Esposa putinha na orgia

Minha esposa chama-se Bel, tem 32 anos, pela branca, baixinha, seios de médios para pequenos, bunda proporcional, racha com poucos pelos e um bocão de lábios carnudos faminto por rolas e leite, já relatei que levei anos para convencê-la a meter com outros machos, mas ela bem que me avisou na ocasião, “ e se eu gostar e não quiser parar mais…” Pois era exatamente o que eu queria, hoje poucos meses depois, já perdi as contas de quantos caras já meteram em minha doce esposinha, boa mãe, trabalhadora, boa dona de casa, mas uma verdadeira puta entre quatro paredes, ou dentro de carros, etc. Tivemos semanas em que ela metia todas as noites, cada noite com um homem diferente e eu a esperando em casa, claro que como bom corninho, adoro estar junto e poder admirar minha Belzinha mamando em varas enormes ou tendo o cuzinho arrombado, mas vamos ao relato. Estávamos em casa vendo um filme pornô, no filme rolava uma suruba, uma atriz loirinha metia com uns 8 caras, eu a questionei se tinha coragem (nosso Record eram 2), ela disse que com aquela quantidade de uma só vez não, mas menos talvez, eu já animado com a idéia, insisti, mas sugeri um número, 04 caras, ele riu muito e disse que pensaria, mas quem seriam os caras, deveriam ser pessoas que já haviam metido nela? Eu disse que iria arrumar uns caras legais, ela já metia a muito tempo com um homem casado, morador de uma cidade vizinha e ele tinha uns 02 sobrinhos, portanto, 03 caras praticamente já tínhamos, como eu não conta, pois adora ficar somente de espectador, falei com este cara, que prontamente aceitou e disse que o quarto “elemento” seria fácil, na noite combinada, fomos até uma casa em um bairro distante, lá conhecemos o quarto homem, era magro, aparentava uns 40 anos, mas tinha um pau muito grande e grosso. Após bebermos um pouco e conversar, fomos direto para o sexo, afinal todos sabiam o motivo daquela “reunião”, no chão da sala, foi colocado um colchão e minha putinha ajoelhada no meio, se divertia com várias rolas duras, todas grandes, grossos e cabeçudas, mas a do dono da casa era impressionante, era enorme, com veias grossas e pulsantes, a glande brilhando e já com um pouco de líquido seminal, que minha adorada lambia, depois de muito mamar, minha esposa foi atacado por bocas gulosas, que chupavam seus seios, buceta e cuzinho, a grande hora havia chegado, ela de quatro era objeto do rodízio de rolas, sempre com uma na boca e uma na buceta, depois de todos meterem em sua buça, eu entrei em ação, peguei o gel e preparei o cú da minha amada, que embora estivesse acostumada ao sexo anal, seria a primeira vez que teria 4 varas, sendo uma delas descomunal, as primeiras estocadas no rabo foram dadas pelos dois rapazes mais jovens, que se revezavam entre o cú, buceta e boca, depois ela foi duplamente penetrada por eles, mantendo sempre ao alcance das mãos e boca as rolas dos homens mais experientes, os rapazes logo avisaram que iriam gozar e claro que o alvo foi a boquinha da Bel, que para meu delírio, bebeu toda a porra, me deixando ver somente um pouco que havia espirrado em seu rosto, pois o restante ela havia engolido, depois de um banho rápido, ela estava de novo levando vara, mas o grande momento foi ver o cuzinho dela, aberto pelas estocadas que levará anteriormente, ser invadido pela rola enorme do dono da casa, ela pediu para sentar no seu pau, desta forma, poderia controlar a penetração até se acostumar, mas como nós fomos ingênuos, ela até foi por cima, mas ao posicionar-se na rola enorme e sentir que a cabeçona havia encaixado, desceu todo o corpo, deixando somente as bolas para fora, fiquei surpreso ainda mais quando ela começou a cavalgar o macho, numa oportunidade ele tirou a rola do cú da Belzinha e me chamou para ver, o cú estava dilatado, piscava mas não fechava o buraco, eu não resisti a tanto tesão e coloquei meu pau em sua boca e gozei fartamente, ela claro que não deixou escapar nenhuma gota, os rapazes já refeitos das metidas, partiram para cima de minha querida mulher e nesta noite, ela levou muito rola no cú, buceta e principalmente, muitas gozadas, na boca, cara e seios, Espero que tenham gostado deste relato.

Sexo Por Telefone
Disk Sexo

5 thoughts on “Esposa putinha na orgia

  1. Amo sexo assim meu marido me serve para os amigos sempre ele e mais 3 jogao baralho. E sinuca em casa …ele me pedi pra chupar os amigos eu obediente chupo todos ate gozarem ai meu marido me por em cima da mesa de sinuca e come meu cuzinho na frente dos amigos e claro que estao na fila novamente pra comer minha bundinha tbmamo sou a vadia do meu marido e ele ama me oferecer pros amigos

  2. Procuro por casal cujo marido sinta vontade de ver sua esposa transando com outro macho.Tenho excelente nível, cheiroso, bonito de rosto e corpo,saudável, sigiloso e respeitador.
    [email protected]
    Indaiatuba e região ou viajantes
    Entre em contato comigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *