Comi a segurança do trabalho

Vou usar o codinome roberto, sou moreno claro,1,80 de altura, 82 kg, bonitão, pelo menos é o que as mulheres dizem.mas vamos direto ao assunto, sou casado e tenho duas filhas, a mais ou menos dois anos conheci a tati, loira seios pequenos, bunda grande e quadril fino, daquele jeito que todo homem gosta, ela era noiva de um cara chamado joão, trabalháva-mos em uma grande empresa de na cidade de cambé-pr eu era segurança da empresa e ela era técnica em segurança do trabalho.
começamos a nos aproximar em decorrencia que íamos e vinhamos sempre juntos do trabalho, então a amizade começou a ficar forte e trocávamos confidencias um do outro até que chegou o dia que briguei em casa e coincidentemente ela tb brigou com o seu noivo.aquilo foi a deixa para nós nos convidarmos a ir para um motel trocar uma idéias, até pq sou casado e ela é noiva e não podíamos ser vistos juntos.fomos para um motel bem gostoso e lá ela desabafou que queria um tempo do seu relacionamento e queria curtir um pouco mais a vida pq o cara além de só pensar em estudar, só curtia seu carrão antigo e não cuidava nem um pouquinho da gostosa da loirinha,aí então sujeri a ela que eu poderia ser seu amante, que daria a ela tudo que o joão bobão não dava, ela aceitou mais que depressa e se entregou ali pra mim naquele momento.
comecei a tirar a sua roupa como um louco e ela a minha, chupei seus seios e fui descendo até a sua buceta, que era lisinha, sem nenhum pelinho,nisso ela pediu um 69 e começou a chupar mihas bolas e sugava como louca a cabeça do meu pau, eu enfiava a lingua no seu cuzinho e na sua bucetinha num vai-vem frenético até gozamos um na boca do outro.nos recompomos com um banho e começamos tudo novamente mas agora ela de quatro e eu por trás mandando ver até ela gozar novamente.
passados alguns dias, num sábado quando não trabalhavam o pessoal da fábrica ela me chamou até a ambulatório médico da empresa dizendo que queria muito falr comigo, achei estranho pq nunca conversávamos na empresa.chegando lá ela trancou a porta e disse que queria dar pra mim ali mesmo, em cima da maca do médico, tirou a roupa e ficou só com uma calcinha preta, sem sutiã e com um guarda-pó branco que me deixou louco, fiquei de pau duro na hora então coloquei ela em cima da maca e meti gostoso como nunca, de quatro, de frente, por cima , por baixo, quando estava quase gosando ela pediu que gosasse em sua boca, ela engoliu tudo!!!!
depois desse dia só transávamos na empresa, na sala da diretoria, no ambulatório, na cozinha, no almoxarifado, até dentro do carro da empresa.ficamos assim uns 2 anos quando sai da empresa. se vc quiser me conhecer me escreva não vai se arrepender… [email protected]

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *