Comido pela massagista

Esta semana fui a São Paulo em trabalho. Descobri que perto do meu hotel tinha uma casa de massagens e como tinha umas horas livres decidi ir descontrair um pouco por lá. Entrei e logo comecei a ver o plantel que tinha umas gatas bem interessantes. Tinha umas mais namoradinhas, outras mais cachorras… e acabei decidindo ir com a Elisa, uma baixinha peituda, já coroa mas com muito ar de safada. A recepcionista me levou até ao quarto e fui tomar um banho. Pouco de pois Elisa chegou e se juntou a mim. Começamos logo ali nos beijos e amassos. O peito era ainda maior do que parecia quando estava vestida e tinha um bundão que me deixou logo. Depois de muita pegação no chuveiro fomos para a cama. Logo começou numa chupada bem gostosa. Chupava muito bem a safada. Consegui a virar e começamos num 69 bem gostoso. Enquanto lhe chupava o grelinho, metia os dedos na sua buceta e depois comecei a dedar o seu cuzinho. Ela chupava com mais força… estava a gostar. Quando já tinha um dedo enfiado na sua bunda e sugava seu grelinho, ela virou e pergunto “Gosta de bunda, safado?”, e eu disse que sim… logo respondeu “Eu também… posso brincar com a sua?”. Eu adoro fio-de-terra e logo aceitei. Ela continuava chupando mas agora com os dedos da mão direita fazia movimentos circulares ao redor do meu cuzinho… cada vez se aproximava mais e o meu tesão aumentava. Quando estava bem perto do buraquinho molhou um dos dedos com saliva e começou a forçar a entrada… foi entrado um pouco, mas ela queria mais. Eu continuava chupando mas já sem a mesma intensidade… estava a me entregar totalmente a ela. Ela puxou de uma camisinha e do gel… e meteu a camisinha em um dedo, e encheu de gel. Meteu também gel no meu cuzinho e começou a enfiar mais fundo. Não sei como aconteceu, mas em 1 minuto eu já estava de 4 e ela por detrás sentada me fodendo com seu dedo. Aí começou dizendo que eu estava sendo comido por seu vizinho, o Rodrigão. Que eu era a puta do Rodrigão e que tinha que o satisfazer. Eu estava louco de tesão, ela me tinha pego de surpresa e eu tinha perdido totalmente o controle. Me perguntou se eu queria mais, que tinha um pau enorme no seu cacifo e que ela queria muito que eu fosse sua puta. Eu só podia dizer que sim… e ela avisou que era mesmo grande e grosso e que eu teria que o aguentar todo. Ela desceu e eu fiquei deitado de bunda para cima. Quando voltou, logo tirou o pau e disse que eu não podia olhar. Encheu minha bunda de gel e logo colocou o pau na minha entrada. Foi entrando devagar… a cabeça era bem grossa e custou bastante… mas logo teve o momento em que ela força um pouco e tudo entra. Dei um grito de dor e ela avisou que agora eu tinha que aguentar tudo. Me pediu para ficar de quatro e começou num vai-vem muito gostoso. Eu tentava me tocar mas ela avisava que eu não podia gozar. Ela perguntou se o macho estava gostando de ser comido pela puta e eu respondi que já não era mais macho que queria ser tratado como uma puta e que ela era o macho. Aí ficou louca e começou a meter mais fundo e rápido. Doia pois era grosso e ela não queria nem saber de abrandar. Dizia que a puta tinha que dar o cú todo… tinha que ser arrombada até ficar com o cú todo aberto. Eu estava completamente dominado ele me fodia sem dó. Meu cú já aceitava aquele pau grosso sem qq problema e meu pau estava duro e prestes a gozar. Aí tocou o telefone interno, avisando que tinha acabado a hora. Ela me olhou e perguntou se eu queria ficar por ali ou continuar a ser a sua putinha? De quatro com o pau enfiando no meu cuzinho e louco por gozar, não tive dúvidas. Queria continuar a ser putinha por pelo menos mais uma hora. Ela comunicou que ficariamos mais uma hora e logo voltou para a cama… pegou no pau e recomeçou a me comer e a dar tapas na bunda. Me chamava de puta, piranha, cadela, cachorra… nossa, eu me sentia uma puta gemendo bem alto. E ela cada vez me comia mais rápido e forte. Não demorou e me colocou de franguinho assado. Me fodeu assim e me chupava o pau duro. Eu estava prestes a explodir e lhe pedi para me deixar gozar. Ela aceitou e disse que eu tinha que gozar em sua boca. Nem 10 segundos aguentei… e gozei muito na sua boca enquanto ela continuava metendo aquele pau grosso no meu cú já muito arrombado. Ela sugou tudo e parou de me comer. Deixou o pau todo enterrado em meu cú e começou subindo no meu corpo… até que seus labios cheios de porra encontraram os meus. Me beijou intensamente e partilhamos o meu gozo. Ficamos nos beijando por uns minutos e engolindo a porra. No final não sobrava nem uma gotinha. Eu estava exausto… e agora o cú me doia bastante. Ela se levantou foi buscar papel e tirou devagar o pau de dentro do meu cú. Parecia que doia mais do que quando entrou. Finalmente saiu e eu me sentia todo ardido. Ela limpou e me disse para virar de costas pois agora iria fazer uma massagem.Me encheu de creme e começou massajando minhas costas com seus peitos enormes… E me falando perto do ouvido, que ela adorava comer putinhas como eu. Que era casada e seu marido também adorava dar o cú para ela. Que tinha adorado o meu cú e que teria que voltar. E que da próxima vez, queria se encontrar comigo fora e levar um amigo bem pauzodo para me comer.E que me iria vestir de putinha para que seu amigo tivesse ainda mais tesão e me fodesse sem dó. Ao ouvir tudo isto, fiquei de novo de pau duro. Ela metia suas mãos por todo o meu corpo e viu que meu pau já estava de novo vivo… Me virei e ela logo o abocanhou. Chupou com todo o tesão e eu apesar de ter gozado pouco antes, estava estão excitado que logo gozei de novo. Desta vez ela não me deixou gozar na sua boca. Deixou que tudo caisse na minha barriga. Fiquei quase sem sentidos… e despertei quando o telefone tocou de novo, para sinalizar o final da segunda hora. Ela foi então para o chuveiro enquanto eu descansei. Quando saiu, fui eu para o banho. Antes de sair nos beijamos profundamente e ela me disse que tinha adorado. Que me queria encontrar fora e fazer loucuras com um macho bem pauzodo. Que adora ver uma putinha como eu dando o cú para um pau grosso. Resumindo… fui lá para foder uma buceta e acabei dando o cú… mas fiquei feliz por isso pois gozei muito.

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

2 thoughts on “Comido pela massagista

  1. Adoro mulher que faz inversão- gozar assim e uma delicia
    Meu pinto fica duro e meu cuzinho pisca dentro da calcinha
    cdbaixinha@gmail.com
    Ninguém imagina que discretamentente enfio consolos no meu cu e uso lingeries
    sp interior campinas sorocaba e viajante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *