Sexo na escada do prédio

Meu nome é Melissa, tenho 18 anos e meu namorado Gabriel tem 19, minha família é muito enjoada com essas coisas de namoro, nunca deixa eu ir na casa dele mas ele sempre vem na minha, sempre tivemos tesão um no outro, antes dele tirar minha virgindade já batia siririca pra mim e me fazia gozar muito. Mas vamos aos fatos, eu já queria a muito tempo transar com ele, porém não tinha um lugar q pudéssemos ir.. então dei ideia da escada de incêndio do meu prédio, falei pra irmos num andar bem alto que a probabilidade de alguém descer fosse baixa, fomos para o 15ª andar, lá ele começou a me beijar muito, me encostando na parede, tirou minha blusa e meu sutiã e começou a apertar meus seios, eu com muito tesao tirei a blusa dele, e só queria q ele me fudesse logo. Antes disso ele esticou a blusa dele no chão, me sentou de frente pra ele e

Sexo Por Telefone

se deitou em cima de mim, me beijando e ao mesmo tempo abrindo meu short, levantou e tirou junto minha calcinha, me deixando totalmente nua e ele só de cueca me encarando de um jeito muito sexy. Se agachou na minha frente, me empurrou pra que eu deitasse e abriu minhas pernas, começou a beijar minhas coxas ao mesmo tempo passando as mãos nelas e me deixando toda arrepiada, e foi se aproximando, beijando a área, beijou meu clitóris primeiro, e depois começou a me lamber de um jeito q eu nunca vi, me lambia e me olhava, apertava meus peitos enquanto eu me contraia , me fazer gemer de um jeito q eu esquecesse q alguém poderia entrar ali a qualquer momento. Ele pediu pra eu fazer silêncio e parou, se levantou e tirou a cueca, estava com pau duro, me olhou e falou “agora vem aq” e eu comecei a pagar um boquete pra ele, fazendo ele gemer e a puxar meu cabelo, mandou eu parar e falou “deixa eu te fuder logo” me deitou de novo e veio pra cima de mim, enfiou aquele pau enorme e gostoso dentro de mim fazendo eu me arrepiar toda, eu o arranhava todo e ele só sabia falar sacanagens no meu ouvido, gozei e ele falou “agora fica de quatro pra mim” eu fiquei e ele metia aquilo com tanta força q eu arranhava o chão e falava “vai me fode, eu sou toda tua” e ele socava com força me fazendo delirar, apertava minha bunda, dava pequenos tapas e falava q minha buceta era muito gostosa, ele parou e falou “agora senta em mim sua vagabunda” e eu fui, sentei com vontade pra fazer ele gozar pra mim, perguntava se ele gostava e dava tapas na cara dele. Por fim fiz ele gozar muito na minha boca, e ele disse q aquela tinha sido a melhor foda da vida dele. Continuamos nessa loucura de transar na escada a 1 ano, pois ainda n posso ir na casa dele e ainda não podemos ir num motel. Mas as vezes minha família nos deixa a sós em casa e podemos fazer algumas besteirinhas. Xoxo

Disk Sexo

One thought on “Sexo na escada do prédio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *