Quatro roludos me comeram gostoso

Sou Mary tinha 27 anos e sou ninfomaníaca. Vem sendo muito difícil conter meu tesão, então liguei pra uns amigos que compartilham desse mesmo desejo. Liguei primeiramente pro Lucas, meu colega de trabalho, depois pro Jack, e pro Pedro… Marcamos la na minha casa as 18 hrs. Quando os meninos chegaram tocaram a companhia, eu já cheia de tesão, abrir a porta e percebi que haviam chamado mais um amiguinho pra festa. Recebi todos com um beijo, senti o cacete duro do Pedro forçando a calça quando ele me abraçou. Ficaram sentados no sofá, peguei uns vinhos e taças. Depois de algumas taças eu e eles já estavam loucos de tesão, então Lucas me pegou de um jeito gostoso, tirou minha blusa, meu shortinho, Jack tirou minha calcinha ao mesmo tempo que ia beijando minha vagina. Jack me pôs de quatro na poltrona que estava sentada, beijou meu pescoço me deixando ainda mais louca. Tirou sua blusa e sua bermuda, os outros fizeram o mesmo, deixando aqueles pênis enormes na minha frente. Senti Jack forçando seu cacete grosso na minha vagina, já escorrendo de excitação. Deu a primeira estocada com força e foi aumentando a força e a velocidade, eu Continue lendo Quatro roludos me comeram gostoso…

Seduzindo o meu Cumpadre Roludo

Sempre tive um tesão enorme em minha comadre. Aliás, quem não teria? Formas perfeitas tudo firme, solteira e independente, era uma ruiva de fechar o comércio.
Minha mulher e filhos, além de nada perceberem, tinham por ela um fascínio especial. Madrinha do caçula, sempre agradava o mais velho, “Pra não causar ciúmes”, e eu, absorvido por sua sensualidade, quase não aguentava. Minha mulher começou a perceber a partir do momento em que, toda vez que nos visitava, transava depois furiosamente, como no início da vida conjugal.
– Que efeito é este que Raquel exerce sobre você? Continue lendo Seduzindo o meu Cumpadre Roludo…

Uma portuguesa safadinha em minha vida

Era o final do ano de 2008, eu trabalhava numa grande construtora como administrador, e com os recessos de final de ano, entramos todos em férias coletivas.

Quando me mudei para cá, meu primeiro emprego de verão foi no Emperor, como garçom do luxuoso restaurante que eles tem. Naquela antiga classificação de hotéis por estrelas, o Emperor praia levava a classe de 4 estrelas. Só não era 5 estrelas por ser um hotel de praia, com chalés na grande campina próxima do oceano e apartamentos num prédio de dois andares apenas. A falta de um elevador custou-lhe a tão cobiçada quinta estrela. Continue lendo Uma portuguesa safadinha em minha vida…

Minha esposa totalmente arrombada

Olá,meu nome é diego e venho relatar sobre um sexo que aconteceu ontem.
Eu minha esposa estamos juntos há 8 anos e sempre procuramos nos apimentar cada dia mais.
Só que ontem ela me surpreendeu,estava fudendo ela gostoso de quatro,quando ela disse que meu pau estava mole. Mais logo tirei o pau daquele bucetão e vi que meu pau estava duro igual madeira,e logo percebi que ela estava aberta e perguntei pra ela se ela queria outro pau. Continue lendo Minha esposa totalmente arrombada…

Comendo a mãe safada da vizinha nerd

A porta se abriu levamos um susto eu e Isabela, por que não esperávamos nínguem naquele momento, ainda mais quem, era sua mãe, olhando para nós dois pelado e exalto de tanto transar, pulei da cama coloquei minha roupa rápido e mãe da Isabela so olhando tipo pasma com a situação, me arrumei e fui sem falar nada. A mae( nome dela era Michele) de Isabela ele é uma mulher linda uma mulher toda bem arrumada toda o estilo sem nada fulgar ate no seu dia a dia,ela é uma mulher com seu 1,60, peito médio, com seu no máximo 55kg, toda durinha, e igual a filha tem uma idade que não parenta ter com seus 45 anos com corpo de uma mulher de 25 a 30 anos. Continue lendo Comendo a mãe safada da vizinha nerd…

Carona com meu professor gostoso

A sexta feira começou muito ruim, acordei atrasada, tinha prova de biologia no primeiro período e o pessoal da republica já tinha se mandado, ou seja, perdi também a carona. Procurei não me estressar, tomei um banho rápido, vesti uma saia e um camiseta branco, peguei minha bolsa e a pilha de livros e saí correndo, perdi a prova e tomei uma baita bronca do professor. Eu estava tão cheia de raiva que nem prestei atenção nas outras aulas. Quando saí da sala de aula vi uma galera parada na porta, só então percebi que estava chovendo, sempre adorei chuva, aquela era uma boa oportunidade pra relaxar, deixei meus livros no armário e caminhei até a porta, precisei abrir caminho entre as pessoas pra poder chegar até la, ouvi cochichos de algumas estressadinhas, mas nem dei bola, saí no meio da chuva, não demorou muito e minha roupa já estava ensopada, eu já estava chegando no portão da faculdade quando um carro parou ao meu lado e abriu um pouco o vidro. Continue lendo Carona com meu professor gostoso…