Parati, esposa , corno e 5 garotos

Eu Arnaldo , 39 anos e minha esposa Renata também 39 anos, mas com corpo de 30, linda, sexy, pes maravilhosos, esta usando um esmalte vermelho que deixa qualquer homen de pau duro, ela é brasileira mas nasceu em Buenos Aires.
Nossa viagem começou em janeiro de 2008, eu sempre sonhei em ser corno, mas minha esposa relutava, eu era o único homen da vida dela. Mas nessa viagem ele concordou em me colocar varios chifres .
Eu tenho dois sobrinhos , o Carlos e o Pedro que gostam de natureza , e ai aluguei uma casa de 3 dormitórios com quartos de fundo em Paraty , convidei estes dois sobrinhos que chamaram mais 2 amigos o Ricardo e o João .

Sexo Por Telefone


Como tinha piscina na casa , minha linda e amada esposa convidou para ir tambem o Daniel de 18 anos, filha da empregada do prédio que moramos e faz este tipo de servico. Minha esposa sempre falou que ele era muito bonito .
Chegamos na quinta a noite em dois carros e iríamos ficar 3 ou 4 noites, comemos algo e fomos dormir.
As 7:00 meus sobrinhos e os amigos foram corerr e retornariam as 9 pra o cafe da manha.
Minha esposa levantou as 7;00, colocou um tamanco branco e dourado lindo e bem alto e com a mesma camisola que dormiu , curta e sem usar calcinha e soutien, foi nos quartos do fundo acordar o Daniel para ele comprar pão.
Eu levantei e fui dar uma geral na casa .
As 9 eles voltaram para o Cafe e minha esposa trocou a camisola por uma vestido também curto , sexy e continuava de tamanco de salto alto branco e dourado, ela usaria todos os dias. Imagina naquele calor de Partay, pois era janeiro , ela usando o mesmo tamanco, o cheiro do pé dela ficava melhor ainda. Ela calça 36 e fica igual a uma putinha, quando usa tamanco
Os dois amigos ja olhavam para minha esposa com cara de desejo, vestido curto sem calcinha e de tamanco de salto, que homen não iria gostar.
As 14:00 eles foram dar uma volta, minha esposa entrou no quarto, e disse .. Arnaldo não acredito que você quer ser corno, traz 5 rapazes e só 1 caixinha de camisinha, eles são em 5 meninos, vai na farmácia e compre mais 4, uma para cada um deles.
Como um bom corno, fui na mesma hora, a pesar de achar que era um exagero.
Minha esposa foi tomar sol, de biquíni e tamanco enquanto o filho da empregada, o Daniel limpava a piscina,
A safada da minha esposa, soltou a parte de cima e disse para o Daniel que arrebentou a cordinha e que no quarto dele deveria ter linha e agulha, nesta hora o menino virgem de 18 anos, ficou de boca aberta ao ver o peito lindo da Renata.
Chegando no quarto , ainda com os peitos para fora, a Renata agarra o Daniel, da um beijo de língua, e ja vai tirando o calção dele. O pau saiu para fora e deve medir uns 18 cm, todo duro, minha esposa era a primeira a chupar.
O menino não era bobo, tirou a parte de baixo do biquíni , beijou os pés da Renata fez uma massagem na que a deixou com mais tesão, lambeu a buceta dela até ela gozar.
Eu como ja sabia que ela sozinha com o Daniel poderia fazer algo, deixei a camisinha no criado mudo do quarto dele, minha esposa colocou a camisinha nele e ficou por cima comandando a trepada.
Nesta hora o carro do meus sobrinhos pararam na frente da casa, pois um deles esqueceu a carteira, os dois amigos descem e vão até o quarto para pegar, mas ouvem minha esposa gritando de prazer e veem pela janela que ela esta dando para para o empregado.
Eles não falaram nada e nem contaram para meus sobrinhos.
Quando eles retornam umas 19, eu ja tinha deixado uns queijos, pães , vinho para tomarmos juntos, nao preciso dizer que minha esposa estava com o mesmo vestido curto, sem calcinha e com o tamanco de salto alto branco e dourado, dependendo como ela se mexia na cadeira dava para ver a bucetinha dela.
O João , e o Ricardo, estavam tarados com minha esposa ainda mais depois que viram ela transando com o Daniel.
Por volta das 21 os dois encontram minha esposa na cozinha e um chegou pela frente e o outro por trás e disseram;
Renata, nós vimos você e o Daniel no quarto, também queremos que vacê vá no nosso quarto, se n!ão for contomos para os seus sobrinhos que o tio dele é Corno
A Renata espondeu
Pode deixar quando os sobrinhos dormirem nos encontramos na cozinha e eu finjo que estou com sede, mas por favor não conte a eles.
As 23:30 , quando todos estão dormindo , pois no dia seguinte eles acordam cedo para correr, minha linda esposa, coloca a camisola linda, curta e sexy, sem calcinha lógico e um tamanco de salto transparente . eu sempre pedi a ela que gostaria que ela me corneace com este tamanco,
Ela me pediu a camisinha e foi pra cozinha encontrar com os dois amigos dos meus sobrinhos.
Eles tinham tomado banho e estavam esperando, quando viram minha esposa ficaram de queixo caído com a roupa e tamanco que ela estava usando.
UIm ja foi dando um beijo nela enquanto o outro não aguentou e ajoelhou e começou a beijar os lindos pes da minha esposa.
Na cozinha mesmo, minha esposa tirou a parte de baixo do pijama dos dois e saboreou queles dois pintos.
Depois, eles levaram ela para o quarto, fizeram uma massagem a quatro mãos, os dois eram terapeutas de formação. Minha esposa adora uma bela massagem antes do sexo, isso a excita , a deixa louca de tesäo.
Minha esposa ficou deitada, o João chupava a buceta e ela chupava o Ricardo, depois trocaram .
O João não aguentou e gozou na boca da minha esposa.
Depois ela ficou de quatro e o Ricardo comia a buceta enquanto o João se recuperava.
Na vez do João ele quis a bunda e a safada da minha esposa que nunca tinha me dado a bunda deu para o quase desconhecido.
Nesta hora a porta estava meio aberta e meu sobrinho que tinha ido ao banheiro, viu o João comendo a Renta e foi para o quarto contar para o irmao o que tinha visto. Minha esposa nao viu que o sobrinho estava sabendo a puta que a tia era.
A Renata voltou para nosso quarto, me deu um beijo e pediu para eu adivinhar de quem era, o gosto da porra que estava na boca dela , estava ótimo , chutei que era o João e acertei, depois eu limpei a buceta dela com minha língua e a vadia não deixou eu gozar.
Na manha seguinte, foi tudo normal, eles na corrida eu arrumado a casa, o Daniel limpando a piscina e a minha esposa descansando….
Apos o almoço eu convidei todos para tomar um sorvete, mas eu ingenuo nao percebi que ninguém queria sair de perto das minha esposa.
Consegui que o Daniel , João e Ricardo fossem , mas os sobrinhos ficaram e eu achava que nao tinha problema, pois eles eram sobrinhos e não iriam querer transar com a tia.
Minha esposa estava com outro vestido, mas tambem curto, sexy e sem calcinha e usava o tamanco de salto alto branco e dourado, o transparente era para sexo.
Eles estavam , meus dois sobrinhos e minha esposa , na sala, eles na internet com um olho no celular e o outro nas pernas da Renata e a minha linda esposa estava lendo uma revista e tomando cha.
A Renata tem a mania de ficar mexendo o pe e o tamanco e isso deixa os podolatras loucos de tesão
Um dos meus sobrinhos é igual a mim adora um pé e um salto alto.
De repente minha esposa deixa o tamanco cair mas continua a ler a revista, nesta hora o Carlos pega o tamanco e coloca no pe da Renata e começa a beijar o pe da tia.
O Pedro no mesmo instante fala na orelha dela que viu tudo ontem a noite e que os amigos contaram também do Daniel .
Minha esposa tenta negar, mas gosta do Carlos ficar beijando os pes dela e recebe um beijo do Pedro.
Ela sabe que não pode deixar os sobrinhos do marido abusarem dela , mas ela também gosta do proibido e sabia que eu iria adorar.
Ela pede para que não contem nada para o tio e eles disse que tudo bem, mas que queriam algo em troca para não contar ao tio e a todos da familia e brincaram, não vale um chocolate.
A Renata prometeu que a noite daria um presente, mas ela ja havia combinado de passar a noite com os amigos.
Até aquela hora a Renata não tinha deixado eu nem bater uma punheta e eu estava louco de tesão.
Quando o Pedro beijava a tia e passava a mão nos peitos , Carlos lambia os pes da tia , e a Renata passava a mão no pau do sobrinho Pedro por dentro do calção , eu abri o Portão da garagem e eles voltaram para a cadeira como se nada tivesse acontecido.
Naquela noite como todos sabiam o que irai acontecer, eles foram tomar banho cedo e as 21 todos estavam na cama.
As 22 minha esposa colocou a linda camisola e o tamanco .
Mas desta vez ela colocou o tamanco branco e dourado e levou na mão o transparente.
Eu não sabia o que meus sobrinhos tinham feito com ela e ela so em contaria quando estivéssemos em nossa casa em Campinas.
Ela pegou varias camisinhas e foi para o quarto dos meus sobrinhos, nesta hora eu gelei e fiquei com o pau mais duro ainda, o que ela faria com eles, sera que ela daria para os sobrinhos também? Isso me deixou com mais tesão.
Ela primeiro andou pela sala para saberem que a tia puta estava a caminho, pois todos ouviam o barulho do salto.
Ela entrou no quarto dos meus sobrinhos , sentou na cama do Pedro, colocou a Mao em cima do lençol bem no pau dele, e colocou o tamanco na cara dele mandando ele beijar. E disse;
Pedro meu sobrinho, não posso fazer mais do que isso com você , mas não conte ao corno do seu tio, fique com meu tamanco e bata uma bela punheta.
Ela saiu , sentou na cama do Carlos, ele adora pes, e antes de colocar a mão em cima do lençol, o Carlos tira o lençol e a Renata pega no pau dele, ela adorou o pau e colocou o pes com o tamanco na cara dele e disse:
Carlos, seu menino malvado, seu pau é muito gsotoso, mas nao posso fazer você gozar, cheire meu tamanco e divirta-se.
A Renata colocou o tamanco transparente e foi se entregar para os dois amigos dos meus sobrinhos, ela deu até as 2:00 e voltou feliz para nossa cama.
Eu a abracei e ouvi a coisa mais linda
corno , foi ótima está noite com seus dois sobrinhos e os amigos deles , mas eu gosto mesmo è de você .
No dia seguinte eles foram cedo para a corrida e eu fui arrumar os quartos e a cozinha . No quarto dos meus sobrinhos achei os dois pares do tamanco da minha esposa e estavam todo gozado . Limpei os tamancos e fiquei de pau duro, só de saber que eles tinham aproveitado e também queria que minha esposa estivesse usando quando meus sobrinhos chegassem para o café da manhã .
Enquanto isso , Daniel estava tentando cantar minha mulher, ele tem 18 anos e foi a primeira mulher com quem ele transou , e queria mais .
Minha esposa neste dia estava divina, com um short e uma camisetinha mostrando a barriga e óbvio com o tamanco de salto alto com aquelas unhas vermelhas que fica ótimo nela.
Renata sentou na cadeira na beira da piscina e mandou o Daniel fazer uma massagem nos pés dela.
Ele tirou o tamanco , um depois o outro e deu para ver o pau crescendo dentro do calção .
A safada da Renata sabe que eu tenho tesão nos pés dela e ficava me olhando de longe com aquele sorriso maroto na boca, até que pediu para o filho da empregada tirar o calção e começou a bater uma punheta com os pés , quando ele ia gozar , ele começou a chupar e ele gozou na boca dela.
Safada como è, ela saiu e foi me encontrar e me deu um beijo de língua passado a porra para minha boca, esse era o segundo macho da casa que ela punha porra na minha boca e ela disse ;
corno , só falta mais 3 machos para você engolir a porra
Após isso , eu implorei para ela não dar para meus sobrinhos e ela respondeu
corno , o pau dele è gostoso não sei se vou aguentar .
Quando ela disse isso , ela apertou meu pau por cima do short e eu gozei de prazer.
Nesta noite eu sai com ela , sem os meninos e fomos tomar uma champagne , no bar ela me contou tudo que fez com meus sobrinhos o que me deixou de pau duro.
Após duas garrafas eu já estava implorando para ela provocar meu sobrinho Carlos com o tamanco .
Para nossa surpresa , o Carlos entra no bar e senta ao meu lado, minha esposa que estava na minha frente , mudou de posição e ficou na frente do Carlos , nesta hora entendi o que ela iria fazer , a putinha colocou o tamanco no colo dele e com o outro pé ficou alisando a perna.
O garçom que tinha me visto aos beijos com ela achou estranho .
Para piorar, meu outro sobrinho aparece è senta ao lado da minha linda esposa e para minha surpresa, ele da um beijo de língua nela .
Nesta hora o garçom já havia entendido o corno que eu era .
Eu pedia para Renata parar com isso que eles eram meus sobrinhos , mas ela estava gostando muito e sabia que eu devia estar gostando também .
Eu estava adorando aquela situação e estava de pau duro , dei a ideia de irmos embora , fui dirigindo e os três foram se pegando no banco de trás .
Parei na rua escura , sai do carro com o Pedro e deixamos a Renata trasando com o Carlos , ela ficou de quarto e meu sobrinho comeu aquela linda buceta .
Depois o Carlos saiu è o Pedro entrou no carro , a Renata continuava com tesao e já foi chupando aquele cacete , depois o Pedro que tinha visto a tia dando a bunda para o João , fez igual .
Após meia hora eles terminaram e me deram um presente , eles foram na frente e eu pude finalmente lamber os pés da minha linda esposa e gozei na bucetinha dela.
Esposa melhor que a minha não existe .

Disk Sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *