Final de Semana Flagrante e Pecado

Oi, sou Ronaldo, tenho hoje 21 anos, moreno claro, 1.78, cabelos curtos, tenho uma irmã que se chama Juliana, morena jambo, baixinha, cerca de 1,62, usa lente de contato cor azuis claros, aparelho odontológico, cabelos encaracolados, eu a chamo carinhosamente de caxuda, por causa dos cachos, seios empinados, bunda empunhada e aparenta ser durinha, esse apelido de caxuda não é só pelos cachos e sim por ela ser uma ninfeta e eu que coloquei esse apelido nela, por isso não vou citar a cidade que moramos nossos pais acham que é somente pelos cachos dos lindos cabelos imponderado da morena, bom, Juliana e eu até hoje somos bem unidos, claro que nunca ouve nada demais, quando acontecia de falar sobre sexo ela fazia questão de falar em detalhes e exigia que eu desse detalhes, porém ela nunca havia me contado sobre ela ter experiência com uma amiga dela que mora no mesmo condomínio a historia que segue resultou em incesto uma relação entre eu e Juliana e sua amiga Camile, uma moreninha clara pouco mais de 1,70, cabelos lisos, olhos castanhos claros, lábios de boca pequena, a situação segue assim:

Nunca houve nada entre eu e elas, e nem sabia que elas se envolviam muito embora Juliana tinha um namorado e haviam tido outros, estávamos em casa era um final de semana eu tinha que ir na casa de um amigo terminar trabalho da faculdade, Juliana e Camile estavam convesando no celular quando perguntei; caxuda quer me encontrar no shopping para tomar um sorvete? Ela responde que não poderia que estava esperando Camile chegar que iam sair para casa de uns amigos, então tomei banho e me arrumei quando estava quase no horário de sair o porteiro avisa que Camile estava na portaria, Caxuda liberou a entrada e quando eu cheguei eu sair chega Camile, vestida numa saia jeans curta, blusinha tipo top, cabelo soltos, um tamanquinho de madeira, voltei e chamei minha irmã no quarto e disse que Camile estava tão gata que ela merecia uma homenagem mais queria que ela tentasse me colocar na fita de Camile.
Minha irmã disse que Camile estava namorando e que tentaria e me avisaria, então sair com pressa, no meio do caminho acabei lembrando que esqueci meu notebook na mesa do meu quarto, parei num mercadinho para comprar Gatorade, e acabei ficando uns 15 minutos vendo uma noticia sobre ENEM, então retornei para casa para pegar o notebook.
Abrir a porta sem fazer barulho sem intenção até porque era costume fazer isso, coloquei a mochila em cima do sofá e ouço risos, até aí tudo bem, quando me aproximo do corredor, ouço minha irmã dizer: “Aproveita e faz um desenho de um coração na minha buceta, cuidado para não cortar meu grelo viu kkkkkkkk”, nossa imaginei mil e umas putarias.
Quando eu chego na porta e com todo cuidado eu comecei a olhar, vejo Juliana deitada na cama dela com a cabeça apoiada num travesseiro, bunda próxima da borda da cama e as pernas abertas enquanto Camile com minha maquina de cortar cabelo que uso para aparar barba e desenha-la ela aparava os pelos da buceta da Juliana e fazia o dito desenho de coração, Camile apenas de calcinha de renda, nenhuma das duas me via, nesse momento eu não sabia o que fazer, se sai e deixava aquelas duas safadas terminarem de colar velcro ou sabe-se lá, rapidamente, fui a sala fiquei uns 5 minutos de pau extremamente duro com medo de sair e com medo de dar o flagrante, então eu tire a camisa e fiquei somente de bermuda de moleton, fui novamente para próximo da porta, e comecei a bater uma punheta, não dava para ver todo o corpo de Juliana mais partes como seios e são lindos, bicudos empinados, eu já os tinham vistos, num momento, elas se movimentaram e quando voltei a olhar, ví uma cena que me deixou com mais tzão ainda, Camile deitada e Juliana de quarto de pernas no chão debruçada na cama com a cara no meio das pernas de Camile, nossa.. eu tirei a bermuda e comecei novamente aquela punheta, inevitavelmente na intenção da Caxuda com aquela raba quase apontando para mim, uma buceta linda e fechada, quando Camile começou a gemer eu não aguentei entrei e colei na raba de Caxuda, as duas tomaram um baita susto quando Caxuda, minha irmã tenta sair e eu com aquela jeba no meio das pernas dela roçando na buceta melada então dei a voz… NÃO SAI NINGUEM, VAO CONTINUAR E FAZEREM DE CONTA QUE ESTAO SÓS!.
Foi quando Camile diz, TA LOUCO, ISSO É INCESTO RSRSR!
Apenas eu disse você está muito bem informada, fica na tua com essa buceta linda que Juliana vai continuar a dar um trato, quando eu quiser falar com você, aí você saberá quando chegar a sua hora!
Enquanto Juliana chupava a buceta da amiga toda desconfiada colocando a mão na buceta para eu não cometer incesto, eu alisava aquela bunda linda, coloquei uma das mãos embaixo e tirei a mão dela, quando eu enchi naquela bela buceta percebi que os pêlos da buceta só tinha mesmo na virilha num formato estranho kkk era o coração.
Eu massageava e tentava meter dedos, ela tirava eu insistia, quando ela olha para trás e diz; AÍ NÃO, SOU VIRGEM!!! Não acreditei e pedir para conferir ela deixou, ela era fechada mesmo, perguntei como ficaria, ela disse que não podíamos, me afastei dela e mandei ela deitar com a cabeça na barriga de Camile, me posicionei no lugar dela e comecei a chupar a xereca de Camilinha que começou a gritar e gemer, Juliana olhava para minha cara eu olhei para ela e disse: DAQUI A POUCO É SUA VEZ, SÓ QUE PRIMEIRO, DEITA O ROSTO NA BARRIGA DA SUA AMIGUINHA BEM PROXIMO DA XERECA DELA E FECHE OS OLHOS ABRE A BOQUINHA!
Me afastei e comecei e penetrar na rachada de Camilinha, eita buceta apertada da porra!!!!
Puxei um pouco a cabeça de Juliana para bem perto, tirei da buceta e enfiei meu pau na boca de veludinho da Caxuda, nossa eu tinha que me controlar, eu metia bem devagar, mandei ela parar e ficar no 69 com Camile, Camile enfiava a língua naquela buceta virgem quanto eu metia na buceta de Camile e tirava para Juliana chupar ficamos assim por uns minutos e tive que parar e dar um tempo, mandei as duas deitarem uma ao lado da outra abrirem as pernas e cada uma mexer na buceta da outra, notei que Caxuda colocou um travesseiro no rosto para não me encarar, quando eu cair de boca na buceta apertada da minha maninha que começava a gemer, gritar mordendo o travesseiro, eu queria uma buceta para meter, mandei Camile ficar de quatro por cima de Caxuda e naquela posição meti a rola na buceta apertada dela, foi gritaria, palavrões e Caxuda preocupado com a exposição daquela buceta, eu metia numa de olho da buceta da outra, eu sabia que naquele momento não tinha volta mais também não podeia cometer erro de engravidar nenhuma delas mais eu queria muito meter na Caxuda, não estava nem aí para nada só queria meter e meter, eu pedir e nada, então eu disse, SE NA BUCETA É PECADO E ENGRAVIDA, EMPINA ESSA RABA NINFETA QUE HOJE ERRA RABA É MINHA, Caxuda sai daquela posição fica de quarto segurando-se na cabeceira da cama, Camile senta quase nas costas dela mais apoiando as pernas no colchão se apoiando com as mãos na cabeceira de forma que minha irmã já oferecia aquela bunda empinada para mim e a buceta de Camile a minha disposição, então eu meti na buceta para molhar meu pai eu fiquei segurando minha irmão pelas cintura e metendo no bucetão de Camile que de santa não tinha nada, quando meu pau estava bem melado tirei pedi a Camile para cuspir na mão e passar na buceta e no cu de Caxuda, me posicionei atrás e comecei a tentar meter, eu sentir que ela estava com dificuldade mais não tentava sair até porque não tinha como, quando conseguir entrar com a cabeça ela solta um berro eu parei ela pede para parar, Camile sai da posição e coloca a buceta na cara de Juliana que tenta chupar mais não consegue de sentir dor, mandei Camile voltar para a posição eu tinha planos para aquela buceta, voltei a meter bem devagar quando conseguir comecei um vai e vem bem devagar, depois comecei a movimentar-se fiquei alí por uns 20 minutos estava tão gostoso, então eu tirei tudo e meti na buceta de Camile que não gostou da ideia pois não tinha camisinha e anal sempre vem com algo indesejado mais aparentava estar limpo, eu metia um pouco e voltava a comer o rabo de Caxuda, não tirei mais pedir para Caxuda olhar para trás e avisei que gozaria, ela pediu para tirar o pau de dentro eu acabei gozando parte dentro e parte enfiei tudo de vez na buceta de Camile que deu um pinote me chamando de louco, acabei melecando a bunda de Caxuda toda e parte do que gozei no cu dela escorria para a buceta, Camile passava a mão para limpar e passava na pele morena de Caxuda, elas caíram no colchão eu dei um beijo de língua na buceta de Caxuda e fui ao banheiro, isso foi num sábado mês de março de 2017 Caxuda tinha 18 anos e Camile tinha 19 anos.

4 thoughts on “Final de Semana Flagrante e Pecado

    1. Se gostou, vou postar continuação, da ultima, corremos risco risco de gravidez, na segunda tínhamos ido a um motel beira de estrada numa viagem ela quase engravidou e depois disso, demos um tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.