Conto para cornos submissos

Olá para todos! Costumo acessar as salas de chat do UOL com o Nick Dominador Ker Ksal. Sou um homem de 45 anos, de 1,86, 87 kgs, moreno-claro, cabelos e olhos negros e sempre tive muito prazer em dominar . Curto dominar o casal e não apenas um ou outro. Dia desses estava na sala, entrou um cara e veio falar comigo. Perguntou se eu não gostaria de ver as fotos de sua esposa. Com um pé atrás, eu aceitei. Eu já reparei que boa parte dos chamados “ cornos” nada mais são do que homens que colocam fotos de alguma mulher no msn tentando arrumar para si um homem. Ao adicioná-lo no MSN ele me mostrou mais de 20 fotos de uma morena espetacular. Um verdadeiro Boeing. Achei que ela merecia ter um co-piloto que a valorizasse de verdade. Não tenho uma técnica especifica para dominar primeiro um e depois o outro. Tudo acaba fluindo naturalmente. Ele se mostrou muito submisso e eu me aproveitei a situação para deixá-lo literalmente viciado em mim. Quando notei que ele estava da forma como eu gostaria, ou seja, bem dependente. Eu mandei que ele me adicionasse ao seu MSN pessoal ( passei o meu pessoal também ) e começamos a conversar a noite. A esposa começou a falar comigo e começamos a criar um laço. Mandava que o corno se ausentasse para eu poder falar exclusivamente com a esposa. Ele saia de casa e nos deixava a sós. Ela curiosa, queria saber tudo sobre mim. Abrimos a cam e vi que a esposa era realmente tudo aquilo que eu vi nas fotos. Neste intervalo, o marido já havia dito a ela que eu era muito dominador e que tinha adorado ela. Ela entrou no jogo e começou a se soltar. Mandei que fizesse um strip tease para mim de forma bem lenta para que admirasse o corpo incrível que ela tinha. Ela, excitada, foi atendendo ao meus pedidos e foi se soltando cada vez mais. Mandei que ela me passasse o celular e ela disse que não o faria. Na hora, eu desliguei o MSN e sai. Fiquei uns 3 dias sem entrar. Eis que o corno me mandou um e-mail dizendo que a esposa estava chateada por eu ter sumido e eu disse a ele que não aceitava ser contrariado por uma puta como ela. E disse que queria o fone dela mas que ela deveria me ligar. Dez minutos depois ela liga pedindo desculpas. Eu disse a ela que jamais fizesse isso de novo e disse: Mande o corno do seu marido sair que hoje eu quero só você. Ela, sem jeito, disse: Não fale assim do meu marido. Ele não é corno!! Eu retruquei. Ainda não! E alem de corno será a minha putinha, assim como você! Enfezada, ela desligou o celular. Eu sorri e a aguardei. Pouco depois ela liga novamente. Eu disse: Se desligar novamente o fone na minha cara, eu sumo e você jamais falará comigo de novo. Ela, quase chorando, prometeu que não faria isso de novo. Perguntei do marido e ela disse: Ele saiu! Eu falei: quem saiu? Ela disse: meu marido! E eu: Quem? Ela entendeu e disse sorrindo: você é foda! Tá bom. O corno do meu marido saiu! Mandei que ela ficasse nua e fosse para a cam! Par a não me alongar, eu a fiz gozar como a uma cadela no cio! E ela amou! Sabendo que ambos já estavam dominados , os convidei para irem até meu sitio. Ao chegarem lá, vi que a mulher era ainda melhor do que na Cam. Gostosa, cheirosa, sarada! Como já era noite, fizemos um lanche e ficamos conversando. Eu a deixei ao meu lado enquanto o corno se sentou em uma outra poltrona. Fiquei fazendo carinho nela enquanto tomávamos um vinho. O corno só ficava nos olhando, sem jeito. Disse que já era tarde e que já havia preparado o quarto de visitas. Fui com eles para mostrar o quarto e quando fizeram menção de entrar nele, eu disse: Somente você, corno, fica aqui! Sua esposa este final de semana é minha! Ela sorriu, fez um cafuné nele, me abraçou e foi comigo para meu quarto. Não vou entrar em detalhes do que fiz ou deixei de fazer. Mas passamos a noite inteira metendo que nem animais, com a porta trancada. Mandava ela gemer alto para o corno ver que ela estava sendo comida por um macho de verdade. No sábado, ao acordamos, dei a ela um CB2000 ( que para quem não sabe é um cinto de castidade para homens ) e mandei que ela fosse até o quarto dele e colocasse nele. Ela foi como uma criança atender o que mandei. Passamos o dia na piscina. Eu fazia questão de fode-la na frente do corno. Gozava nas costas, nos peitos, na barriga da fêmea e mandava o corno lamber! Ele estava doido de tesão mas com o CB ele dizia que sentia dor por ficar excitado. Numa hora, eu mandei que ele a chupasse. Ela se deitou e ele começou a chupá-la ficando praticamente de quatro para mim. Comecei a brincar com a bunda dele, ele olhou para mim e sorriu. Resumo da opéra: Transformei o corno em viado. Comi os dois o final de semana todo. E os deixei bem viciados em mim. Como eu gosto! Casais que curtam ser dominados, entrem em contato [email protected]

11 thoughts on “Conto para cornos submissos

  1. .Quero conhecer mulher que viva com a calcinha molhada, pois vivo de pau duro dentro gozar na minha lingua.Se vc quer gozar gostoso me contate, pois tenho excelente nivel e saberei conduzir a situação.Sem nenhum tipo de envolvimento. da cueca.
    Não tenho problemas de ereção mas adoro beijos demorados e longas chupadas para a mulher
    [email protected]
    Contato inicial por e mail
    sp , interior de sp ou quem esteja de passagem
    Traga sua esposa ou vou até ela para fazê–la gozar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.