Transando gostoso no hospital

Sei que nesse site a maioria dos contos São inventados. Não tenho nada contra, mas procuramos sermos os mais fiéis possíveis a fatos que ocorreram conosco. Pois acreditamos que escrevendo nossas aventuras é uma maneira de perpetuar alguns bons momentos. Portanto não esperem coisas mirabolantes. Vamos a apresentação tenho 1.70 cabelos negros, Um pouco acima do peso sou advogado. Minha mulher tbm tem 1.70 cabelos castanhos é do tipo falsa magra.
Esse conto aconteceu anos atrás quando minha mulher e eu ainda namoravamos. Precisei fazer uma cirurgia e enquanto aguardava autorização do plano de saúde fiquei internado durante 4 dias pois precisava tomar remédios pra dor.
Minha namorada quase toda noite dormia ao meu lado mas como de tempos em tempos as enfermeiras vinha medir pressão, temperatura e aplicar remédios tinha que controlar meu tesão.

Sexo Por Telefone

Finalmente o plano de saúde autorizou a cirurgia e achei melhor fazer a barba e me depilar. Minha namorada levou a máquina que ela raspava os pentelhos na época e como estava com soro em um braço ela me ajudava a usar. A barba foi fácil de tirar mas ela precisou segurar meu pau pra eu depilar. Claro que ao tocar ele ficou duro ela segurava e ficava punhetando me provocando ainda mais. Ao terminar minha depilação fui banhar e pedi pra ela me ajudar por causa do soro. Como ia se molhar um pouco tirou a blusa ficando só de saia jeans. sempre dava um jeito de passar sabão no meu pau e no meu saco. Dava pra sentir o cheiro da buceta dela melada pois estávamos a quase duas semanas sem transar por causa das minhas dores.
Ao sair do boxe não resisti e coloquei ela contra a pia do banheiro minúsculo do quarto de hospital e comecei a beijar sua nuca. Sabíamos que algum enfermeiro poderia entrar mas o tesão era imenso levantei a saia dela e puxei a calcinha pro lado metendo naquela buceta enxarcada . Ela gemia tentando dizer pra eu parar mas acabava rebolando e se esfregando pois tbm estava subindo pelas paredes não demorou muito deu um gemido bem alto tentando se conter e senti o gozo dela escorrendo pelo meu pau. O cheiro de buceta tomou conta do banheiro e não aguentei e gozei muito. Parecia que estava urinando nela tanto era a quantidade de gala. Ofegantes nos vestimos e saímos do banheiro. Não demorou nem 5 minutos e uma enfermeira foi medir minha temperatura e perguntou se eu estava bem. Pq estava suando. Disse lhe a verdade. que estava ótimo

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *