Da festa para o motel com um desconhecido

Eu fui numa balada funk e adoro ficar empinando na frente dos paredões, sempre tem algum garoto que passa a mão boba.
Nessa noite eu estava doida, já tinha bebido e um top, estava bem solta.
Usava um shortinho só com a calcinha por baixo e claro isso deixava todos lokos para me pegarem.

Mas eu estava era dançando e em certo momento vi um garoto desconhecido me olhando perto do paredão, era um gato e eu comecei a dançar para ele.
Certa hora ele veio e ficou bem atrás de mim e me começou a passar a mão na bunda, eu empinei ainda mais.

Então ele me puxou dali e eu me deixei ir.
Me levou para trás de um dos paredões e começamos a nos beijar e ele a passar a mão no meu corpo, eu tremia de tesão.

Então ele me meteu a mão dentro da calcinha e me passou a bulinar a bucetinha diretamente, eu estava toda melada e doida de tesão, me acabei nos braços dele , entao saimos da festa e fomos no carro dele para um motel bem pertinho.
Mal chegamos ele me deixou nua e me chupou a buceta.
Logo eu estava de joelhos com o oau dele na boca mamando com vontade.

Depois ele me deitou de costas e meteu papai mamãe, entrou todo de uma vez e eu gemi.
Ele me meteu por jm bom tempo me fazendo gozar muito, depois de 4, de lado e sempre variando entre o romantico e o animal que me metia com força.
Gozei várias vezes pedindo para me comer como putinha e ele meteu muito.
Até que tirou o pau e começou a gozar nos meus peitos muita gala quente e grossa o que me fez gozar de novo.
Então ele me meteu o pau na boca e eu acabei fazendo ele gozar de novo na minha boca, engoli tudo.

Me senti uma putinha com um desconhecido, ele se levantou e vestiu eu fui me lavar e me levou de regresso a festa, nunca mais o vi nem sei seu nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *