Fazendo Troca troca com o melhor amigo

Me chamo Jefferson, e vou contar uma história verídica que aconteceu comigo a alguns anos, com meu melhor amigo.
Sempre fomos muito amigos, desde o primário, então tínhamos costume de frequentar a casa um do outro, e a falarmos de sexo.
Esse conto aconteceu em sua casa, na madrugada, lá pras 3 da manhã.
Estávamos jogando vídeo game na sala, e resolvemos ir para o quarto, para dormir, quando ele levantou, reparei no seu volume, e estava grande, pois nós dois estávamos de samba canção, e ele ainda por cima sem camisa, eu era bi, mas nem pra ele havia contado isso antes, e ele dizia pra mim, ser hétero.
Escovamos os dentes e eu terminei primeiro e fui pro quarto. Eu iria dormir num colchão no chão ao lado de sua cama, e fiquei lá sentado, com as costas encostada na parede. Ele chegou e apagou a luz, e se sentou do meu lado, e ficamos conversando e mexendo no celular.

Sexo Por Telefone

Eu sempre fui louco por ele, e ele no meio da conversa colocava a mão na minha coxa, perto do pau, e eu apesar do escuro consegui reparar seu volume duro.
Eu sempre sonhei em fazer um troca troca, e sem medo devolvi a mão na coxa, só que diferente dele, eu deixei a mão lá.
Perguntei sem medo se ele queria fazer um troca troca, e sem esperar pela resposta, acariciei seu pau por cima do short, e fiquei alisando.
Imediatamente ele devolveu a acaricia, e então tirei o pau dele para fora do short, e ele fez o mesmo comigo. Nos beijamos enquanto nos punhetavamos.
Vi seu sorrisinho quando abaixei a cabeça na direção do seu pau, e com um leve cuspe, comecei o boquete. O gosto da sua pré porra era tão boa, e sentir ela quente na minha boca, e conhecer aquela cabeça, até engolir tudo lentamente até a base, e sentir sua cabeça pulsar no fundo da minha garganta, foi maravilhoso. O pau devia ter uns 15. 5 e estava com os pelos aparados de uma forma tão sexy (oh lembranças).
Fiquei chupando, enchi todo de cuspe, e quando ele estava prestes a gozar subiu minha cabeça, e eu quase resisti, por querer ficar mais de boca naquela pica.
Então ele veio em direção ao meu pau, que era um pouco maior por eu ser maior que ele, e estava muito molhado já, e ele me punhetou tão gostoso, e meteu a boca. Soltei um suspiro abafado, enquanto ele fazia sons de beijo com o boquete, e aquilo era a melhor sensação do mundo, foi a primeira vez que havia recebido. Queria gozar na boca dele, mas não me arrependo por não ter feito, pois a noite ainda não havia acabado.
Ele num movimento rápido subiu em cima de mim, naquela posição sentado no meu colo, e eu com a mão nas sua bunda. Meu pau estava tão molhado que entrou fácil no seu cu, e ele foi sentando, deslizando devagar, até começar a quicar, ele me controlava, e aquilo foi minha primeira vez.
Ele sentou por tanto tempo, e seu rabo engolia todo o meu pau, e seu membro encostando na minha barriga, seu tanquinho que não estava tão definido por conta da idade, mas já era tão sexy, gozei no seu cu inteiro, e escorreu de volta para minhas coxas, e meu pau todo melado recebeu um boquete de limpeza.
Seu pai ainda estava duro, e eu sabia o que deveria fazer. Fiquei de quatro pra ele, que lambeu meu cu, provocando uma sensação de formigamento por todo o meu corpo, e encostou a cabeça, eu queria muito sentir aquilo em mim, forcei pra trás e senti aquilo me arrombando, eu estava tão excitado e queria tanto aquilo que não senti dor, só aumentou ainda mais o prazer.
Ele metia rápido e o som era abafado do seu saco batendo na minha bunda, pois não queríamos acordar sua mãe. Eu não aguentei e gemi, gemi algo inaudível, e ele passava suas mãos pelas minhas costas, e pela minha bunda, até eu sentir um jato ir fundo dentro de mim. Novamente escorreu pela minha perna, e eu como já estava excitado de novo com aquele pau em mim, propus um 69.
Limpei todo aquele pau e ele chupou o meu, gozei na sua boca, ele engoliu tudo.
Levantamos e nos limpamos no banheiro do seu quarto.
Sua mãe era solteira e ele não tinha irmãos, foi uma noite sem medo de nada. Ele saiu do banheiro com uma cueca sexy, eu já estava limpo, ele com aquele sorriso maroto de lado, me deu a certeza que aquilo aconteceria mais vezes.
No final acho que ele era realmente hétero, pois nunca o vi fazer isso com outro cara. Acho que isso era um fetiche que nós dois possuíamos, de um troca troca, e o prazer da relação, foi além da opção sexual.
Tenho 17 anos hoje e isso aconteceu quando tinha 15, ele possui a mesma idade que eu, e vez ou outra, ainda fazemos umas maos amigas, um grande amigo assim, merece uma mãozinha rsrsrs.

fonte: https://www.climaxcontoseroticos.com/ler_conto.php?id_conto=17406

Disk Sexo
Posted in Gay

One thought on “Fazendo Troca troca com o melhor amigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *