Uma foda com a mãe do meu amigo

Olá tudo bem? Me chamo Henrique, tenho 18 anos de idade, 1.77m! Este conto a seguir aconteceu comigo no ano passado (2015). Vamos lá..
Sempre fui um cara de vários amigos, uma pessoa muito extrovertida e vejo a vida da melhor forma possível, por este fato, fui convidado por um amigo-irmão para uma janta em comemoração de seu aniversário de 18 anos, num sábado à noite. Chegou aquele sábado, meus pais e minha irmã haviam feito um retiro da igreja porque minha irmã estava fazendo a comunhão, ficariam o sábado e domingo, em um sítio, com os outros catequizandos e pais, não quis ir junto pelo fato de ter a festa de meu amigo.

Sexo Por Telefone

Chegou à noite, me vesti, e fui caminhando até lá, era perto, 3 quadras da minha casa. Cheguei na festa que era na casa do meu amigo Júnior mesmo, ficamos lá, dando várias risadas, normalmente. Até que num momento minha mãe me liga, para sabe se já tinha ido para festa e contar como foi o dia deles, fui até a calçada para falar porque tinha um som alto e atrapalhava, falei tranquilamente, desliguei e ao voltar a mãe do meu amigo (divorciada, loira, 38 anos, professora de Ed. Física, imagem..) vai até o portão e diz: “o que tu tá fazendo aí menino? Procurando uma coroa”? Estranhei a atitude dela, até porque nunca me passei com ela, tive sempre o maior respeito, e ela novamente fez uma pergunta: “olha que você está bem bonitinho, posso até pensar em uma noite ao teu lado”. Simplesmente tremi a perna e fiquei em silêncio, voltei para dentro. Uma hora foi ao banheiro, que ficava dentro da casa, o da garagem estava ocupado, a casa estava vazia, quando estava fechando a porta ela segura com a mão, e disse que naquele dia eu não escaparia, caí na dela facilmente, por ser rapaz novo e estar naquela vontade, falei que poderíamos sim, mas com a condição de que ninguém poderia saber, ela já afirmou isso na hora e entrou junto ao banheiro, a gente se beijou, coloquei a mão na buceta por dentro da saia dela, buceta lisinha, ela botou a mão no meu pau, ficamos naquele amasso, ela tirou minha calça, me chupou e pediu para gozar, gozei, no rosto, limpei-a, nos beijamos e ela disse que queria algo mais quente após a festinha e voltamos para garagem…
Durante a festa, a gente transava com o olhar hahaha, e já pensava na noite na minha casa, que estava liberada. Terminou a festa, me despedi do Junior, dos outros que ali ainda estavam, e também da coroa, que no abraço me disse que era pra me esperar na esquina. Fui andando, parei na esquina, eram duas e meia da madruga, passada meia hora, já desanimado, veio ela pela calçada, com aquela saia curtinha e com aqueles peitos e coxas enormes, falei que minha casa tava livre, ela concordou, e disse que estava na seca a dias, fomos para a minha casa! Entramos direto para o meu quarto e o beijo pegou, atirei na cama, fui beijando todo seu corpo, tiramos a roupa, continuei beijando, chupei aquela xota lisinha bem apertadinha, dei uma bombada, ela disse que queira mamar, coloquei de joelhos no tapete, ela mamou com toda gana, me segurei para não gozar, ela voltou para a cama, deitou de perna aberta, parei de joelhos na frente, dei mais umas bombada, fui colocando e ela gritando e sorrindo, comi ela naquela posição algum tempo, deitei, ela veio por cima, cavalgou, com aquele corpo escultural, e aqueles cabelos loiros todo desajeitado, depois ela parou de 4, botei mais umas vezes, gozei naquele rabo, e ela gritando… Paramos depois de muito prazer, ficamos deitados na cama, eu com a mão na xota dela e ela se rindo toda.. Resolvemos tomar um banho juntos.. Fomos.. Ela mamou, eu chupei de novo, nos beijamos muito, aquele banho foi perfeito, um secou o outro, voltamos para a cama pelados, ficamos de conchinha… A gente pegou no sono, acordamos era 6:40.. Ela levantou toda safada, disse que teria que ir para ninguém desconfiar.. Botei naquela buceta perfeita mais forte ainda.. Gozei nos peitos.. Aí já estava na hora de ir realmente, acompanhei aquela mulher que comi como nunca tinha comigo ninguém antes.. Levei até aquela esquina, ela me beijou como apaixonada e disse..”até mais, até qualquer noite” e deu uma piscadinha. Voltei para casa, triste, mas feliz kkkk.. Passou-se um tempo, o Junior foi na minha, passou mais um tempo, fui na casa dele, sexta à noite, jogar vídeo game, cheguei como nada tivesse acontecido.. Jogamos até a 1 da madruga, resolvi ir embora, ele muito perdido pediu para dormir lá, nesse tempo, minha mãe ligou, resolvi dormir lá… Dormi no quarto dele, duas camas de solteiro, a cama da coroa estava sobrando um lugar.. 4 da manhã, ela abre a porta muito lentamente, acordei, pega na minha mão e vai puxando para levantar, senti a maldade, fomos para o quarto dela… Tudo se repetiu, tudo, menos os gemidos, mas aquele sorriso de safada teve, voltei depois da foda dormir.. No outro dia acordamos, tomamos café, fiquei mais um pouco, fui embora.. Depois de uns dias, fico sabendo que ela estava namorando, está até hoje.. Nunca mais tive a oportunidade daquele sexo.. O namorado estava sempre junto, é realmente não é legal a traição.. Ainda tenho todo aquele fime na cabeça e a nostalgia total! Minha história foi essa, foi incrível.. Sempre curti de coroas, se uma se interessar por mim, me entrego para o sexo.. Se alguma curtir um mais novo, estou aqui!

Disk Sexo

One thought on “Uma foda com a mãe do meu amigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *