Sonho com 3 machos roludos

Bom para quem já leu meus contos sabem que sou passivo a pouco tempo, embora curta muitas mulheres e vou continuar assim, a cada dia penso mais e quero sair com dois homens. Sou branco bem queimado de praia, marquinha de sunga, 42anos aparentando menos tanto no corpo quanto no estado de espirito, 1,66 com 66 kg, tenho um corpo em forma embora não malhado. O que passo a relatar é um sonho que tive esta noite e não podia deixar de compartilhar com vocês. A poucos meses sai com um cara de uma academia, foi na casa dele, o cara é um tesão, mas um babaca ao mesmo tempo, no que seria nosso segundo encontro ele leva pra casa mais uns amigos para dividir meu cuzinho com eles, porra sacanagem….. se já tivéssemos saído outras vezes e combinássemos algo assim eu até pensaria na idéia, mas assim no susto eu não topei, o fato é que isto ficou martelando minha cabeça, a possibilidade de sair com mais de um cara, só que não sou do meio e nem da noite, então complica porque sou tímido. Vamos ao sonhos desta noite. Estava eu agora em uma nova academia e já com alguns dias rolou algumas amizades, tudo rolava normal e depois de mais um dia de trabalho e malhação a noite fui para ducha. Na hora só tinha mais 2 alunos e o professor que era o dono da academia, um moreno lindo alto corpo bem definido,um tesão. Entrei no banho e logo em seguida todos estavam na ducha, não passou despercebido deles que eu não tirava o olho do corpo tesudo do professor, nem reparava nos dois que começaram a chegar mais perto de mim e quando dei por mim um deles já de pica dura encosta em minha bunda para logo em seguida pedir desculpa rindo da situação. Nisso o professor se vira e me pega olhando sua linda e grande pica mesma ainda mole e pergunta seu gostava. Respondo que só poderia saber se pudesse experimentar. Nisso ele chega mais perto e manda eu pegar,o que nem precisaria, pego aquela pica que começa a dar sinal de vida e logo sinto outra roçando minha bunda, eram os outros dois,bem mais novos, mas com um corpo malhados e embora não fossem bonitos eram tipo normal. Caio de boca na pica que a esta altura já estava grande, grossa e lustrosa. Chupo gostoso para o delírio do profe. O outro com uma pica nem grande nem pequena ainda estava no sarro e o terceiro veio para frente afim de ganhar uma boa chupada. Era uma bela pica daquele jovem rapaz e logo tinha duas picas, uma na boca e outra para punhetar e assim fiquei alternado enquanto o outro já metia os dedos lubrificados com sabonete em meu rabinho apertado, logo em seguida ele aponta sua pica no meio do meu buraquinho e sem muita paciência vai logo metendo sem dó. Para minha sorte ele era o de pica menor, o que ajudava para amaciar para as outras picas maiores, a esta altura o professor já estava louco de tesão de tento ser chupado e punhetado, dizia que ia arrombar meu cu e me fazer feliz naquela noite,que em todas as minhas aulas iria meter no meu rabo sem pena. Aquilo só me fez jogar minha bunda contra a pica invasora com amis vontade e a medida que eu rebolava e ele metia o gatinho como era novo não aguentou e logo esporrou muito dentro de mim, ficando com as pernas bambas ele deu a vez para o outro amigo, mas logo o profe. reclamou e disse que era a vez dele, pedi com jeito que ele fosse o último por ser o maior e mais grosso, dei uma bela chupada com força em sua linda cabeça e ele concordou. O rapaz já estava com sua pica de bom tamanho apontada e me invadindo sem perda de tempo, gritava de dor e prazer, realmente era uma pica maior e ainda no inicio,mas logo com bombadas ritmadas, profundas e constantes a dor se transforma em prazer, o garoto sabia meter e me dava muito prazer, mas a cereja do bolo estava ainda em minhas mãos e boca. O garoto que já tinha gozado volta a ativa e vem dividir minha boca com o profe. que já estava se segurando para não gozar, queria a porra dentro de mim. O segundo aumenta a velocidade das bombadas anunciando o gozo,um alivio porque ele metia com muita força, mas um temor porque a maior das picas ainda estava por vir. O garoto enche meu rabo de porra e pede que eu limpe sua pica com minha boca. O professor vai para um banco de madeira e senta na ponta e manda que eu sente rebolando em sua pica. Me coloco na posição e vou rebolando lentamente tanto para aproveitar como para não doer. Era uma pica realmente grande e grossa, vou me ajeitando e rebolando até chegar o momento em que minha bunda encontra se seu colo. pronto, já estava tudo dentro, começo a subir e descer lentamente e ainda rebolando como uma puta naquela pica deliciosa, eu gritava que era uma puta feliz, que era a melhor pica que já tinha me comido. Ele diz que ainda ia ficar melhor e manda eu me deitar de barriga p cima, abre minhas pernas se ajeita para me comer num franguinho assado, nossa ele começa a bombar violentamente,muito rápido e fundo,meu cu queimava ardia, mas o tesão era grande,ele bombava sem parar e em cada lado do banco tinha uma pica esperando uma chupada, ele fica assim um bom tempo metendo sem parar, usando todo seu preparo físico e sua pica grossa já entrava a saia toda aumentando prazer, logo ele me chamando de putinha anuncia que ia gozar,os meninos se masturbavam e anunciam o gozo, eu me punhetava a esta altura e gozo muito rápido enchendo minha barriga de porra, logo para minha sorte o profe. da um urro e goza metendo lá no fundo e ficando parado, pulsando sua tora dentro de mim. Os dois garotos gozam na minha cara e barriga, logo fomos para o banho, o profe me diz que eu sabia dar prazer a um homem e que eu rebolava gostoso, os garotos me abraçam e pedem para repetir em outro dia. Uma pena…….. acordei de pica dura e sozinho, não tinha uma pica para me dar prazer então fui tomar banho e bater uma bela punheta me lembrando partes do sonho, gozei gostoso . Agora é aguardar o dia que em que possa colocar ao menos parte deste sonho em prática, já tem um tempo que não tenho uma pica me dando prazer, estou com saudades. Aguardo comentários, bjsssssssss

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.