Pegando a mulher do chefe no ônibus

Era um dia quente, como sempre eu estava pegando um onibus para voltar pra casa, e como sempre todos no onibus estavam dormindo, pois já era bem tarde. Devido a lotação do onibus me sentei ao lado da mulher do meu chefe, ela era uma das mulheres mais gostosas que eu já vi, então me segurei pra não ficar de pau duro na frente dela. Enquanto eu conversava com ela ia analizando o corpo dela, as coxas grossas, os peitos grandes e a sua boca sedutora. Após algumas horas de viagem recebemos a noticia de que o onibus quebrou uma das rodas e ficaria parado por 30 minutos para concertar, enquanto trocavam a roda muitos dos passageiros continuaram o caminho andando deixando apenas eu e a mulher do meu chefe esperando pelo onibus. Depois do concerto eu e ela voltamos ao onibus e enquanto eu conversava com ela fui percebendo que ela estava com muito sono, como só tinhamos nós no onibus disse que ela poderia dormir sossegada, que nada aconteceria; então ela deitou a cabeça no meu colo e adormeceu. Depois de uns minutos percebi que o zíper da minha calça estava aberto, e como meu pau já doia de tanto querer aquela bucetinha dela eu resolvi me aproveitar da situação, puxei o meu pau pelo zíper da calça e fique enfiando na boca entreaberta dela, depois dei uma pirocada na cara dela e continuei até ela acordar. Quando acordou ela arregalou e subiu os olhos até a cabeça do meu pau, como se estivesse adimirando uma torre, então eu perguntei se ela gostou do meu “documento”, ela se virou pra mim e disse: – Tem um motel aqui perto vamos tirar um dia de folga lá. e eu respondi: – Não. Você agora é minha cachorrinha vai chupar o meu pau aqui e agora. Ela concordou com a ideia e começou a lamber a cabeça do meu pau e foi descendo até chegar nas minhas bolas, e então ela abriu a blusa e começou a esfregar as tetas dela me fazendo gozar na cara dela, depois ela levantou a saia e mostrou que estava sem calcinha, e pediu que eu desse uma surra de piroca na bucetinha dela, então ela começou a cavalgar frenéticamente e a gemer baixinho pra ninguem ouvir, mas depois de gozar dentro da bucetinha dela ela disse que queria levar uma surra de pica digna de uma vadia, então ela se levantou e chamou o cobrador, então ela levantou a saia pra ele e disse: – Olha o que ele fez, moço. Gozou na minha bucetinha toda, e agora ele só quer meu cuzinho. Pode comer minha bucetinha enquanto ele pega o cuzinho? Ele abaixou as calças e disse que ia ajudar no que fosse presciso, então ela sentou na minha piroca e enquanto eu arrobava o cuzinho dela o cobrador ia fudendo a bucetinha dela, e assim nós continuamos por muito tempo até quando chegamos ao ponto final e nós dois demos uma surra de piroca na cara dela deixando ela toda gozada.

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *