A tarde com o meu padrasto

Olá, eu me chamo Natasha e tenho 16 anos, e eu vou contar para vocês a vez em que eu experimentei a pica deliciosa do meu padrasto.

Sexo Por Telefone

Era sexta-feira e minha mãe havia viajado para a casa da irmã dela em Goiânia, e estavam apenas eu o meu padrasto em casa. O meu padrasto se chama Carlos, um homem de uns 43 anos, um pouco moreno e forte.

Estava calor e eu tinha indo para a cozinha tomar um copo d’água, e foi quando eu vi o Carlos escovando os dentes na pia do banheiro totalmente pelado e com o pau durissímo. Naquela hora a minha bocetinha ficou totalmente molhada ao ver aquele homem com o seu mastro totalmente ereto. Eu saí da cozinha depressa, com a esperança de que o Carlos não tivesse visto nada, mas quando eu fechei a porta do meu quarto para começar a bater uma siririca o Carlos bateu à porta, e com muito medo eu fui ver o que ele queria, e foi quando ele me levou para a sala, sentou em uma das cadeiras que ficavam junto a mesa e me disse :

– Gostou do que viu?

É muito nervosa eu respondi:

– Do que você está falando!?

E foi quando ele tirou a toalha do corpo e eu pude ver de perto aquela pica maravilhosa, que deveria ter mais ou menos uns 20 cm e um pouco grossa.

– Quer ver ele em ação?

Naquela hora a única coisa que consegui fazer foi cair de boca e começar a chupar o pau dele.
Eu saboreei cada cm daquele mastro delicioso com a cabeça bege.

– Isso sua cachorra safada! Chupa essa rola pro seu papai! Mostra que você sabe fazer um boquete melhor que a sua mãe!

Após o boquete eu tirei a roupa e nós deitamos na tapete da sala, e o Carlos começou a me beijar e passar a pica na minha boceta, o que me deixava mais molhada ainda. E foi nisso que ele começou a forçar o seu pau na entrada da minha boceta até que entrou tudo e ele começou a bombar.
O meu padrasto urrava de prazer e eu gemia cada vez mais de tanto prazer, e o Carlos não parava de dizer:

– Vai sua puta! Toma rola que é o que você merece! Agora você vai cavalgar que nem égua no meu pau!

Eu cavalgava forte no pau do meu padrasto e não parava de me dar tapas na bunda, até que ele mandou eu sair de cima porque ele queria gozar na minha cara.
Eu fiquei de joelhos e meu padrasto começou a se masturbar até que finalmente seu pau começou a cospir um bocado do seu esperma maravilhoso na minha cara, e eu , muito safadinha fiz questão de engolir tudo!

Depois disso tudo, eu e o Carlos fomos tomar banho juntos, eu fiz uns boquetes nele rs rs rs, e após isso ele foi para o bar e eu fiquei em casa me deliciando com as lembranças de algo que eu sei que nunca teria de novo.

Beijos 😘

Disk Sexo

7 thoughts on “A tarde com o meu padrasto

  1. Oi delicia…se quiser me xama no whats. Tenho a rola grossa e cabeçuda pra vc meter na xota e no cuzinho…so pras novinhas bem putonas e casadas safadas.
    Meu zap 11-95464-8431

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *