Comi minha prima!!

Bom, eu e minha prima somos bem próximos, temos alguns anos de diferença, sou mais velho que ela.
Há dois anos decidimos fazer um concurso. E pra irmos juntos teríamos que fazer a prova na mesma cidade. Decidimos então numa cidade x. Eu fiquei encarregado de escolher hotel. A minha intenção era pegar dois quartos de solteiros. Mas ela disse que podia ser um de casal, pois sairia mais barato. Beleza, não reclamei. A prova seria domingo e chegamos na cidade por volta das 14 horas de sábado. Fomos pro hotel e usamos a piscina, no último andar. Que delícia a minha prima. Toda gostosinha. Fiz algumas brincadeiras mas ficamos nisso.

LibidGel

LibidGel

Quando fomos pro quarto, ela foi pro banho. Eu fiquei de toalha na cama, esperando ela sair. Do meu meu banho depois e quando saí ela ainda tava de toalha. Ela brincou: podia ser meu contatinho saindo do banjo mas é meu primo. Ri e falei: eu fodo melhor que seu contstinho haha. Aí começamos a falar. Ela falando que tava na seca e eu tbm por estarmos focado na prova. Daí falei: vamos foder, prima ? Pra GNT fazer uma prova tranquila hahaha. Ela deu uma risadinha mas senti que eu poderia investir. Nós dois de toalhas na cama, eu já tava de pau duro. Abri a toalha e perguntei: você acha que não dou conta ? (Tenho 18 cm). Ela ficou olhando sem graça e eu fiquei pelado. Daí pedi um beijo. Ela acabou dando. Fui tirando a toalha dela, aquele corpo delicioso, fui beijando os peitinhos, depois desci pra buceta dela, toda lisinha, chupei gostoso, ela

gozou na minha boca. Eu ia chupando e metendo um ou dois dedinhos. Tava molhadinha. Fiquei de joelho na cama e ela veio me chupar de quatro. Mamou muito gostoso. Engolia minha piroca, lambia ele todo e batia meu pau na cara. Ela virou de quatro pra mim e comecei a esfregar meu pau naquela buceta, toda molhada. Batia na bunda dela e estragava. Ela gemendo de tesão, pedindo pra eu meter. Meti gostoso. Meti a cabecinha e tirei. Depois meti meu pau todo e fui metendo, devagarinho… Depois comecei a meter forte, puxando aquele cabelão e batendo na bunda. Ela rebolava no meu pau que era uma delícia. Pediu pra eu meter, eu a xingava de puta, de vagabundo, e ela respondia dizendo que era minha putinha. Parei de meter e deitei. Ela veio sentando na minha piroca. Colocou os pés na cama e sentou, quicando. Ela sentava e batia na minha cara. Eu comecei a meter mais forte, até ela gozar de novo, agora no meu pau. Sentei na beira da cama e

ela sentou de costas no meu pau. Sentava muito gostoso e rebolava. Ela ia gemendo e pedia leitinho. Quando senti vontade de gozar, ela ajoelhou e gozei na cara dela. Ela ficou toda lambuzada. Minha porra escorria na cara dela e ela ia colando na boca. Que gozada deliciosa. Depois tomamos um banho e transamos mais uma vez. Foi uma delícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *