Meu amante é um negão safado

A vida muitas vezes nos surpreende jamais eu poderia imaginar que depois de alguns anos de viúva iria sentir desejos por um homem bem mais jovem do que eu. Pois bem eu tenho quarenta e dois anos bem vividos(42), fui casada durante 20 anos e tive dois filhos moro na Bahia e tenho uma pequena fazenda no interior do estado.
Estou viúva a 10 anos desde o falecimento do meu marido não tive ninguém e nunca transei com mais ninguém, foquei na criação dos filhos e para diminuir a carência adquiri um vibrador e consigo aliviar minhas necessidades embora não seja plena pois sinto que me falta algo.

Continue lendo Meu amante é um negão safado…

A namorada do meu irmão

Logo após eu dar início a minha vida sexual “siriricas” eu fiquei super ligada em sexo e tava sempre na expectativa de ver/ouvir alguém transando, com meus pais eu sempre ouvia os 2 no escuro enquanto achavam que estavam dormindo então pra mim só restava imaginar, más em uma noite que vi meu irmão e a namorada dele se pegando aquilo era algo novo pra mim.
Continue lendo A namorada do meu irmão…

Noite deliciosa com o padrasto

Oi, vou contar a vocês uma coisa que aconteceu comigo essa semana.
meu nome é Paola, tenho 21 anos, 1,60m, ruiva, com cabelo ondulado e comprido, com sardas, magra, seios rosados e grandes, bunda grande e perna grossas.
Moro sozinha há 2 anos devido a trabalho, em Belo Horizonte, mas minha família e de Minas. No começo do mês vim para minas passar as férias na casa da minha mãe e meu padrasto. Sempre tive tara por homens mais velhos, e meu padrasto, Fabrício, sempre me chamou a atenção.

Continue lendo Noite deliciosa com o padrasto…

Encoxando a casada no metrô

Meu nome é Leo ( fictício ), tenho 20 anos, 189cm e 100kg. Minha amiga Amanda ( fictício ), tem 19 anos, 1,67cm, 60kg.estava casa em plena folga relaxando, quando minha amiga Amanda me ligou perguntando se eu estava livre para acompanha-la até a casa da sua prima, como seu marido ( meu amigo ), estava ocupado com o trabalho e o lugar nao era lá muito seguro, Amanda queria que eu fosse com ela e implorou para que eu a acompanhasse, sem muita escolha e sem ter como dizer não eu disse que iria com ela, perguntei se ela queria ir com o carro, e com medo de ser parada e assaltada ela disse que seria melhor ir de metrô mesmo, fui para sua casa busca-la e seguimos caminho, Amanda estava usando um shortinho curto que quase deixa aparecer sua bundinha, uma blusa regata leve que deixava seus seios balançarem a cada

Continue lendo Encoxando a casada no metrô…

Dando a bucetinha no chuveiro

A história que vou contar hoje aconteceu com o meu ex namorado o Alagoano do qual já falei dele. Nós sempre tivemos muito tesão pelo outro e como ele só vinha pra cidade no sábado a gente transava muito.

Ele dormia comigo e no outro dia ia pra casa dele, a tarde eu ia ficava um pouco com ele lá e depois a gente vinha pra casa transar novamente. Mas neste dia acordamos já era umas 9 horas e ele ficou pra almoçar comigo, me levantei e fui tomar banho ele logo foi pra porta e ficou me olhando com desejo, Continue lendo Dando a bucetinha no chuveiro…

Meu Primeiro Cliente

Para preservar meu anonimato vou me chamar de Daiane, nome que usei por seis anos como garota de programa. Vou contar aqui como foi a minha iniciação.

De início tive verdadeiro nojo do episódio, mas hoje agradeço e muito. Tudo começou quando eu tinha acabado de fazer 18 anos. Minha tia era empregada doméstica há muitos anos na casa de um advogado renomado. Como eu tinha terminado o segundo grau e o curso de secretariado, ela conseguiu um emprego para mim no escritório do patrão. Dr. Lacerda era um senhor de mais de 60 anos, baixinho, bem acima do peso, calvo e cabelos grisalhos. Um grosso bigode adornava o seu rosto de bochechas rosadas. Quando me apresentei a ele, no primeiro dia de emprego fui logo elogiada: Continue lendo Meu Primeiro Cliente…

Fetiche em Calcinhas

Moro em Sampa e sou amante de usar calcinhas e fios.
Comecei usando da esposa, aquelas que eu pegava no cesto de roupa suja, depois passei a pegar as que estavam na gaveta, limpinhas, pegava quando estava só em casa, tirava foto e mandava para meu e-mail, onde armazeno todas as fotos que estou de calcinha.
Passado um tempo, comecei a cismar que ela desconfiara de eu estar vestindo, ai numa viagem a serviço no litoral, comprei minha primeira calcinha, uma branca de renda com detalhes em preto. Continue lendo Fetiche em Calcinhas…