Barbeiro de cona

Olá vou colocar meu nome fictício pois sou casado, mas essa história é real, e nunca imaginei passar por isso.
Vou me chamar Duarte e eu trabalho em uma empresa de fio e era de segunda a sexta, já minha esposa trabalhava no sábado o dia todo pois era em um salão de beleza e morava-mos em um ape, no terceiro andar.

Sexo Por Telefone

Tudo começou com um vazamento em uma calha pois no nosso prédio era só 3 andares, e tava a mofar a parede de nossa parede e levando umidade a parede de nossa vizinha, isso tudo aconteceu em portugal.

Em um belo dia estava durmi do pois aos sábados acordava um pouco mais tarde e acordo com som da campainha e como eu já sabia ela queria mostrar a parede mofada que inclusive era o quarto dela, e eu estava sem camisa e só de samba canção e mais nada por baixo, e msm assim fui na casa dela ver a situação, ela era gordinha mais o menos 1,70 de altura tinha 35 anos mãe solteira e pesava uns 90 kilos era gordinha msm, mas smp tem umas gordinhas que tem o rosto bonito e essa se cuidava
Prometi e ia resolver o caso da parede e logo daria uma resposta, eu paguei um amigo para Concerta a calha e eu msm ia pintar as paredes de ambos os lados, dois sábados eu arrumei o lado do meu apartamento e combinei com ela que no sábado seguinte ia começar no ape dela.

Como combinado fui cedo, pois queria acabar logo, pois tinha que lixar, passar massa e depois pintar, e queria fazer no máximo em um dia, era as 8 qdo bati na porta e fiquei muito surpreso qdo ela abriu e estava apenas de roupão de renda bem fino que dava para ver sua calcinha, na vdd era uma Bermuda, pois era bem grande, e sem sutiã que eu via o bico dos seus grandes peitos, neste momento me veio fogo, pois nunca tinha olhado para uma gordinha como naquele dia, parecia um leão faminto querendo carne.
Mas naquele dia não rolou nada, somente conversas e trabalho, mas como eu tava num tesao de ver ela com aquele roupão transparente, comecei a perguntar sobre sua vida, e ela me disse por ser gorda os homens não olhava pra ela, é eu smp tentando animar ela falando que eles não sabia o que tava perdendo e ela ficava com vergonha, ela me disse que como eu era homem eu não iria saber, mas ia pedir a minha esposa umas dicas de beleza para ajudar ela, e eu louco pra ver aqueles grandes peitos disse que poderia ajudar ela sim, pois sabia o que me agradava.
Consegui fazer todo o trabalho e ela me agradeceu com uma abraço bem gostoso, e fui pra casa banha e aproveitei de bati uma pra ela, depois desse dia smp olhava com um olhar diferente…
Numa certa sexta feira qdo estava chegando do trabalho ao chegar no portão do prédio encontro com ela toda vermelha, e perguntei Pq tava assim, ela disse que tava mudando, fazendo regime e se produzindo, e que tinha ido bronzear, me mostrou um pouco da marquinha e perguntou se tava bom, eu disse que tava sim e que talvez em baixo tava muito melhor, e ela somente sorriu e subimos, qdo eu ia entrar ela perguntou se eu poderia da umas dicas pra ela sobre as brasileiras pois ela é portuguesa,eu disse que sim na hora que ela quisesse era só fala e ela disse que no sábado a noite tinha um encontro e que queria que fosse perfeito,

No sábado como estava de folga acordei qdo minha esposa saiu as 8 e 5 minutos depois toca a campainha, até estranhei pois tava muito cedo, qdo abri pra minha surpresa era a gordinha deliciosa, mas dessa vez ela tava mais comportada, estava de vestido, e perguntou se eu poderia da um jeito numa torneira que não queria parar de pingar, e do jeito que eu tava eu fui, chegando lá era na pia do banheiro e voltei em casa para pegar as ferramentas, e fui trocar a torneira por uma nova que ela tinha comprado, e a gente conversando sobre tudo das brasileiras eu brinquei dizendo que adorava uma cona(buceta) raspadinha, e ela ficou sem graçapois a dela era cabeluda, e ela me disse que talvez era isso que espantava os homens, troquei a torneira e fui embora, 1 hora depois ela bate na minha porta de diz que a torneira tava vazado, e fui conferir, mas na vdd ela queria ela me perguntar se rapar a cona ajudaria no seu encontro, mas ficou com muita vergonha e medo de me perguntar, pois ela tinha medo de se corta Pq ela usava era navalha, smp falava que ia da tudo errado no encontro Pq era cabeluda, e começou a chorar e que ia morrer sozinha, e eu disse que poderia ajudar se ela não falasse pra ninguém, isso tinha que morrer ali… Pra minha surpresa enquanto eu tava arrumando a torneira ela veio do quarto só de roupão e entrou na banheira e fechou o box, e jogou o roupão por cima do box, e eu olhando ela tomar banho de costas pra mim, olhando aquela Bunda enorme e gostosa, de repente ela abre o box e pergunta se eu poderia ajudar ela a raspar, eu com o coração na mão e tremendo disse que sim, e ela sai toda peladinha na minha frente, qdo eu olhei aquela cona tinha tanto cabelo que nem sabia por onde começar, era muito e grande, parecia uma tarantula preta, nem via sua cona de tanto cabelo, falei pra ela senta de perna aberta na borda da banheira e passar a minha espuma de barbear na buceta toda, mas era navalha e eu tava tremendo muito, tava com medo, e criei coragem e fui fazer meu trabalho de barbeiro, deu um pouco de trabalho pra tirar todo aquele cabelo, e eu tava num tesao com o pau muito duro msm, já não tava aguentando, e perguntei se ela queria que eu raspasse o cu tbm, ela perguntou o que eu achava e eu disse que sim pois tava louco pra comer ela, mas tinha medo da reação dela, então falei pra ela ficar de 4 e abrir as pernas e raspei tudo, como já não aguentava mais de tesao, disse pra ela passar por água pra tirar o sabão que eu ia dar uns retoques, mas na vdd tava toda lisinha e tava trama do um plano, não sabia se iria da certo mas eu tentei.
Ela passou por água e eu disse pra ela sentar de novo na Borba e abrir as pernas, qdo ela sentou fingi olhar bem de perto pra ver se tinha tirado todos os cabelos, e olhando aquela cona gordinha e bronzeada, me deixou louco, larguei a navalha segurei na sua perna e dei uma lanbida na sua cona, e comecei a chupar, ela nem disse nada, só pegou na minha cabeça e começou a aperta na sua cona, ela gemia tanto, e eu chupei aquela cona por muito tempo, ela tinha gozado 3 vezes na minha boca, fomos para o quarto dela e ela começou a me chupar, Mas tava com tanto tesao que logo coloquei ela pra cavalgar no meu pau, ela me disse que fazia 6 anos que não tranzava, aquela cona tava apertadinha, parecia uma menina virgem, tava gostoso dms, coloquei ela de 4 com aquele rabo grande e coloca grande nisso, e comecei a meter, ela gemia muito alto, nunca tinha tranzado tão gostoso como naquele dia, gozei na boca dela, e fomos banhar, tranza os mais uma vez no banheiro e gozei na sua Bunda dessa vez, me enxegei e fui embora… Qdo cheguei em casa ela me manda uma mesa no celular dizendo, hj eu não tenho encontro nenhum a noite, eu queria msm era tranza com vc e juro que nunca tranzei assim e eu respondi foi minha melhor tranza, nunca fiz tanto tempo com alguém assim, nem com minha esposa… É até hj smp que ela precisa de um barbeiro ela me chama, isso acontece quase todos os sabados

Espero que gostem e logo vou escrever a história de qdo minha esposa foi para o Brasil, foi o mês do barbeiro ?

Disk Sexo

One thought on “Barbeiro de cona

  1. Bom seu conto quem quiser que eu fassa umdepilaçao na sua buceta pode me chamar 11959267741 ok o aparelho de voceis okso mulher casada souteira e meninas ok so chamar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *