Reencontro com a prima

Um domingo de sol como esse não poderia passar em branco, saimos bem cedo em direção à Bombinhas no litoral de Santa Catarina, ao descer a serra e vislumbrar a paisagem, o ar fresco da maresia ficamos satisfeitos de poder passar o dia num lugar tão maravilhoso!

Parei o carro ainda na descida do morro em um mirante lindo, o sol estava mostrando os seus primeiros raios naquela manhã, um espetáculo sem comparação!

Faziam quase dois anos que não passava um tempo com minha prima, só nos dois em uma viagem assim era a primeira vez, trabalho, distância e até mesmo o medo não resistir a tentação. Morena de quase um metro e oitenta, com um estilo bem próprio, não tem tem o corpo de uma atleta, mas de uma mulher normal, que come churrasco e bebe cerveja!

No dia anterior a vi semi nua escolhendo a roupa pra curtir a noite! Não tinha a barriguinha chapada ou o copo definido, como as garotas que geralmente me fazem companhia, mas corpo alongado, seios pequenos e as celulites , um pouco de flacidez, era uma mulher como a maioria das mulheres comuns, mas o fato dela estar super a vontade de se trocar comigo no quarto, ajudando ela a escolher a roupa pra sair, prendendo o sutiã e a gargantilha, e o próprio fati de eu também estar confortável com uma mulher semi nua, tocando seu corpo e sentido seu cheiro fresco fez o momento parecer até romântico!

Não se enganem, na adolescência, em outros tempos, transamos muito, tenho um outro conto que fala de como eram as nossas loucuras naquele tempo .

Voltando ao mirante, a essas horas o vento era um pouco gelado ainda, mas eramos os primeiros à parar ali, ela tirou a roupa pesada e ficou apenas de biquini. Pediu pra que eu fotografasse ela com aquela paisagem ao fundo!

Enquanto fazia as fotos eu dizia coisas pra ela como” ulalá!, “Paisagens é você!”, “ Que monumento é esse?” e lhe arrancava sorrisos ainda mais espontâneos e poses divertidas e outras até ousadas!

Descemos, tomamos um café no caminho e chegamos ao primeiro destino na praia da sepultura, um lugar espetacular, ainda de manhã fizemos um mergulho com cilindro pra ver as belezas do fundo do mar, demorou um pouco pra ela se adaptar mas adorou a experiência além de muitas imagens sub aquáticas que fizemos! Ficamos ali por um tempo, almoçamos em um restaurante da região e ela se deliciou com frutos do mar , eu não curto muito, mas dividimos um Muscat (excelente vinho branco sugerido pelo garçom), descansamos um pouco e fomos para outro destino à tarde na praia do canto grande, ali um local mais cheio de gente e um mar com ondas bem generosas!

Minha companhia se deliciava com tudo, após brincar um pouco na água passamos protetor um no outro e ela se deitou para tomar um sol, coisa que eu também fiz , cochilei por um instante e fui acordado com a voz suave dela no meu ouvido, carinhosamente ela pos os labis no lóbulo da minha orelha direita, mordiscou e chupou suavemente, disse bem baixinho pra eu deitar de bruços pois estava chamando muita atenção o volume da sunga! Fiz disfarçadamente um movimento e virei meu corpo, sussurrei com um ar de ingenuidade que estava tendo um sonho com ela , então ela deu uma gargalhada curta respondendo que ficou lisonjeada!

Cochilei por mais um instante, e logo que acordei me deparei com um pedido inusitado da parte dela, queria explorar o costão, andar pelas pedras que se estendiam após o final da praia!

Fomos , camihamos algum tempo ate ficarmos cansados , ali estavamos em um logar bem tranquilo, além de difícil acesso, era também protegido por uma vegetação um pouco densa, acima havia uma lage de pedra plana que se camuflava ainda mais na vegetação!

Não foi preciso nenhum convite, eu subi e dei a mão pra ela ne acompanhar, sem cerimônia despi da minha sunga e meu pau reagiu imediatamente, pulsando, ela se livrou também do seu biquini e se atirou no meu colo, nos beijamos como dois adolescentes apaixonados por um bom tempo, o tesão consumindo, meu pau estava sendo acariciado pêlos lábios da buceta dela que ficava cada vez mais quente e úmida, já escorria seu líquido pelo meu saco e pingava sobre a lage de pedra!

Levei a mão e ajudei a encontrar o caminho, a lubrificação era tão intensa que praticamente absorveu os dezoito centímetros de uma só vez, sentido um vulcão comprimido o meu pau , as contratações de sua buceta faminta logo deram espaço pra seus movimentos pélvicos inicialmente suaves mas que não demoraram a se tornarem frenéticos. Seus gemidos eram como ouvir a minha música favorita, não demorou pra ela gozar fazendo tudo ficar ainda mais intenso, inverti com ela deitada agora, um papai-mamãe bem clássico mas o tesão deixava tudo mais gostoso, estocava como se quisesse ferir o útero dela e ela arranhava as minhas costas como se quisesse literalmente o mesmo e alguns minutos depois ela anunciou o segundo gozo e eu fui possuído por um orgasmo que até então eu não tinha tido o prazer de experimentar com nenhuma outra mulher e gozamos juntos como se fosse por horas.

Ficamos ali ainda deitados por um instante, deixei meu pau amolecer naturalmente ainda dentro dela, ( coisa difícil de acontecer) e ela sobre meu peito suspirou e adormeceu por um instante! Já era quase noite quando chegamos ao carro, nossa ligação agora parecia mais intensa que antes, parecia ter esquecido que aquela mulher maravilhosa ali do meu lado era apenas uma prima que veio curtir suas férias no litoral!

Mas como tudo na vida tem seu fim, ela viajou de volta , mas ficamos em contato constante, queria saber dela com mais frequência e ela parecia também querer estar presente, até que quinze dias depois a notícia que mudou minha vida chegou as três da manhã em uma mensagem onde ela dizia hesitante que estava grávida, eu sempre fui muito cuidadoso pra ñ ter filhos mas por incrível que pareça aquela notícia me tomou de uma alegria incomum e eu comemorei como se comemora um gol na final de campeonato!

Antes de amanhecer eu já estava na estrada, queria estar com ela o mais breve possível e viajei incansaveis vinte horas até poder girar ela no ar e apertar em meus braços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.