Fazendo o trabalho para meu corno manso

Ola sou Adriana esposinha liberada pelo maridao corno manso!!!!!!!!!!!!!! Eu e meu marido ultimamente estamos realizando muitas fantasias, a maioria fantasias dele que claro eu embarco, compartilho e estou adorando, me envolvendo cada dia mais, confesso no início não foi tão empolgante, mas com o passar dos dias e com os acontecimentos recentes e liberações dele comigo venho ficando cada dia mais com apetite e imaginação para facilitar com que as coisas aconteçam, e dessa vez foi bem isso, deixei as coisas acontecerem.
Meu marido encontra se fazendo alguns cursos de aperfeiçoamento na área dela, são muitos cursos seguidos a cada 5 dias termina um e inicia outra sem interrupção até mesmo aos finais de semana, com isso ele não tem tempo de fazer o que habitualmente faz, alguns negócios extras fora sua atividade principal, esses afazeres recaíram sobre mim, e é claro os faço sempre com maior prazer, afinal é para nosso bem e para nosso crescimento, nesse caso inclusive conclui a missão com maior prazer possível, ele tem alguns negócios financeiros com alguns amigos, parceiros e conhecidos e nesse caso ele teria que retirar alguns documentos e entregar alguns cheques a uma pessoa, mas como está em curso em período integral e só retorna à noite para casa não teria como fazer, então me pediu que fosse ao encontro do amigo dele e fizesse a troca, eu fui e ao chegar o que encontrei foi uma situação bem interessante, animadora mas, sem grandes expectativas. Interessante por que o amigo dele era um gostoso safado, animadora por que esse gostoso safado estava em sua sala na parte superior do seu comercio e sozinho, mas sem grandes expectativas por que me parecia meio sério a princípio e além do que era amigo do meu marido e parceiro de negócios, isso me deixou um pouco confusa, mas durou pouco a minha dúvida, logo que entrei ele me cumprimentou normalmente e pediu que eu sentasse e me perguntou se eu me importaria de aguardar um minuto que ele estava terminando um e-mail importante e já me daria atenção, é claro que eu disse que sim afinal nem escolha tinha, me sentei, eu estava com uma roupa bonita mas comportada ou digamos normal, uma blusinha sem sutiã mas sem muito decote, colada ao corpo então segurava bem meus peitos, blusinha regata, preta, básica digamos, um shorts jeans, curto mas não absurdamente curto, com detalhes na frente e com os forros dos bolsos para fora aparentes, aqueles que as mulheres usam muito agora, meio larguinho, por baixo tinha uma calcinha pequena, leve, na frente uma renda que tapava somente minha buceta e atrás um pequeno fio dental, linda branca, e um “tamanco” lindo sem ser muito espalhafatosa mas de salto e chamado meia pata, que meu marido me deu, ele adora saltos, sentei me e cruzei as pernas, e fiquei mexendo no meu celular e observando o que ele fazia e o ritmo de trabalho dele, logo ele olhou para mim deu aquela parada de segundos, talvez me admirando, e quando olhei ele perguntou se eu queria uma agua, uma café ou alguma outra coisa, respondi que não querendo dizer sim eu quero e vc nem imagina o que, mas disse obrigado, não… ele disse que já estava terminando e que já iniciaríamos, eu fiquei olhando aqueles braços fortes que ele tem, as mãos se mexendo rapidamente no teclado do computador, ele tem um peito largo e forte, não via muita coisa além disso ele estava atrás de uma mesa que não permitia minha visão completa, comecei a ter pensamentos sacanas enquanto o aguardava mas sem demonstrar nenhum interesse, ele terminou seu e-mail, virou a cadeira e disse: “vamos la, desculpe a demora, é um pecado fazer uma mulher tão linda esperar, você deve ter muitas coisas a fazer e eu aqui que segurando” eu logo respondi, obrigado pela elogio, e imagina, não tenho mais nada a fazer hoje, meu marido só chega bem mais tarde e quanto a você me segurar relaxa fique à vontade e não se preocupe você não me segurou nada perto do que costumam fazer comigo, e outra coisa, estou aqui a sua disposição, meu marido pediu que eu viesse e resolvesse tudo com você, claro que essas palavras foram calculadas para provocá-lo, e ele mais do que rápido deve ter entendido e disse “ é mesmo, costumam te segurar muito tempo? E que bom que você está com tempo e a minha disposição, assim podemos fazer tudo com tranquilidade” sorriu de canto, meio safado e eu retribui o sorriso e respondi, sim, me dão cada canseira por aí, cada chá de cadeira… ele continuava sentado em sua cadeira e eu em um sofá encostado na parede em frente sua mesa logo atrás das cadeiras que ficam em sua mesa para os visitantes, ele disse “ você quer sentar aqui ou prefere continuar ai, estou vendo que está confortável” nem esperou minha resposta e já se levantou e veio em minha direção, pegou uma das cadeiras de visitantes puxou colocou em minha frente, sentou se e falou “melhor assim mais próximos, sem mesa entre nós” safado!!! Eu não falei nada sorri ele disse “então você trouxe os cheques e vai levar esses documentos né, podemos conferir” claro, conferimos, tudo certo e eu já podia ir embora, mas ele insistiu que eu tomasse um suco, pois não queria café nem agua, e decidi aceitar, e ele começou a disparar elogios, e olhares safados, coisas do tipo, que sorte seu marido tem, além de ser uma mulher linda em todos os sentidos ainda colabora com ele nos negócios dele, entre outros, conversamos eu sempre retribuindo os elogios e concordando com o que ele falava, ele andando de um lado ao outro, eu me levantei para colocar o copo sobre uma mesa de canto e ele veio com tudo pegar o copo e disse não se incomode deixa que eu coloco, mas nessa hora já estava próxima a mesa e ele veio por trás e me deu uma encoxada, rápida mas senti o corpo todo se encostando no meu, ele afastou na mesma velocidade e pediu desculpas, eu me virei e disse imagina, não foi nada, mas meus seios denunciavam, meu bicos estavam completamente duros, e ele viu, e disse não foi nada, nossa foi sim me desculpa te dei uma baita encoxada, ai o papo abriu, e eu respondi ok, sem problemas, qual é o crime? O que tem de tão ruim nisso, e ele respondeu, crime nenhum, ruim muito menos, mas é constrangedor, você pode pensar que foi proposital e que eu estava tentando algo com você, você é casada né, eu respondi, ah que pena, achei mesmo que tivesse sido proposital e não foi… rs e quanto a eu ser casada, sim sou, mas eu e meu marido nos entendemos nesse sentido, ele ficou com uma cara de safado confuso e disse como assim? Então podia ter sido proposital? E como assim vocês se entendem? Eu respondi, sim podia ter sido proposital e nós nos entendemos entre nós e ponto final. Na hora pude notar seu pau em suas calças quase explodir, a mudança foi súbita, ele chegou perto, disse “nossa, que espetáculo, que sonho você é, e olha só o que fez comigo” mostrando-me o que já tinha visto, seu pau duro por debaixo da calça, e eu cheguei mais perto e disse, é eu notei que você se animou né… deu uma apertada por cima da calça naquele cacete duro, ele me pegou com uma mão pela cintura e outra pela nuca me puxou e me beijou ficou um animal, um beijo que sugou minha língua, e meus lábios, me encostou na parede, passou a mão em meus peitos enquanto me beijava e me apertava contra a parede, eu tirei a mão do pau dele e segurei seus braços forte, e ele não parava de me beijar, eu rocava a perna na parte de fora da perna dele levantando e abaixando a minha perna, apertada na parede ainda, aquele calor louco, ele com uma mão abre sua calça, tira sua rola para fora, media para grande, meia grossa também, mas cabeçuda e dura feito uma pedra, branca coma cabeça rosada, inchada, sem dizer nada eu ajoelho e sugo aquela rola, chupo toda até quase engasgar, chupo suas bolas, pau gostoso, depilado, pulsando, ele apoia as mãos na parede com as calças abaixadas, eu agarro em sua bunda e puxo fazendo seu pau entrar até minha garganta, chupo, chupo e chupo muito, cuspo na cabeça do seu pau, bato punheta para ele, passo a linga por todo seu pau, ele já quase não aguentando me puxa de volta me beija, me leva até o sofá, tira meu shorts, puxa minha calcinha de lado, e chupa minha buceta, esfrega no meu grelinho, põe um dedo na buceta enquanto chupa meu grelinho, eu deitada no sofá, me torço ele me chupa deliciosamente, não falamos nada um ao outro o único som que se ouve são gemidos de tesão ele lambe meu cu, chupa minha buceta, levanta olha para mim ai sim diz “você é muito gostosa, que buceta linda e gostosa você tem, vadia fdp, gostosa” mira sua rola na minha buceta, sem camisinha, e eu com uma perna encostada no acento do sofá e a outra encostada no encosto, coma buceta toda babada e aberta, ele entra no meio e mete aquele pau gostoso lá dentro, de forma lenta, mas fundo, e tira e assim começa um entra e sai delicioso, roçando no meu grelinho, eu tiro meus peitos para fora e aperto, mordo o sofá de tanto tesão, ele continua, aperta meus peitos também, coloca dedos em minha boca para eu chupar, e assim vai até eu gozar, gozei muito, e deliciosamente com seu pau atolado na minha buceta, ele então já quase gozando me vira de quatro e não fala nada apenas aponta a cabeça do seu pau no meu cu e empurra, devagar, foi entrando e eu não disse nada, não relutei, deixei, eu estava excitada demais e queria aquela rola no meu cu, ele colocou, agora eu com a cara quase na parede, com a boca encostada no encosto do sofá que eu mordia não de dor mais sim de tesão e com o rabo virado para ele e ele socando rola no meu rabo, aquele entra e sai delicioso, e cada vez mais rápido, ritmo delicioso, ele segurava na minha cintura e empurrava seu pau no meu cu, segurava forte e eu com as mãos esticadas pela parede, até que ele anunciou que ia gozar e assim fez, enchei meu cu de porra, gozou muito e encheu minha bunda de porra, delicioso, limpei apenas o que saiu, coloquei minha roupa nos despedimos, foi delicioso, ele pediu que eu voltasse mais vezes e que aquilo ficaria entre nós e eu disse que sim, iria voltar muitas outras vezes, fui para casa, e é claro como de costume não tomei banho aguardando meu corninho chegar para contar a ele e provar a ele por que tinha feito, por que ele gosta que eu prove, foto, filme ou buceta arrombada e porra pelo corpo. Assim fiz quando ele chegou… e aí já imaginam né… Mas a nossa eu conto em outra hora aqui para vocês…

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

15 thoughts on “Fazendo o trabalho para meu corno manso

  1. Adorei gostar de ter um sócio e que sua mulher vinhece fazer uma visita iria adorar bjs para todas as casadas e sacadas moro em são Paulo capital próximo metrô Tucuruvi entre em contato [email protected] sou casado a mais de trinta anos e nunca trair minha mãe mas tenho curiosidade de saber se consigo ou não

  2. Espero visita de mulher fogosa, se for casada melhor.
    Procuro mulher fogosa ou casal cujo marido sinta prazer em me ver transando com a amada
    Tenho excelente nível, cheiroso, saudável e sigiloso
    [email protected]
    sp interior e viajantes
    Sem baixaria ou prostituição.
    Vem gozar comigo.Quero te proporcionar longas preliminares para deixar sua calcinha ensopada, cair de língua demoradamente e depois penetrar lentamente no início e depois enfiar vigorosamente ate se derreter em gozos alucinamentes e voltar arrombada e saciada para casa com cheiro de meu pinto impregnado pelo corpo

  3. Tonylon bom dia sou sanches sou Bahia no me add no.meu whatsapp e vamos conversar que tenho experiência em iniciar esposas e casais pois tenho experiência e saiu com casais até hoje ok meu whatsapp 71 987079937 me add e entra em contato que vamos sim iniciar sua esposa na putaria ok

  4. sou casada a cinco anos casei virgem e nuncatrai meu maridinho mas toda vez que vejo um desses filminhos pornos com mulheres transando com negros fico a mil toda molhadinha de desejo de ir pra cama com um negro pirocudo so que meu maridinho jamais ia aceitar ja que ele e evangelico

  5. se tiver alguem que seja negro forte e bem pirocudo mi add no face leonorraelarobahotmail.com sou de campinas sp moro numa chacara nao tenho filhos , sou muito bonita

  6. Sou casado e estou a procura de outros casais onde o esposo gosta de ver sua esposa fudendo com outro meu zap é (062) 9 94 44 30 27 somente para casais onde o esposo gosta de ser corno manso

  7. eu adoro leva minha esposa pra casa do amante dela emquanto aso o churasco eles metem ate gozarem gostoso dai ela sai toda cheia de porra eu caio de boca sem perde nem uma gota e so tezao puro ele ja emprenhou minha esposa duas vezes esta ultima ela esta prenha de trs meses com maio orgulho eu nao fasso filho mesmo adoro ve o macho socando nela sem pewna

  8. sou casado a 18 anos minha esposa mi traiu pela primeira ves ela saiu fijindo viaja e foi se emcontra com um amante da internete ela pasou dos meses la com eli numa fazenda onde ela passava a maio parte do tempo de fio dental sem nada por sima ela micontou que ele nao deixava ela vesti roupa so o fio dental ela vficou prenha deli dai voltou ta aqui com migo eu adorei ela ja pariu dai o amante veio ve o menino ja duas veses esta ultima ves eli emprenhou ela mas uma ves ja esta prenha di dos meses tou amando quando eli vem ja viramos amigos dormimos os tres juntos na mesma cama quando eli chega ela ja tira tudo ficando so de fio dental nos fechamos os portoes ela fia avontade a pedido do outro macho dela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *