Um estranho me comeu no réveillon.

É o meu primeiro conto publicado, aconteceu realmente só mudarei os nomes. Tenho cabelos vermelhos, várias tatuagens, falsa magra, seios pequenos, bumbum grande. Bora lá!

Sexo Por Telefone

No dia 31/12/17 decidimos ir pra São Thomé das Letras de última hora, ficamos em um camping. Na noite de réveillon subimos pra montanha, começou a garoar, fazia muito frio, então o pessoal resolveu ir embora dormir, mas eu e minha amiga queríamos curtir. Resolvemos ficar andamos nas montanhas, fomos pra pirâmide, fomos em um bar. Já estávamos cansadas resolvemos ir embora. Na decida pro camping sentamos na calçada e tinha um carinha que era um gatinho ( assim irei chamar ele no conto TB), não estávamos muito próxima dele. Minha amiga falou:


— Olha que gracinha!
Eu respondi: — Um pedacinho do céu!
Nisso chegou um carinha e sentou entre a gente e o Gatinho. Um cara muito Loko, falando muito e de rastafari, uma gracinha TB. Amigo do Gatinho Deu ideia na minha amiga e acabou beijando ela. Enquanto isso o gatinho e eu estávamos parecendo dois castiçais, um em cada ponta. Tomei uma atitude e fui senta do lado dele, quase sentei no colo dele, fui me desculpar ele disse:
— Imagina! Quanto mais perto melhor. Rsrs
Ficamos conversando um tempo, do nada ele vira e me chama pra dormir com ele. Eu aceitei sem nem pensar. Minha amiga tava na dúvida se ia ou não. Acabei convencendo ela e fomos. No caminho o Gatinho me pegou, me encosrou em um carro e me beijou, puxando meu cabelos, descia a não na minha bunda. Foi assim até chegar na casa que eles alugaram. Lá ele me chamou pra ir no terraço, a vista lá de cima é linda. Me agarrou, me beijou, enviando a mão dentro das minha calça, eu ficando louca de tesão. Então ele abriu a calça dele e falou:
— Chupa, mama bem gostoso no meu pai! Comecei a chupar, ele gemia e me xingava de puta, puxando meus cabelos, me forçando a chupar tudo, o pai dele devia ter uns 18 cm, e eu adorando a situação, morrendo de medo de alguém das casas de cima ver ou da rua. Isso me deixava mais molhada. Quando ele viu que já tava toda babada a pica dele, ele me mandou levantar, já me virou de costas, beijando meu pescoço, ele colocou o preservativo e meteu sem dó na minha buceta. Dizia sem parar que minha buceta é muito gostosa, me chamando de cachorra delícia. Ele disse:
— Cachorra!
Eu respondi: — Eu sou Cachorra, e vc cachorro.
Ele: — Eu sou o cachorro que tá te comendo. Nisso escutamos vozes, tinha um povo descendo a rua e dava pra eles verem a gente kkkkkk
Descemos pra parte de baixo do terraço. Ele continuava comendo minha racha, puxando meus cabelos, me apertando, dando tapa na minha bunda. Aí senti ele tirando da buceta e morando no meu cuzinho. Ele descobriu meu ponto fraco, pq eu adoro dar o cuzinho. Ele falou no meu ouvido.
— Agora gostosa vou comer teu cuzinho. Eu só gemia em resposta, meu corpo todo arrepiado. Ele foi metendo, eu pedia pra ele ir devagar, quando a cabeça entrou ele não quis nem saber já me apertou e meteu tudo. Eu gemia mais alto, ele dizia o quanto meu cuzinho é gostoso, muito apertado, que ele queria ficar daquele jeito, que tava muito gostoso. E os tapas na minha bunda comia solto. Ele foi metendo aquele cacete gostoso até que gozei , ele gozou um tempo depois, ficou colado em mim, quando desgrudamos quase caí, minhas pernas estavam trêmulas. Acabei nem dormindo lá. Lógico que pedi o Whats dele e sempre rola uma conversinha sem vergonha e uns nudes hahaha.
Espero que gostem! Bjs

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *