Enfim consegui transar com a minha chefe

Olá. Eu me chamo Rafael (fictício). Tenho 51 anos 1,75 e 78 K em forma. Sou novo aqui neste site e resolvi relatar o que me aconteceu no final do ano passado (2018). Sou funcionário de uma empresa famosa há 3 anos. Sou casado e não sou muito feliz com minha esposa, acabei ficando casado por causa de um casal de filhos, agora com os filhos criados penso seriamente em me separar. Porém nunca deixei de apreciar uma bela mulher. Na empresa que trabalho minha chefe é deliciosa. Sempre paguei pau pela sua simpatia educação e uma beleza incrível. Seu nome é Claudia. Tenho uma tara incontrolável por ela. Já bati várias punhetas pensando nela. Ela é casada, tem marido bonitão e um casal de filhos.

Sexo Por Telefone

Nas conversas descontraídas, de sua boca nunca saí besteiras, nunca traiu seu marido entre namoro e casamento estão juntos a mais de 20 anos, minha tara por ela só aumenta. Trabalhamos juntos na mesma sala sempre tarado com ela mas nunca tentei nada com ela. Só agora meu tesão aflorou. Ela costuma usar umas calças apertadas que marca sua bela bunda e tem um corpo maravilhoso, uns peitões que me deixa babando. Tento disfarçar, mas quando ela chega perto meus olhos percorrem pelo seu delicioso corpo. Ela várias vezes me diz que sou safado. Nunca tentei nada porque receava uma reação negativa e poderia me dar mal. Preferia apenas contemplar e homenageá-la nas punhetas e no sexo com minha esposa. Ela tem 44 anos, 1,68 m de altura uns 68 k, morena cor de cuia uns cabelos pretos até a cintura, uma boca

carnuda e maravilhosa com dentes perfeitos, tem uns peitos grandes uma bunda maravilhosa umas coxas grossas, tem os olhos incríveis que muda de acordo com o ambiente uma voz clara e doce, e muita vaidosa está sempre muito bem maquiada como se fosse para uma festa Certo dia no final do ano organizamos um encontro de empresários a pedido no chefe num sábado onde eu e ela a moça da limpeza organizamos e recepcionamos os convidados. Na noite anterior ela tinha um encontro com as amigas e ficaram até de madrugada onde divertiram e beberam bastante, ela chegou no sábado de manhã com vestido vermelho lindo até no meio das coxas com as costas de fora uma calcinha pequena que dava para ver seu contorno no seu vestido justo, acho que ela estava um pouco bêbada e cansada, na hora veio na minha cabeça

para se aproveitar era hoje ou nunca. Assim que ela chegou eu dei um abraço apertado nela e um beijo no rosto pertinho da sua boca e demorei um pouco e vi que ela ficou vermelha, quando soltei estava de pau duro e não fiz questão de disfarçar e ela baixou os olhos e viu o volume. Os empresários chegaram se reuniram por umas duas horas, liberamos a moça da limpeza e ficamos na nossa sala conversando. Ela se descuidou um pouco e vi sua calcinha branca e pequena e meu pau não amoleceu mais, ficamos conversando e rindo e sempre colocando a mão nela as vezes nas coxas as vezes no ombro as vezes despistava e passava a mão naqueles seios maravilhosos. Bom terminou a reunião dos empresários todos se despediram e ficamos de para trancar a empresa, ela falou para não chegar na segunda e está tudo bagunçado vamos levar as xicaras e as taças para a cozinha. Fui atrás dela subindo as escadas aquela bunda maravilhosa e ela estava colocando os utensílios na pia da cozinha eu chequei e encostei o pau duro na bunda dela estava com uma calça social e encaixou certinho, demorei assim alguns segundos e coloquei as xicaras e voltei para buscar o restante, quando cheguei

olhei nos olhos dela e senti que ela estava favorável. Descemos chegamos na nossa sala e fui despedi dela abracei ela novamente bem apertado e dei um beijo bem pertinho da sua boca bem demorado e meu pau duro cutucando a virilha dela, parei olhei bem nos olhos dela e beijei sua boca com calma e demorado, fui descendo as mãos e apertei aquela bunda maravilhosa e senti que a calcinha só cobria uma pequena parte da sua bunda gostosa, chupei a sua língua por muito tempo, levantei seu vestido passando a mão na sua bunda e matando toda a minha vontade por não sei por quanto tempo. Desci beijando seu pescoço várias vezes, chupei aqueles peitos por muito tempo, beijei muito sua barriga e suas coxas até chegar na sua bucetinha gostosa depilada cheirosa e que estava molhadinha de tesão, nossa que delícia. Tirei sua calcinha, lambi demoradamente os lábios, o grelinho durinho lambia em círculos, chupava mordiscava com carinho, enfiava minha língua dentro dela, e ia repetindo até que ela deu um gemido apertou meus ombros e gozou gostoso, engoli todo aquele mel feito louco, chupei novamente por muito tempo, levantei cheguei no seu ouvido e pedi para ela me beijar e sentir o gosto dela ela me beijou demoradamente. Deitamos no chão, encostei meu pau duro igual pedra na sua entradinha e fui fazendo movimento no seu grelinho, passava na sua bucetinha e forçando o clitóris novamente até que ela não aguentou e gozou novamente soltando um gemido longo e se contorcendo de prazer, chupei novamente ela e beijei novamente por um longo tempo, que delicia, que tesão meu coração estava acelerado. Sentei no chão, ela veio por cima de mim, pegou no meu pau que estava colado na minha barriga, e foi sentando rebolando devagarinho, centímetro por centímetro, quando entrou tudo ela ia para frente para trás e rebolava gostoso, eu chupando aqueles peitões gostosos e ia trocando beijava seu pescoço sua boca, passava a mão nas suas costas, eu não aguentando mais gritei vou gozar, ela falou não por favor espera um pouco quero gozar novamente e foi acelerando e rebolando enfiou as unhas nas minhas costas e eu gozei muito tempo e la gozou novamente junto comigo, fiquei abraçado com ela até meu pau amolecer, dei um beijo gostoso nela, ela levantou para se limpar estava escorrendo muito esperma nas pernas delas e ainda caiu um tanto no chão, rimos limpei o chão com papel toalha, limpei ela também com papel não tinha chuveiro, lavamos as mãos e limpei meu pênis e fomos almoçar num restaurante próximo, comemos comida japonesa ela estava linda e sorridente. Despedimos fui para minha casa tomei um banho deitei na minha cama fiquei lembrando meu pau duro novamente bati uma punheta em sua homenagem e dormi a tarde inteira e acordei feliz da vida já estava escuro.

Disk Sexo

One thought on “Enfim consegui transar com a minha chefe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *