Comendo minha ex gostosa com o strap on

Então galera, to aqui pra contar pra vocês uma das minhas experiências sexuais. Pra quem não sabe eu tenho 23 anos, sou lésbica, cabelos pretos, olho escuro, tenho 1.70 de altura e sou bem gostosinha haha.
Há um tempo atrás eu namorava uma menina e a gente se dava muito bem quando o assunto era sexo. O nosso sexo era maravilhoso, eu amava comer ela e ela amava dar aquela bucetinha deliciosa pra mim. Nós costumávamos contar uma pra outra a respeito dos nossos fetiches e um que nós duas tínhamos em comum era usar um strap on. E lá fomos nós, ela comprou um pra gente usar, não era muito grande mas pra mim era do tamanho ideal.
Chegou o dia em que íamos estrear nosso brinquedinho, era sexta e eu dormiria na casa dela. Cheguei de noite e já fomos logo pro quarto.

Começava sempre beijando aquela boquinha bem devagar, até deixar ela doidinha de vontade de subir em mim. Gastava tempo nesses beijos e carícias, passando a mão na bucetinha dela por cima da roupa, sentindo a respiração ficar pesada. Puxava o cabelo dessa safada e ela adorava, gemia gostoso sempre que eu segurava na nuca e puxava o cabelo dela, fazendo ela olhar pra mim.

Eu deitei e ela sentou por cima de mim, e ficava rebolando no meu colo, esfregando a bucetinha em mim. Eu apertava os peitinhos deliciosos da minha safada, ela me olhava e rebolava gostoso, me olhando com cara de putinha e me provocando,e ela sabia que aquilo me deixava louca, completamente encharcada até que eu não aguentei mais e comecei a tirar nossas roupas, queria sentir logo aquela bucetinha toda molhada pra mim.

-Deita pra mim, e abre bem essas pernas, vou te chupar agora. Quero você molhadinha pra depois sentir esse pau grosso arrombando a tua buceta.

Ela era uma desgraçada, mas se tem uma coisa que ela sabia fazer era me dar gostoso, igual uma putinha safada, do jeito que eu sempre gostei. Eu abri aquelas pernas e chupei aquela mulher igual eu nunca tinha chupado antes. Mordia o grelinho, chupava com vontade e metia a língua dentro da bucetinha dela, arrancando uns gemidos deliciosos. Quando ela anunciou que ia gozar parei de chupar.

-Quero que você goze sentando no pau, e vai gozar gostoso pra mim, igual nunca te fizeram gozar minha putinha.

Vesti o strap, deitei na cama, passei um pouco de lubrificante e pus ela pra sentar de costas pra mim, queria ver aquele rabinho enquanto eu comia a bucetinha daquela safada. E que tesão, ver ela descendo no pau, olhar ele entrando aos poucos na bucetinha dela e ouvir os gemidos de tesão, em alguns momentos ela tampava a boca, pra abafar os gemidos, ela não queria que um casal de amigos nossos que dormia no quarto ao lado escutasse as nossas brincadeirinhas, mas eu não tava nem aí, queria aquela safada rebolando na pica e gemendo alto pra mim. Não demorou muito e ela já estava rebolando gostoso naquele pau, eu puxava o cabelo dela e segurava aquele rabo delicioso abertinho pra mim pra eu poder olhar bem praquele cuzinho e que cuzinho maravilhoso. Comecei a passar o dedo e brincar com aquele buraquinho maravilhoso dela. Ela nunca tinha dado o cuzinho antes, mas ela tava gemendo tão gostoso e é como dizem, quem não arrisca não petisca, e eu tava afim de arriscar haha.

-Fica de 4 e da esse cuzinho pra mim, vai amor. Deixa eu chupar ele bem gostoso e depois comer ele com esse pau que você tá adorando.

Nem precisei de muito pra convencer ela, foi só chegar bem perto do ouvido e pedir bem gostosinho que ela ficou de 4 e empinou aquele rabinho delicioso, virgem e bem apertadinho pra mim. Abri bem a bundinha dela e comecei a chupar aquele cuzinho, que delícia. Era tão apertadinho, eu quase não aguentava mais de vontade de arrombar ele todinho, mas tive que me segurar. Enquanto eu metia a língua no cuzinho dela e enfiava dois dedos naquela buceta toda melada, hora eu colocava um dedo dentro do cuzinho dela. E quando eu menos esperava:

-Vai amor, mete esse pau no cuzinho da sua putinha, eu sei que você tá doida pra me arrombar e eu não aguento mais de vontade de te sentir dentro de mim.

Ela não precisava falar mais nada. Abri aquele rabinho, passei bastante lubrificante no cuzinho dela e comecei a forçar o strap pra ir entrando bem devagar. Enquanto ela gemia gostoso eu puxava o cabelo e batia na bunda dela. Eu sabia que ela ia adorar. Fui enfiando cada vez mais, e vendo o cuzinho dela ficando todo arrombado, puta merda eu tava quase gozando só de comer aquela bundinha. E não demorou muito ela tava gozando só de me sentir no cuzinho dela e eu gozei logo depois, vendo aquele buceta meladinha, gozadinha e deliciosa pra mim. Mas ainda não tava bom, eu queria mais, eu queria sentir aquele pau dentro da minha bucetinha.
Fiquei de 4, abri meu rabinho e chamei ela pra me comer gostoso.

-Vem minha putinha, eu quero que você me foda. Mete esse pau na minha bucetinha.

E que delícia, eu sentia o strap entrando e saindo da minha bucetinha, eu já tava gemendo horrores. Que tesão, eu adoro ficar desse jeito, de 4, com alguém me comendo. Bem empinada e bem aberta. E com ela me comendo daquele jeito, puxando o meu cabelo e batendo forte na minha bunda do jeito que eu gosto, não demorou muito e eu já tava gozando de novo. Foi uma noite deliciosa, passamos o resto da madrugada brincando e trepando bem gostoso, eu não cansava de transar com ela.

Enfim safadinhxs, dessa vez é isso e deixo aqui meu e-mail caso alguma menina tenha interesse em manter contato, trocar experiências, e quem sabe se estivermos perto marcar uma transa bem gostosinha haha, mas só meninas por favor.
Meu email pras garotas que se interessarem: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *