Fudendo a a coroa dos meus sonhos

Olá tudo bem, Trabalho em um prédio na Av Atlântica ao lado do Hotel Hoton no horário noturno, nesse prédio existe uma mulher já pelos seus 50 e poucos anos chamada Fátima, cabelos ruivos, 1m 76cm, uma delícia de mulher, simpática e com um cheiro doce maravilhoso, toda vez que desce de seu apartamento deixa impregnado na portaria.
Um dia sonhei que estava fazendo amor com ela na sacada de sua varanda, acordei todo gozado de tanto tesão.
Em uma bela noite de verão estava eu na portaria lá pelas três da manhã quando ela chegou de uma festa, já um pouco alta pois tinha saído para beber com umas amigas, sentou se na poltrona que fica no hall da portaria e começou a

conversar comigo, simpática como sempre era, me dizia coisas de sua vida como o porque se separou de seu marido, estava uma madrugada quente então resolvi ligar o aparelho de ar condicionado para que ela pudesse se sentir mais fresca, conversamos bem a vontade, era período de férias então não tinha quase ninguém nos apartamentos, pois a maioria tinha viajado para o exterior. Conversamos mais um pouco e ela decidiu subir, então ela me perguntou se eu podia subir com ela para tomar alguma bebida gelada, porém estava no meu expediente então perguntei a ela se poderia ser no dia seguinte, já que estaria de folga então ela me disse que eu ficaria devendo esse papo a ela é a companhia para beber uma gelada, então ela me fez prometer e eu prometi, sendo assim ela me deu o número de seu celular.
Dia seguinte estava de folga, porém tive que dizer a minha mulher que iria trabalhar pois o outro vigia estaria com um compromisso e me pagaria para trabalhar para ele, então ela não esquentou. Parti para Copacabana no meu horário de trabalho que é as 19 horas porém para encontrá-la, só que não fui para o prédio pois no caminho tinha ligado para ela e então me disse para eu a esperar em frente a um prédio onde mora uma amiga, um quarteirão depois, que iria me encontrar, e lá está a ela linda e cheirosa, chamou um Uber e fomos a um bar na Baixo Gávea, chegamos no bar e depois de alguns petiscos e algumas cervejas já estávamos conversando coisas bem intimas, não acreditava que aquela linda mulher estava feliz com minha compania, então lá pelas 21 horas ela me perguntou que poderíamos ir para um lugar mais reservado, disse que sim então ela chamou um outro Uber e saímos fomos direto para o seu apartamento, não estáva acreditando no que estava acontecendo, tinha sonhado com aquela gata e estava próximo a se tornar realidade.
Chegando lá, sentamos e bebemos mais algumas cervejas, então ela me disse que estava achando aquilo muito divertido e aconchegante, e em um clima mais romântico começamos a nos beijar e tocar carícias. Ela estava com uma calça legging que realçava bastante suas curvas, parecia que estava com uma calcinha bem pequena, daí a beijei mais intensamente, arrancando alguns suspiros daquela linda mulher, acariciando sua nuca, seus seios e ouvindo seus suspiros, foi quando ela começou tocar levemente o meu pau que já estava duro, abriu o zipper da calça e o colocou para fora fazendo uma suave punheta e dizendo que meu pau era lindo, não demorou muito e ela abocanhou, uma boca suave como veludo, chupando a cabeça, dando leves mordidas e voltando a mamar, daí ela me disse: “ sabe desde quando eu não tenho uma noite assim, desde um pouco antes do meu ex marido me dar uma surra em uma noite que saímos, não me senti segura para sair com nenhum homem até hoje, mesmo sabendo que você é casado, me sinto segura para me entregar a você” então a beijei com mais intensidade, já começando a despir aquela mulher, ela é malhada, se cuida bem com exercícios na academia, e pude perceber ao tirar lentamente o seu sutiã e ver aquele lindo corpo, comecei a beijar seus seios, sugando e lambendo seus mamilos, até descer os beijos pela sua barriga sarada e começar a tirar aquela calça e ver que realmente estava com uma calcinha bem pequena, que era tão sexy mas quis retirar, só para ver aquele sua buceta com fino caminho de pelos negros, e sentir o perfume, doce misturado ao perfume de sua buceta que na altura do momento já estava molhada, então comecei a lamber seu clitóris, chupando seus grandes e pequenos lábios, sentindo o gosto daquela mulher maravilhosa com quem tive um sonho muito exitante, e estava se concretizando, chupei muito aquela buceta e logo ela teve seu primeiro orgasmo em minha boca, então continuei chupando e lambendo degustando seu mel, até ouvir ela implorando para penetrar la, é assim fiz, com ela de pernas abertas meti minha pica grossa com veias pulsantes naquela buceta linda ali mesmo no sofá fazendo leves movimentos, deixando a gata bem relaxada, e ao mesmo tempo a beijando gostoso, até que senti sua buceta pulsando, estava gozando pela segunda vez, gemendo baixinho. Logo ela é tão veio por cima de mim comigo sentado na beira do sofá, quicando e rebolando gostoso com meu pau dentro daquela buceta quente e ensopada de gozo, enquanto ela sentava eu beijava aqueles seios firmes, seu pescoço e sua boca, então ela começou a quicar mais rápido, eu ouvindo ela gemer e sentindo seu gozo escorrendo pelo meu mastro, para logo então ouvir ela dizendo: “aí gostoso está me fazendo gozar de novo, aí que delícia, vai me fazer gozar a noite toda, vai?” Disse que se possível sim, então a coloquei de quatro e voltei a chupar aquela buceta, buceta, sentindo o gosto daquele melzinho gostoso, beijando aquela linda bunda e abrindo bem para lamber aquele cuzinho, que me parecia virgem de tão apertado ao tentar enfiar minha língua nele, até que ela me disse que nunca tinha feito sexo anal, aquilo me deixou mais excitado, então com ela de quatro penetrei novamente aquela xota, só que dessa vez metendo a pica com mais força a puxando pela cintura, acariciando aqueles seios e beijando suas costas com músculos definidos, e durante muitos minutos fazendo o mesmo movimento.
Nossa como eu poderia imaginar que pudesse transar com aquela mulher no qual eu admirava todos os dias ao descer para a academia, então resolvi que deveria aproveitar o máximo, como se fosse um momento único, a colocar de ladinho no sofá queria comer aquela buceta e novamente beijar aquele pescoço e sua boca, segurando uma de suas pernas no alto, ela rebolava tão gostoso, senti que ela iria gozar novamente e que eu também não ia demorar, até que então sua buceta começou a pulsar novamente pois lá vinha mais um gozo daquela coroa ruiva linda, então com seus gemidos não estava aguentando mais, queria gozar junto com ela e foi o que aconteceu, em sincronia com os seus gemidos jorrei um jato forte e quente de leite dentro daquela buceta linda e ela me dizendo: “nossa gato, que tesão que você me deixou” com meu leite escorre do pela sua buceta, então permanecemos ali, namorando.
Pegamos uma água em seu frigobar, então ela me disse que queria tomar um banho de hidromassagem comigo, então topei fácil, e lá namoramos mais um pouco, foi quando ela me disse que queria tentar uma coisa comigo, me dizendo que nunca tinha feito sexo anal com qualquer homem, inclusive o seu ex marido, dizendo que ele tinha nojo e que delirou quando eu lambi o seu cuzinho, foi aí que fiquei mais empolgado, nos beijamos mais e mais, e ela começou a mamar meu pau novamente o deixando duro de mais, chupava até o final e também as minhas bolas, punhetando ao mesmo tempo, então a coloquei sentada de pernas abertas na beira da hidro e coloquei a pica já bem dura dentro de sua buceta, beijando sua boca ao mesmo tempo, e logo em seguida fomos para a sua cama e lá tranzamos mais gostoso ainda, colocando ela de bruços e invadindo aquela xota, fazendo movimentos rápidos, então ela me pediu para que eu comesse aquele cuzinho apertado, então decidi dar mais uma lambida para deixá-la relaxada, e deu certo, coloquei ela de quatro e bem devagar fui empurrando, senti que ela estava gostando e quando menos percebeu já estava todo dentro, com movimentos suaves fui puxando ela pela cintura, senti que estava gostando muito, seu cuzinho piscava rapidamente e enquanto estava sendo penetrada eu masturbava seu clitores gostoso até ela gozar novamente e me pedir para socar com mais força, e a seguir pedi para que ela sentasse de costas com o cuzinho, senti a piroca pulsando queria gozar naquele cuzinho, então disse a ela, que queria gozar para ela novamente, então ela me disse: “amor, quero beber todo esse leite porque você merece, por todo gozo gostoso que tive” então fui, tirei a pica do cuzinho dela e meio com sede me mamar, e me masturbar, até eu jorrar um novo jato de porra quente em sua boca, e ver ela bebendo cada gota, ouvindo ela dizer que foi a noite mais maravilhosa que já teve, então dormimos juntinhos e fizemos novamente ao acordar. Pela manhã bem cedo sai disfarçadamente pelas escadas me direcionando a um dos quartos reservados aos porteiros
Hoje sou seu melhor amigo, ela sempre dá alguns presentes para mim e minha esposa, e sempre que ela precisa de mim, estou a sua disposição.
Que mulher madura e maravilhosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *