, era uma profissional no boquete, “se quiser mais é só falar” disse Barbara sorrindo com cara de safada.
Por fim nós ali sentados novamente escrevendo, eu pensando no adultério que cometi e ela provavelmente também . Com arrependimento mas valeu apena.

Disk Sexo

One thought on “Ganhei um boquete da casada safada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *