Transando com a Esposa Evangélica do Melhor Amigo

Tudo se passou quando fomos tomar uma cerveja depois do trabalho, aquele dia fiz 14 massagens estava exausto, encontrei uns conhecidos e começamos a elogiar a bunda de algumas mulheres, e lógico fazíamos comentários de como seria bom comer um rabinho gostoso daquele… Estávamos em dois solteiros e três casados, no final fiquei eu e outro colega de trabalho ele já um pouco alterado, começou uns papos estranhos sobre a esposa, como era gostosa e por aí foi, poxa Dom será que os homens também ficam assim olhando pra minha esposa quando passa… Olha Edu, geralmente se a mulher chamar atenção sim todos olham, eu adoro olhar e imaginar. Até a hora que ele disse olha só a foto… A mulher Carla estava de vestido colado preto curto, aqueles que são para fica em casa limpando e bem à vontade.

Sexo Por Telefone

Era uma foto daquelas com ela de lado parecia que foi tirada de surpresa sem ela esperar, a bunda estava bem realçada e empinada imediatamente imaginei a calcinha toda enfiada dentro daquela bunda grande. Não seja modesto Dom, o que você achou? Não pensei duas vezes e falei, sua esposa tem uma bunda muito bonita meu amigo de lado assim me parece mesmo uma bela mulher… Nessa hora o Flávio falou sério? “sim e com todo respeito”
Vou te dizer uma coisa por que sei que posso confiar em você, uma amiga da esposa de um dos caras que estavam comigo hoje ali no bar me falou que tinha ido fazer massagem com você ai no espaço Tântrico, e estava toda empolgada, eles ficaram com inveja e ciúmes, e disseram que não teriam coragem de deixar a mulher fazer isso, mas me empolguei com que ela disse e queria dar de presente para minha esposa, pois eu tenho desejo de ver outro homem toca nela, mais ela é evangélica e essas coisas são pecado pra ela, mais podemos marcar um almoço, quem sabe ela cede depois de alguma provocação gostaria que você tentasse. Tem certeza. Sim tenho sei que rolou algo com a Priscila e você na massagem. Confesso que fiquei de pau duro na hora só de imaginar comer a esposa dele. O almoço foi marcado para o domingo em canasvieira mesmo, eles moravam a quatro quarteirões da praia, uma casa grande e aconchegante. Quando cheguei já era 11; 00 Eduardo estava no portão de bermuda e chinelo, com uma cerveja na mão me esperando inquieto, quando me viu sorriu largamente,me deu um tapa nas costa sorrindo, poxa estava preocupado e ai preparado? Quando cheguei na sala Carla estava me esperando com um vestido azul celeste ate os joelhos, de alcinha com decote bem modesto e chinelinho Dakota baixinho, os dedos pequenos deu para notar que estava só com base e pelo que reparei eram 36 no Maximo. Era tão branca que a pele era rosada, cabelos longos loiros, ate a cintura, um quadril de dar inveja em qualquer mocinha, ele não disse, mas ela já tinha seus 40 anos, quando ela tocou em minha mão preta e grande aconteceu a mágica… Puxei-a para minha direção e dei um beijo no seu rosto rosado, mas não um beijo qualquer, esse durou, cerca de 2 segundos, estratégico, com boca e xeiro. Sei que nunca ela foi beijada assim, nesse beijo no rosto expressei todo meu desejo por ela. Ela ficou vermelha ao dizer, bom dia Dom como vai, meu marido não parou de fala de você a semana toda, rs. Ele disse que você é massagista né… Sim amada, sou massoterapeuta, ele me falou também que você faz outro tipo de massagem, eu nunca tinha ouvido falar, ate ele me dizer, qual nome mesmo? Rapidamente Edu falou da porta da sala, Tântrica amor, ele faz massagem Tântrica, eu pedi para ele explicar já que disse que iria me dar de presente essa massagem mas ele não soube rs,ai ele disse que o massagista iria vir almoçar aqui, então agora quero saber. Vou fazer assim vou te passar meu Whatsapp e passar o link do meu blog a você entra e Le com calma Carla e se tiver alguma duvida é só me pergunta ok? Ótimo Dom ai fico por dentro dessa massagem que ganhei de presente rs.quando ela foi para a cozinha ele veio ate onde eu estava, caralho que estratégia você usou cara, com o Whatsapp dela agora você esta com a faca e queijo na mão. O almoço estava uma delicia, como ela soube que eu era Paulista, e adoro feijão , ela fez questão de fazer um carioquinha, bem temperado, com tudo dentro,um arroz de forno delicioso com bastante queijo,e Edu fez uma costela no bafo para acompanhar com uma salada de tomate,alface e rúcula. Quando ela me viu abaixando a cabeça e fazendo uma curta oração, ela ficou vermelha e sorrindo com sua boca cor de rosa,e disse, olha só Edu o Dom agradece pela comida, sem ter vergonha de fazer na frente das pessoas. Minha família são todas evangélicos amada, meus pais são pastores… Uma aleluia saiu da boca dela com as mãos juntas batendo forte, como tivesse um êxtase, obrigado Senhor, por trazer um amigo do meu marido que saiba conversar alguma coisa alem de jogo e trabalho. Ele me olhou descrente, Carla se animou e foi busca a sobremesa torta de maçã, algo a se destacar é que esposa dele se vestia com um vestido que revelava o desenho da bunda dela sempre que levantava da cadeira. Dom você é único kkkk cara agora já era até eu estou tremendo. Esse foi o golpe fatal. Eu sorri comi a sobremesa e fomos para sala, ela trouxe para mim um vinho rose, e ficamos bebericando. Falamos sobre a igreja dela, tirei algumas duvidas dela também, mas precisa mesmo ir, pois queria envolver aquela mulher pelo whatsapp. Cumprimentei eles, a puxei para meu peito e dei outro beijo, agora ela já mais descontraída senti firmeza em dizer baixinho no ouvido dela segurando a mão… Estava tudo ótima amada, amei seu vestindo, tom da pele, perfume, tudo estava combinando, parabéns. Quando sai disse em ton. provocador e firme, cuide bem dessa perola amigo, ela vale ouro. Edu era tipo de homem que não fazia nada em casa, tudo pagava pra fazer, antes de eu sair falei que tinha um vazamento na pia, se queria que consertasse ele disse tranqüilo Dom seria ótimo que você acha amor? Carla disse pode ser, é um gasto a menos, então ficou combinado de ele comprar material e no prox. Dia dava uma passada lá de manha, Carla disse que ficaria esperando. A noite mandei o link do meu blog para Carla, rapidamente foi visualizado, ela me deu boa noite e disse, vou olhar e me enviou umas carinhas de vergonha, juntamente com umas frases evangélicas. Somente isso como não trabalho de segunda feira, então Edu me avisou que estava tudo certo para o dia seguinte que a estratégia da pia foi a cereja do bolo, que ele ia deixa o dinheiro com ela para eu comprar o que precisava. Vou fica no trabalho agoniado preciso que me informe tudo.
No dia seguinte fui conforme combinado, oi Dom só um minuto, alguns segundo depois ela abre a porta, desculpa estava fazendo café, fiz uns pãezinhos para gente rs. ela estava sorridente, andando na minha frente com o vestido branco de pano fino mais parecia uma camisola de alcinha ate o joelho e tamanco preto, isso mudava tudo a bunda ficou mais empinada e as pernas mais torneadas, naquele tamanquinho, o cabelo balançava de um lado para outro, ela estava feliz. Notei que seu perfume esta mais adocicado hoje Carla, é o Amó do boticário? Eu não acredito! Disse ela em ton. espantado, nunca o Edu falou alguma coisa, ou descobriu o cheiro, Dom você faz jus ao seu trabalho eu li, muito seu blog e fiquei muito interresada que coisa louca aquela massagem. Sim Carla eu amo ver vocês mulheres sentir todo prazer que lhe foi dado, e seria ótimo você fazer junto com seu marido, assim um aprendia a praticar no outro. Jura! Você ganhou meu respeito agora, ela levantou em um gesto de gratidão e veio na cadeira onde eu estava com a xícara de café da Minnie na mão e me segurou pelas minhas bochechas e me beijou na testa, seus seios fartos estavam pulando pra fora dentro do vestindo, ela segurou por um segundo ou menos. Você é um anjo Dom, vou sair para comprar o que precisa fica a vontade é aqui do lado. Eu estava deitado debaixo da pia quando Carla entra o cano da pia já estava sendo tirado no momento em que ela se aproximou e disse, Dom veja aqui se é isso mesmo se comprei certo… Eu sai de baixo da pia ela estava na minha frente não esperava que estivesse naquela posição, mais aí já era tarde, meus olhos percorreram seu corpo esbelto dos pés a cabeça na medida em que eu ia me levantando, ela inocentemente, ou por querer, não sei continuou na mesma posição com uma mão na pia e outra no joelho. Instantaneamente eu segurei nas cochas dela para me apoiar e levantar, ela me segurou com as duas mãos em meu braço direito e o esquerdo me ajudou a apoiar e me levantar. Cuidado Dom, a fala foi rápido e meu instinto também, antes mesmo de eu dizer alguma coisa, ela não suportou meu peso minhas costa bateu na quina da pia na altura da minha nuca ela caiu por cima de mim batendo seus seios grandes e duros na minha cara, pisou em meu pé com o salto do tamanco, eu a segurei pela cintura, e ficamos alguns segundos abraçados meios desajeitados naquela posição. Foi rápido, intenso, pude sentir o calor do seu corpo, xeiro dos cabelos, o bafo quente da sua respiração. Nossa Dom machucou, ai meu deus me desculpa kkkk pensei que poderia te segurar, eu quase matei você. Eu empurre ela com minhas mãos segurando nos dois braços dela, deixei ela de frente para mim… Seu salto deve ter quebrado meu pé, e começamos a rir olhando um no olho do outro. Deixa-meeu dar uma olhada, calma amada, ta tudo bem rs só minhas costa dói um pouco mais sem problemas e você, se machucou? Como iria me machucar com um homem desse tamanho embaixo Dom. meu pé esta dolorido no calcanhar, deve ser da queda torci ele um pouco, espera senta aqui na cadeira, rapidamente puxei a cadeira que estava do lado de ferro branco com uma almofada azul, achei estranho o contraste, mas… Ela sentou fui rapidamente à minha mochila e trouxe para perto, abri e um óleo de bebe para pele sensível, (tinha levado meu material de massagem para dali ir atender uma cliente) ela cruzou as pernas me olhando, você trouxe seu material para massagem é, você disse que não trabalhava hoje, anda sempre com ele, sim hoje não trabalho mas tenho uma cliente sem hora marcada e saindo daqui já vou para la. Quer sentir o xeiro. Hum que delicia é óleo para pele sensível, você acha minha pele sensível Dom… Sim amada branca, fina, isso vai dar uma proteção maior a ela. Mas você vai passa só no meu pé rs, então dara proteção aos meus pés, não isso. Eu olhei para ela do chão onde eu estava seguindo a linha das pernas contemplando cada pinta cada pedaço, centímetro por centímetro, ate chegar aos seus olhos, e disse, eu notei que você disse pés, e não o pé… E enfiei o dedo dedão do pé dela todinho na minha boca olhando fixo para seus olhos, quando dei por mim já era tarde,ela não tentou tirar o pé, abriu um sorriso e deu uma suspirada forte, minha nossa Dom, que delicia que boca mágica, faz parte da tântrica isso? Menino isso é outro nível, ela falando eu olhando para ela e ela com a cabeça jogada para trás,com a nuca encostada nas costa da cadeira, uiiii,aaaa Dom, hummm, eu desci meus olhos para seu corpo quente a pernas já estavam bamba, eu com um toque fiz com que ela descruzasse, apoiei em meu joelho seu pé direito e o esquerdo estava na minha boca, agora eu lambendo os vão e deixando bem molhado. Haaaa, nossa Dom, que isso que você esta fazendo assim você me deixa indefesa, se retorcendo e alisando as cochas, suas pernas meio aberta, até pela pose que estava, revelou sua calcinha vermelha toda furadinha de renda na frente a buceta deliciosa estava inchada e o xeiro começou a vir em minha narina, revelando que estava úmida e quente. Aiii Dom não faz isso, tirei minha boca do pé, e lambi o calcanhar onde estava roxo pela torção, esse é seu método, esse é o jeito que faz com todas, me ajoelhei agora com os dois joelhos no chão, beijei a perna esquerda dela fui massageando ate o joelho, com as duas mãos, despejei óleo a partir do joelho,e deixei escorrer pela perna toda e massageava, olhando para seus olhos, lendo seus sinais. Senti que ela estava desconfortável me levantei de subito ela estalou o olho, olhando para mim, não consegui disfarçar fiquei de pau duro na hora e o volume me entregou. Dom, a voz era quase um sussurro, me tira daqui, peguei ela no colo, ela apenas me olhou e segurou em meu pescoço, de olhos fechado, nitidamente com vergonha, coloquei ela no sofá da sala sentada, sem dizer nada ajoelhei no carpete ela se sentou, o que vai fazer? Eu peguei o óleo e derramei na outra perna e já que estavam juntas coloquei os dois pés no meu colo, minha rola dura, estava sento esmagada por seus pés, fiz de propósito para ela sentir o volume do monstro, ela deitou a cabeça para trás e disse, você não existe cara, você não existe Dom. levantei os pés dela e coloquei os dois no sofá, ela ficou toda encolhida sentada de frente para mim com as pernas encolhidas e os pés na ponta do sofá, as pernas se abriram eu então tive uma visão melhor da sua calcinha e xoxota, agora unidas pela baba grossa que saia pelos furos da calcinha de renda. Eu subi massageando e derramado óleo nas pernas, ela por instinto puxou mais o vestindo que deixou sua bunda toda de fora, eu parei e admirei aquela pele macia e branca com pintas preta e marrom como uma banana bem madura, subi e massageei as cochas com a Mao lambuzada de óleo, ela segurou na minha cabeça, e alisava meu cabelo, aiiiii, que mãos gostosa, nunca imaginei uma massagem tão deliciosa assim e repentina, aaaaa,ela estava em êxtase, minha rola enorme,ela se mexia muito rebolando mexendo só o quadril, levantou o pé direito e enfiou na minha boca, a buceta estava melada e cheirando suor e baba,lambi mais alguns dedos e escorreguei para o meio das pernas dela. Lambendo e beijando as cochas pelo lado de dentro. Hummm Dom, aaaaaa, isso faz parte, isso faz parte me diz, sim amada faz parte, minha nossa, aaaaaaa, agora ela estava totalmente aberta com as pernas bem separadas o vestindo estava agora embolado na cintura, a barriga um pouco saliente e lisa estava de fora ela remexia o quadril e chupava o ar. Eu comecei lambendo as beiradas da calcinha de renda sem tira nem tocar ,só lamber, as beiradas e a dobra, enfiando minha língua pelos vãos da beirada da calcinha, sentindo o cheiro e o doce da baba escorrendo. Dom que isso , Dom, sua mão segurou minha cabeça e ela esfregava a xoxota na minha cara prensando minha boca contra a calcinha totalmente babada . haaaaa, uuuuuu, aiiiiiii, eu estava ficando sufocado minha barba estava ficando toda melada, ao passo que ela esfregava a xoxota na minha cara segurando minha cabeça contra ela com a força com as duas mãos. Tentei sair , mais não deu tempo, um jato de uma gosma parecendo xixi mas não é que fica alojado no clitóris , saiu esguichando e me lambuzou todo, em seguida ela soltou minha cabeça e agora sim aos berros gozou freneticamente, rebolando no sofá,. Aaaaaaa,hummmmmmmmmmmmmmmmm. Fiquei de joelhos agora um pouco longe,ela se debatia agora com menos vigor de olhos fechados, tombou no sofá pernas e braços caídos para fora, um liquido correndo sem parar de dentro da xoxota por cima da calcinha encharcada, direto no sofá. Me limpei peguei minhas coisas, troquei o cifrão da pia, liguei para o Edu,e fui atender minha outra cliente. Se eu comi ela… Bom rs, isso é uma longa historia.

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *