Comi minha tia lésbica e a namorada dela

Olá. Meu nome é Wagner, está história é real e aconteceu no ano de 2007. Eu tinha 21 anos na época, sou Branco. Eu trabalhava em Pinheiros, São Paulo, na contabilidade da minha tia. Eliana, ela tinha 43 anos, Branca, é lesbica. A família toda sabia. Bem tudo começou em Março no dia que caiu uma chuva em São Paulo que alagou tudo. Mal sabia Eu que aquele fim de semana Eu ia começar a ter uma experiência sexual maravilhosa. Pra resumir já antes de escrever essas primeira experiência, Eu fiquei transando com minha tia por 5 anos. Eu morava em Mogi das cruzes e demorava em torno de 2 horas pra chegar em casa. Como estava tudo parado, tivemos que sair mais tarde do escritório e então minha tia falou Wagner dormi na minha casa hoje. Você não vai conseguir voltar pra tua casa. Ela morava uns 3 km do escritório. Fui pra casa dela, pedimos uma pizza, ela falou pode ir tomar um banho, eu disse vai você a casa e sua, minha tia disse pode ir

Sexo Por Telefone

primeiro depois eu vou. Tomei um banho e coloquei a mesma roupa. Camisa e calça. Minha tia foi depois e voltou com uma camisola de cetim vermelha e calcinha. A camisola marcava em seu corpo os bicos dos seios. Nossa quando olhei aqueles seios marcado na camisola durinhos fiquei de pau duro na hora. Até imaginei hoje vou bater uma punheta daquelas. Minha tia disse vamos jantar. Mas antes tu vai ficar com essa roupa que usou o dia todo. Minha tia falou você é homem, tira a camisa pra jantar. Eu fiquei vermelho com vergonha. Ela reparou e disse não fica com vergonha sou sua tia e só tem nós dois aqui. Tira a camisa agora antes de jantar, tirei e ela olhou e falou, nossa peito lisinho e mamilos grandes. Sentei de frente pra ela na mesa e começamos a conversar de assuntos picantes. Ela disse fica tranquilo você sabe que gosto de mulher, mas tu está muito bom. Tu está pegando alguém. Falei que não. Ela continuo dissendo, você já transou. Disse sim.

Quando foi a última vez. Eu falei foi no mês passado. Paguei uma puta. Hum, pagando para transar. Ela disse que não transava com homem já fazia uns 16 anos. Ela mudou dela do, depois que o ex-namorado chifrou ela. Bem, depois desa conversa fomos pra sala eu disse que ia dormir lá. Ela foi pegar lençol e travesseiro e depois sentou do meu lado. Falou tira a calça, eu falei não, vou dormir assim. Ela falou vai não, tira a calça quero ver você de cueca. Se você não tirar eu tiro. Então tirei a calça ficando apenas de cueca Branca. Ela adorou. Ela falou uau, e lambeu os lábios. Meu sobrinho tu é um tesão. Eu falei tia que isso. Ela então falou pra mim, cala a boca e deita aí no sofá. Deitei e ela sentou em cima de mim. Colocou as mãos no meu peito e fico passando de cima pra baixo, sentou em cima do meu pau e fez movimentos esfregando a buceta na minha rola em cima da cueca. Depois começou passar a língua nos meus mamilos até começar a morder. Com o meu pau duro, ela começou a passar a mão, abaixou minha cueca e olhou meu Pinto e disse. Meu Deus, isso é uma tora. Que tamanho tem? Eu falei 25 cm ereto por 6 cm de grossura. Ela disse, mas nem o vibrador que eu uso tem isso. Falei quanto tu aguenta? Uns 16 cm. Hum.

Ela falou vou pegar camisinha, hoje tu vai me comer. Ela voltou com as camisinha e colocou uma no meu pau. Eu gosto de sentar e papai e mama ela disse. Eu falei gosto que senta no meu pau, em pé e de quatro. Ela vamos fazer só o meu. Ok. Eu disse tia estou sem camisinha. Ela falou eu tenho aqui. Ela colocou no meu pau e começou a sentar na vara, devagar até onde ela aguentou. Gemendo ela subia e descia na vara. Eu gemia também. Aí que delícia, tia que viver a boa. Em 15 minutos nós dois gozamos. Sei um tempinho e sentei no sofá e disse a minha tia vem cá senta no meu pau de novo. Ela rapidinho sentiu na vara. Eu segurei as duas pernas dela e levantei. Comecei a socar meu pau, ela gritou ai, aí, aí que delícia. Soca, soca nessa buceta. Tira o pau não. Eu vendo que ela gostava de falar sacanagem no sexo, comecei a falar também. Gosta de Roma vagabunda, então toma cara. Ela gritava, soca, soca caralho. Come a titia. Me come caralho. Não demorou muito voz anos de novo. Ela falou vamos pro quarto vamos juntos. Ela dormiu em cima de mim. De manhã acordamos e ela pediu me come agora. Fizemos papai e mamãe. Eu net ia na viver a dela e ela gemia, está gostoso. Aí que foda Boa. Depois que tranqulizamos, tomamos banho juntos e descemos pra tomar café. Ela me disse, olha fica só de cueca. Não quero você de roupa. Falei tudo bem.

Depois ela veio e sentou em cima de mim, logico fiquei de pau duro. Ela me falou, olha minha namorada vai vim dormir aqui hoje. Você também. Eu vou ser sua pura de hoje em diante. Quando eu não fuder com ela, você vai me fuder.
Bem, falei ok. Então ela disse, olha gato , vai comprar camisinha, que acabou as que eu tinha. Aproveitei e comprei também umas cuecas na feira. Aquelas que vem no pacote com 3 de cetim.
E quando voltei ela olhou na sacola eu comprei 3 pacotes de 6 camisinhas e as cuecas, então ela falou isso delícia. Tu vai experimentar essas três cuecas novinhas para eu ver. Minha tia pegou minha cueca Branca que eu usava e falou essa você não vai ver mais é minha. Ok. Eu disse tudo bem.

Experimentei cueca por cueca, ela olhava e passava as mãos deixando meu pau duro. No final ela disse essa noite você vai usar essa cueca azul celeste. Quando chegou a noite a namorada da minha tia Eliana chegou, era uma mulher também de 43 anos, Branca, o nome dela era Ângela. Minha tia falou pra Ângela, esse é meu sobrinho, ele está dormindo aqui esse final de semana. A Ângela falou tudo bem. Passou umas horas fomos os três jantar. Minha tia disse, Wagner já te falei sem camisa na mesa. Tirei então é a namorada dela falou nossas que peito lindo. Homem sem pêlo e lisinho o tórax. Pensei comigo Jesus vou comer essas duas vagabundas hoje. Será que consigo? Minha tia Eliana e a Ângela subiram para o quarto e voltaram depois. Eu estava sentado no sofá foi quando as duas desceram minha tia veio de camisola rosa e a Ângela de camisola Branca. Olhei as duas e o pau lógico ficou Durão. Essas duas estão um tesão. Cada uma sentou do meu lado a Ângela veio chupando meu peito e minha tia me lascou um beijo na boca. Daquelas de incluir a língua, depois a Ângela também começou a me beijar e nos três estavam os beijando juntos. Eu via as duas se beijarem e depois me beijavam. Eu estava de calça elas abrirem o botão e puxaram o zíper para baixo tirando minha calça. Fiquei só de cueca azul do jeito que minha tia pediu. As duas me olharam e falaram nossas que gostoso, passando a mão em cima da cueca o meu pau estava em evolução. A Ângela disse nossa que rola grandr e falou pra mim, ontem tu comeu sua tia né. Três vezes ela falou. Eu disse sim. A Ângela então falou que bom, eu também não trepo com homem a mais de 15 anos e hoje tu vai comer nós duas. Vamos ver se tu é homem mesmo. Minha tia abaixou minha cueca. Meu pau com a cabeça vermelha bem Durão ela começou a bater uma punheta pra mim. Ângela olhou e babando gritou que pau Grande.

Eliana pegou a camisinha e colocou no meu pau e sentou em cima. Subia e descia, gemendo subia descia mais rápido me beijando. A namorada dela estreava a mão nos seios dela provocando mais tesão. Depois ela falou sai daí Eliana agora é minha vez. Ela também sentou na rola e fazia a mesma coisa. As duas ficava trocando de lugar. Eu não estava acreditando, eu comia as duas. Depois me levantei e comecei a comer minha tia em pé. Segurei as pernas e empurrava com gosto. Não enfiei o pau todo, mas entrava e sai bem. A Ângela ajoelhou e começou a chupar minhas bolas enquanto eu comia minha tia. Era uma sensação doida. Eu sentindo minhas bolas molhadas e mascando o pau. Logo em seguida peguei a Ângela também deitei ela no sofá e abri as pernas dela e fui enfiando o pau. Ela gemia e gritava aí caralho, aí caralho que delícia. Vai empurrando, soca esse Pagu gostoso porra. Enfia porra. Eu comecei a falar também se gosta caralho, se gosta cadela. Minha tia falando no meu ouvido wagnao soca na buceta dela. Soca essa tora. Empurra que ela gosta. Eu enviava e gemia e a Ângela gritando de tesão vou gozar, não para. Meu pau entrava e saia daquela viver a que nem uma britadeira. Ângela pulando do sofá, segurou o meu pescoço e gritou filha da puta gostoso eu gozei, estou gozando caralho.

Descansei um pouco e veio a minha tia, comecei a comer ela também. Aquela noite estava se tornando a melhor trepada da minha vida. Ângela falou põe ela de quatro em cima da mesinha e come a viver dela. Na hora minha tia saiu de cima de mim e ficou de quatro e Comecei a socar. Fui socando, Ângela puxou minha tia pelo cabelo e falou está gostando de levar rola de quatro. Vadia, vagabundo, pura do caralho gosta de levar rola. Aguenta o tranco e disse Wagner gatão soca nela, soca o pau nessa viver a quer a minha mulher bem esgotada pra você. Abre essa variam eu estava louco de tesão. Net ia o pau sem do. Ângela falava aguenta essa tora, aguenta porra. E eu enviando, minha tia gritando aí minha viver a. Aí caralho. Tu está empurrando tudo caralho. Eu enviando, falei aí que gostoso. Ângela gritava envia tudo na viver a dela, ela aguenta. Soca que ela gosta, foi aí que soquei tudo. As bolas batia na buceta, fazendo tof, tof, tof, tof. Ela gritava aí, aí, aí. Ângela gritava também aguenta vadia. Aguenta cadela. Goza nela, goza Wagner. Eu falei toma titia gostosa. Gosta de pau, então

aguenta. Gozei e cai em cima dela. Depois ela foi pro banheiro tomar banho eu fiquei lá com a Ângela. Ela deu um tempinho e veio pra cima. Deitou no sofá e falou bem me comer. Começamos papai e mamãe. Estavamos la trepando. Eu estava enviando tranquilo o pau nela. Minha tia voltou e pegando nós dois transando falou os dois pode parar agora. Assim não, Wagner tu fiz eu e arrombou minha buceta agora você vai arrombar a Ângela do mesmo jeito. Fica de quatro pra ele aqui agora vaca. Puxou a Ângela pelo cabelo e colocou ela de quatro e falou bem envia esse pau nela. Arregaça a buceta dela também. Aguenta aí Ângela. Você vai ver como é gostoso levar tudo. Soca nela o pau, soca Wagner. Eu comecei a empurrar e Ângela começou a gemer. Depois gritar, conforme eu ia enfiando tudo. Ângela gritou soca tudo, Soca gostoso.

Eu aguento faz eu gozar e minha tia falava vai envia tudo gostoso. Enfia que ela aguenta. Sei uma gozada daquelas. Estava suado de tanto tu der as duas. Fomos os três pro quarto dormir. No outro dia as duas falaram delícia hoje Você vai fazer tudo de novo com nos dias. Prepara a vara. E mais uma noite eu comi as duas. Minha tia Eliana e a Ângela combinamos de eu ser todos os fins de semana e feriados prolongados.
Tinha dia que eu ficava com a Ângela e dia que ficava com a Eliana. E quando era feriados prolongados eu ficava comendo as duas. Cheguei a do ser elas no escritório da minha tia, no motel e até na praia quando viajamos. Eu nunca esqueci aquelas fiz as. Foi uma delícia.

Disk Sexo

One thought on “Comi minha tia lésbica e a namorada dela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *